Sinopse

Os artigos são riquíssimos, e os testemunhos dão uma visão plural do problema. Eu diria que são um espelho bem vivo do próprio problema". - Laborinho Lúcio

"Os autores são de diferente formação, com predomínio dos juristas, mas sem prejuízo dos contributos de sociólogos, economistas e politólogos. Esta participação multidisciplinar só por si é de realçar, num país em que,muitas vezes problemas que exigem um tratamento conjunto complementar ou interdisciplinar das várias ciências humanas são submetidos a visões parcelares e unilaterais". - Jorge Miranda

"Identificam-se quatro etapas na evolução das políticas públicas de Justiça nos 40 anos de Democracia. A autonomização destas fases e a sua caracterização representam um marco na análise do sistema de justiça português". - Alexandra Leitão

"Cobrindo quase todos os aspetos do sistema de justiça, este volume constitui um contributo inestimável para a história da implantação do estado de direito constitucional entre nós, bem como para o equacionamento e solução dos problemas que o sistema enfrenta, que a expressão crise da justiça enuncia de forma sintética". - Vital Moreira

"Uma ampla paleta de temas, à qual dificilmente terá escapado qualquer aspeto relevante, e o modo feliz como se mostrou possível trazer ao respetivo tratamento uma ampla equipa formada por personalidades conhecidas com indiscutível autoridade nas matérias sobre as quais se debruçam". - Sérvulo Correia


A obra inclui capítulos da autoria dos investigadores/as Conceição GomesPaula FernandoLuca Verzelloni e João Paulo Dias.

 
> Imprimir esta página    > notícias relacionadas