You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Conferência
Crise europeia: o sonho e os traumas
26 de março de 2015, 17h30
Auditório do Centro de Informação Urbana de Lisboa (Picoas Plaza, Rua do Viriato, 13E)

Apresentação

Moderação: Margarida Calafate Ribeiro (CES)
 

Apresentação

O propósito deste Ciclo, que  vem incluindo uma série conferências proferidas por individualidades de reconhecido mérito, e subordinado aos vastos temas da Prevenção e Intervenção no Trauma Psicológico, assenta no desejo de estimular a discussão e a partilha de conhecimento entre aqueles que intervêm nas áreas das crises bem como dos desastres ou catástrofes, refletindo conjuntamente e congregando leituras interdisciplinares.

As crises, como processos de modificação mais ou menos abrupta de um trajecto anterior, transportam em si, sempre, consequências extensivas aos diversos campos da vida nomeadamente à saúde daqueles que são enredados na sua voragem. 
Obrigatoriamente também, as crises implicam procura de caminhos alternativos, de estratégias protetoras.

Nesta apregoada atmosfera de crise global que respiramos atualmente na Europa é importante refletirmos de forma aberta e alargada sobre a situação e as consequências potencialmente traumáticas que se deparam.

Daí este encontro que permite o debate e a partilha de opiniões e de saberes com três pessoas que, embora de diferentes gerações e de diferentes áreas do conhecimento, têm em comum entre si o facto de serem referência entre os seus pares e de terem refletido, cada um em seu contexto, sobre temas relacionadas com o Trauma.

Organizado pelo Centro de Trauma do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.


Notas biográficas

Eduardo Lourenço nasceu a 23 de Maio de 1923, em S. Pedro de Rio Seco (Guarda). Frequentou o Curso de Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra onde concluiu a Licenciatura em 1946, com a Dissertação O Sentido da Dialéctica no Idealismo Absoluto. Primeira parte. Foi Professor Assistente nesta Universidade, cargo que desempenhou até 1953. Desde então e até 1958 exerceu as funções de Leitor de Língua e Cultura Portuguesa nas Universidades de Hamburgo, Heidelberg e Montpellier. Nos anos de 1958 e 1959, regeu, na qualidade de Professor Convidado, a disciplina de Filosofia na Universidade Federal da Baía (Brasil). Ocupou depois o lugar de Leitor a cargo do Governo francês nas Universidades de Grenoble e de Nice. Nesta última Universidade desempenhou posteriormente as funções de Maître-Assistant, cargo que manteve até à sua jubilação no ano letivo de 1988-1989. Ao longo do tempo a sua obra foi sendo amplamente reconhecida. Ao seu livro Pessoa Revisitado – Leitura Estruturante do Drama em Gente foi atribuído o Prémio Casa da Imprensa (1974). Em 10 de Junho de 1981, foi condecorado com a Ordem de Sant’Iago d’Espada. Pelo seu livro Poesia e Metafísica recebeu, no ano de 1984, o Prémio de Ensaio Jacinto Prado Coelho. Dois anos mais tarde, foi distinguido com o Prémio Nacional da Crítica graças a Fernando, Rei da nossa Baviera . Por ocasião da publicação da sua obra Nós e a Europa – ou as duas razões , foi galardoado com o Prémio Europeu de Ensaio Charles Veillon, que distinguiu o conjunto da sua obra. Foi condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique (Grande Oficial) em 1992 e nos últimos anos recebeu inúmeras distinções, nacionais e internacionais. Em dezembro de 2011, foi-lhe atribuído o Prémio Pessoa. Em 2013, foi distinguido com o Prémio Jacinto Prado Coelho pela obra Tempo da Música. Música do Tempo .

Eduardo Lourenço é Doutor Honoris Causa pelas Universidades do Rio de Janeiro (1995), Universidade de Coimbra (1996), Universidade Nova de Lisboa (1998) e Universidade de Bolonha (2006).


Rui Mota Cardoso
, Psiquiatra/Professor Catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto


Margarida Calafate Ribeiro, Investigadora-Coordenadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra

Cartaz

Sala de Imprensa

19-11-2015
Crise europeia: o sonho e os traumas  
Margarida Calafate Ribeiro | Rui Mota Cardoso | Eduardo Lourenço