You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Oficina
Gestão de desastres e intervenção em comunidades de risco (2.ª parte)
5 de março de 2022, 14h00-18h00 (GMT)
Evento em formato digital, via Zoom

APRESENTAÇÃO

6.º Módulo do IV Curso de Psicotraumatologia do Observatório do Trauma/CES-UC
 

CONTEÚDOS
Planos de assistência psicossocial após desastre. Papel dos vários intervenientes no pós-desastre, a curto, médio e longo prazo.
Cada formadora faz uma apresentação de cerca de 45-50 minutos, acrescidos de 15 minutos destinados à discussão.
 

FORMADORAS: Inês Ribeiro (Coordenadora Nacional de Saúde Mental e Apoio Psicossocial na Cruz Vermelha Portuguesa / Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde); Sandra de Azevedo Tavares (Psicóloga clínica); Sofia Caetano (Médica Perita Psiquiatra no GMLF Dão-Lafões e da Beira Interior Norte); Sónia Cunha (Psicóloga no CAPIC-INEM).
 

PROGRAMA

14h | Sónia Cunha (Psicóloga no CAPIC-INEM)
Planos de assistência psicossocial após desastre: O papel do INEM

15h15 | Inês Ribeiro (Coordenadora Nacional de Saúde Mental e Apoio Psicossocial na Cruz Vermelha Portuguesa / Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde)
Promover a resiliência das comunidades – Intervenções a Médio Prazo

16h30 | Intervalo

16h45 | Sofia Caetano (Médica Perita Psiquiatra no GMLF Dão-Lafões e da Beira Interior Norte) e Sandra de Azevedo Tavares (Psicóloga Clínica)
Planos de Assistência Psicossociais após desastres a longo Prazo - Experiência e Reflexão


[As inscrições após as 18h00 de 4 de MARÇO deverão ser efetuadas através do envio de email para observatoriodotrauma@ces.uc.pt ]

NOTAS BIOGRÁFICAS

Inês Ribeiro
Inês Carolina Ribeiro é mestre em Psicologia Clínica e da Saúde na Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra e especialista em Psicologia Clínica pela Ordem dos Psicólogos Portugueses. Atualmente é Coordenadora Nacional de Saúde Mental e Apoio Psicossocial Cruz Vermelha Portuguesa, com a responsabilidade de coordenar equipas de intervenção psicossocial, intervenção com migrantes e refugiados e vítimas de violência doméstica. Assim como promover, implementar e monitorizar programas e projetos de intervenção na comunidade. É o Ponto Focal do Centro de Referência do Apoio Psicossocial da federação internacional da Cruz Vermelha e integra desde 2022 o Comitê de Direção da Rede Europeia de Saúde Mental e Apoio Psicossocial. Integra o grupo de trabalho da IFRC dirigido ao apoio a colaboradores e voluntários da Cruz Vermelha.
Entre 2020 e 2021 coordenou a Task-Force Psicossocial da CVP de resposta à pandemia, onde desenvolveu respostas de apoio aos operacionais de emergência, formação e capacitação de colaboradores, criação de uma linha de emergência e resposta de emergência em situações de surto. É formadora de Formadores em Primeiros Socorros Psicológicos pela Federação Internacional da Cruz Vermelha e pela Escola de Socorrismo da Cruz Vermelha Portuguesa e de outras temáticas na área da Intervenção em Emergência, intervenção em crise e promoção da resiliência comunitária.
Em 2019 coordenou a resposta de intervenção Psicossocial na missão internacional da Cruz Vermelha Portuguesa de apoio a Moçambique, após o ciclone Idaí.
Em 2017 coordenou no terreno o Projeto Fénix financiado pela Direção Geral de Saúde onde exerceu funções de psicóloga clínica nos centros de saúde de seis concelhos afetados pelos incêndios de 2017 em articulação com as equipas de saúde mental comunitária e onde desenvolveu ações dirigidas a técnicos, profissionais de emergência e comunidade.
De 2009 a 2018 foi responsável pelo departamento de gestão da inovação, no Centro de Investigação BLC3, com foco em projetos na área da Bioeconomia e Economia Circular e coordenou o Departamento de Responsabilidade Social e sustentabilidade.
Entre 2010 e 2016 exerceu funções numa Comissão de Proteção de Crianças e Jovens e Rede Local de Intervenção Social e apoiava um município em situações de crise.
Integrou de 2009 a 2012 o Centro de Investigação em Neuropsicologia e Intervenção Cognitivo-Comportamental da FPCE-UC enquanto investigadora na área da depressão – fatores de risco e proteção.

Sandra de Azevedo Tavares
Licenciatura e Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde.
Reconhecida pela Ordem dos Psicólogos Portugueses como especialista em:
Psicologia Clínica e da Saúde;
Psicologia do Trabalho, Social e das Organizações;
Psicologia Comunitária;
Necessidades Educativas Especiais.
Pós-graduação em Necessidades Educativas Especiais.
Pós-graduação em Gestão de Equipas de Intervenção na População Idosa.
Especialização em Igualdade de Género.
Certificada como Parent Group Leader Training Program “Incredible-Years” Educadora Parental com formação nos Programas “Mais Família, Mais Criança”; “Mais Família Mais” “Em Busca do Tesouro das Famílias”. Oradora em diversos encontros científicos no âmbito a Parentalidade Positiva.
Reconhecida como formadora pelo Conselho Científico e Pedagógico de Professores.
Formação em Psicotraumatologia.
Coordenadora da medida de combate à pobreza e exclusão social Contratos Locais de Desenvolvimento Social para o concelho de Gouveia desde 2012.

Sónia Cunha
Licenciada em Psicologia Clínica da Saúde pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa em 2001 e doutorada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto em 2017. Desde 2004 Psicóloga no Centro de Apoio Psicológico e de Intervenção em Crise (CAPIC) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), com função de Responsável Nacional desde serviço desde novembro de 2015. Foi Psicóloga na Equipa de Psicoterapia do Hospital de São José, em Lisboa, de 2001 a 2003.
É Especialista em Psicologia Clínica, por equiparação ao estágio da Carreira de Técnicos Superiores de Saúde, Ramo de Psicologia Clínica, desde 2011, e Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, desde 2016.
Docente convidada em diversas Pós-Graduações nas áreas de Enfermagem e Psicologia, sendo a Coordenadora Científica da Pós-Graduação em Intervenção em Crise, Emergência e Catástrofe do Instituto Português de Psicologia, INSPSIC, desde 2015.
É preletora e autora de trabalhos científicos apresentados em diversas reuniões científicas e publicações Nacionais e Internacionais, nas áreas da Psicologia da Saúde, Psicologia de Emergência, Stress em Profissionais e Intervenção Psicológica em Catástrofe, desde 2003.

Sofia Caetano
Mestrado Integrado em Medicina.
Especialista em Psiquiatria.
Assistente Hospitalar da ULS da Guarda de 2017-Fev.2022.
Coordenadora do polo psiquiátrico de Seia;
Coordenadora da Equipa de Prevenção de Violência do Adulto;
Coordenadora do Núcleo Local de Resposta em Saúde Mental Em Situações de Acidentes ou Catástrofes;
Orientadora de estágios e de internato.
Médica Perita Psiquiatra no GMLF Dão-Lafões e da Beira Interior Norte.
Pós-graduações em Terapia Cognitivo-Comportamental; Psicologia e Psiquiatria Forense; Psicotraumatologia; e Avaliação do Dano Corporal Pós-Traumático.
Moderadora, Formadora e Organizadora de diversos eventos científicos.

INSCRIÇÃO