Maria José Paiva Fernandes Carvalho


Nota biográfica

Maria José Paiva Fernandes Carvalho nasceu a 8 de julho de 1957, em Buarcos, Figueira da Foz. Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas, variante Inglês/Alemão, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (UC-1982). Residiu em New Bedford, Massachusetts (MA), Estados Unidos da América do Norte (EUA) entre 1984 e 2002,onde foi dinamizadora da Língua e Cultura Portuguesas, tendo ensinado nas Escolas Oficiais Portuguesas. Nos EUA, concluiu o Mestrado em Library and Information Science, na Graduate School of Library and Information Science, Simmons University, Boston (1991). Trabalhou na New Bedford Free Public Library (1986-2002), tendo sido Diretora da Casa da Saudade, a primeira e única biblioteca pública americana, ao serviço das comunidades imigrantes de língua portuguesa. Foi também Diretora da Biblioteca Howland-Green, biblioteca de extensão da NBFPL ao serviço das comunidades de língua espanhola. Obteve o Certificado de Capacitação Profissional em Biblioteconomia e Informação, do Estado de Massachusetts (Board of Library Commissioners,1997). Por serviço prestado em prol da dinamização e disseminação da língua e cultura portuguesas, recebeu várias distinções: "Language and Culture Preservation Award" Portuguese-American Women Association; "Certificate of Special Congressional Recognition", United States of America Congress - Senator Kerry and Senator Kennedy Offices'; "Official Resolution", City of New Bedford; "Heritage Day Award", Massachusetts State House; "Official Citation", Massachusetts State Senate & House of Representatives.Regressou a Portugal em 2002 e atualmente é Coordenadora dos Serviços da Biblioteca Norte|Sul do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.Em 2009, concluiu o Curso de Formação Profissional "Formação Pedagógica de Formadores à Distância", tendo obtido o Certificado de Aptidão Pedagógica de Formadores (CAPF). Em 2017, doutorou-se em "Ciências Sociales y Juridicas/Información y Documentación pela Facultad de Traducción y Documentación da Universidad de Salamanca", onde defendeu a tese "IN or OUT": A Biblioteca Casa da Saudade: facilitadora da IN-clusão dos/as seus/suas utilizadores/as imigrantes portugueses/as na cidade de New Bedford,Estado de Massachusetts, Estados Unidos da América do Norte, um estudo de caso sobre o papel da Biblioteca Casa da Saudade na inclusão dos imigrantes portugueses, utilizadores da biblioteca, na sociedade americana. É Co-coordenadora Ciclo de Formação Avançada "Publicar-Sem-Perecer: Sobreviver ao turbilhão" onde é formadora no 1º Módulo, este constituído por seminários de formação avançada para doutorandos, investigadores e pós-doutorados. Em 2018 e 2019, foi Co-coordenadora do Congresso Bibliotecas Públicas, políticas culturais e leitura pública. Em 2019, foi Co-coordenadora da Summer School CreA(c)tivar: o Fazer Científico nas Ciências Sociais e Humanidades,2019". Os seus interesses de investigação centram-se nas temáticas relativas a: Literacia da Informação, Bibliotecas académicas e Bibliotecas digitais; Leitura pública; Qualidade dos Serviços em Bibliotecas (Académicas); Bibliotecas públicas interculturais em contexto migratório; Migrações; Emigração/imigração portuguesa; Mulheres e imigração. Tem sido, também, responsável pela curadoria de várias exposições e programas culturais promovidos na Biblioteca NorteSul. Em 2020, cocoordenou o 1º Encontro da Rede de Investigação Bibliotecas, Investigação, Politicas e Leitura, subordinado ao tema: Saberes e Memória: Investigar, Ler e Sustentar.