Apresentação

TEMÁTICA | OBJETIVOS

TEMÁTICA

O Doutoramento em Relações de Trabalho, Desigualdades Sociais e Sindicalismo constitui-se como programa de formação académica aprofundada em Sociologia, destinado quer aos licenciados e mestres que tenham concluído um curso de 2º ciclo na mesma área, quer aos candidatos de outras origens, com formação em sociologia ou áreas afins, ou com outra formação, mas cujos interesses e curriculo académico ou profissional sejam considerados adequados a este ciclo de estudos.

O programa funciona em estreita ligação às atividades de pesquisa desenvolvidas no Centro de Estudos Sociais, enquanto instituição de acolhimento.

O programa de Doutoramento em Sociologia – Relações de Trabalho, Desigualdades Sociais e Sindicalismo teve início em 2008/2009 e foi acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) em 2015 por 6 anos. O Programa é oferecido bienalmente, abrindo assim uma nova edição cada dois anos.

OBJETIVOS

O seu principal objetivo é a formação avançada nas áreas sociais diretamente ligadas às políticas sociais e do emprego, bem como no campo do diálogo social e resolução de conflitos laborais, e ainda as relativas aos problemas da igualdade sexual, do sindicalismo e dos movimentos sociais. Destina-se a contribuir para: a) alargar o conhecimento científico nas ciências sociais em áreas consideradas decisivas para a compreensão das transformações sociais em curso, no atual contexto nacional e global; b) desenvolver as qualificações e competências profissionais ou associativas aprofundando a análise e o diagnóstico crítico em torno destas temáticas. 

"A reputação do CES como instituição de excelência foi fator decisivo na minha escolha do programa de doutoramento. Como estudante, a oportunidade de ampliar meus conhecimentos através do diálogo com outras áreas de investigação tem enriquecido tanto a minha experiência acadêmica, como pessoal."

Bia Carneiro, em tese (Portugal)