EN | PT


O "CES Vai à Escola" (CVE) é um programa de extensão do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), dirigido predominantemente a escolas e contextos educativos formais e não formais. Visa promover a disseminação do conhecimento produzido nas áreas das Ciências Sociais, Artes e Humanidades, particularmente através da partilha do trabalho de investigação desenvolvido no CES-UC e estimular debates críticos em torno dos principais desafios das sociedades contemporâneas.
O "CES Vai à Escola" procura contribuir para a missão do CES face à democratização do conhecimento, à promoção dos direitos humanos e à constituição da ciência como um bem público, estimulando a construção de uma ecologia de saberes na direção de uma sociedade mais justa, inclusiva e reflexiva.

 



Organização e contactos

As atividades do CES Vai à Escola organizam-se, predominantemente, em função do calendário escolar de cada ano letivo. No início do ano letivo é apresentado, no nosso sítio na internet, um catálogo de atividades/sessões disponíveis para marcação (cf. separador Temas), que podem ser dinamizadas em escolas e outros contextos educativos formais e não formais. As escolas e outros/as interessados/as poderão solicitar a marcação de sessões no separador ‘Agendamento’. O catálogo de temas/atividades poderá ser atualizado, ao longo do ano, com novos temas e sessões.

Para além da oferta programada, os/as interessados/as podem contactar a coordenação do CES Vai à Escola tendo em vista a organização de sessões ‘a pedido’ focando temas que se articulem com os conteúdos programáticos educativos ou tendo em vista uma abordagem inter e transdisciplinar (cf. separador “Outras atividades”)

Contactos: cesescola@ces.uc.pt

Comissão Coordenadora:
Ana Teixeira de Melo, Carlos Nolasco, Fernando Fontes 



História

O CES vai à Escola (CVE) completou 10 anos de atividade no ano letivo 2019/2020. Ao longo destes anos, largas dezenas de investigadoras/es do CES envolveram-se na iniciativa, levando às escolas do ensino básico e secundário um conjunto de temas e debates contemporâneos, fomentando desta forma um alargamento dos públicos tocados pela investigação académica.  O CVE tornou-se assim um destacado emblema das atividades de extensão que o CES oferece. O primeiro decénio de existência é uma oportunidade para lançarmos um olhar à natureza do projeto e aos resultados alcançados.

Sair da academia

O CVE tem lugar entre novembro e junho de cada ano letivo e destina-se a estudantes de vários graus de ensino (básico e secundário). Agrega investigadores/as de diferentes áreas de trabalho, contribuindo para a disseminação do conhecimento nas áreas das ciências sociais, das artes e das humanidades, que desta forma dão a conhecer a investigação desenvolvida no CES. O processo de solicitação das sessões é simples: no início de cada ano letivo, o CES lança um convite a professores/as de todo o país, que posteriormente podem escolher os temas que pretendem a partir da plataforma existente para o efeito (em https://www.ces.uc.pt/extensao/cesvaiaescola/), não acarretando as sessões qualquer custo para as escolas. A paleta de temas oferecidos tornou-se já um instrumento acessível e convocado por muitos/as professores/as, integrando recorrentemente a agenda de várias comunidades escolares.

O programa constitui, assim, uma das estratégias fundamentais de disseminação da cultura científica do CES, através da promoção de contactos entre os/as investigadores/as e a comunidade escolar. Ao mobilizar uma parte assinalável do corpo de investigadores/as do CES, a iniciativa funciona como uma montra que permite ao CES estimular o impacto social dos saberes produzidos na academia, contribuindo para democratizar o acesso ao debate e à cultura científica a largas camadas de jovens.

Num país, como Portugal, em que a relevância dada à extensão é ainda reduzida, e num momento em que a academia está cada vez mais condicionada, seja pelos critérios hegemónicos de publicação em revistas indexadas, seja pela pressão neoliberal para privatização das universidades e para a instrumentalização do saber, a emergência e consolidação do “CES vai à Escola” não é separável da perspetiva à luz da qual o conhecimento deve estar, antes de mais, ao serviço de critérios de justiça social e de democratização do saber.

Dez anos de atividade: um breve retrato

Numa década o CVE consolidou-se como uma iniciativa icónica do compromisso do CES com a ciência em e com a sociedade. O CVE foi paulatinamente aumentando o número de investigadores/as que ativamente participam na organização de sessões, bem como o número de temas oferecidos. Em termos de alcance geográfico, lentamente evoluiu de uma atividade circunscrita à região centro do país para uma atividade que foi cobrindo outras partes do território nacional, incluindo as ilhas. Embora o foco desta atividade envolva estudantes do ensino primário e secundário, a noção de “escola” foi alargada a sessões em organizações sociais, formação de professores/as, universidades sénior e bibliotecas públicas.

Para além de constituir um espaço de disseminação da investigação produzida no CES, o CVE consolidou-se como um precioso instrumento para a troca de saberes e para uma articulação da linguagem das universidades com as perspetivas e preocupações que atravessam a sociedade. Através do CVE a investigação do CES pôde aprender com as vozes de estudantes e professores/as, aprofundando a sintonia com saberes sociais, com as questões que mobilizam as diferentes gerações nos sistemas de ensino e com uma diversidade de pedagogias participativas. 
Em 2011 foram propostas 44 sessões que chegaram a cerca de 2500 alunos/as de escolas maioritariamente do ensino secundário da região centro do país. Em 2014, o CVE ganhou um concurso do programa “Escolher Ciência” do Ciência Viva, que constituiu um reconhecimento do trabalho desenvolvido e da importância desta atividade. Em 2015 o número de sessões propostas tinha já triplicado e nesse ano alcançou mais de 6000 alunos/as. Conhecendo um ligeiro decréscimo nos anos de 2016 e 2017, no ano de 2018 o número de participantes voltou a crescer. Em 2019, o CES disponibilizou mais de 50 temas diferentes e alcançou quase 6000 estudantes, em 124 sessões apresentadas nas escolas pelos investigadores/as do CES.

Em 10 anos o CES vai à Escola realizou 679 sessões e chegou a mais de 34.000 alunos/as.

Coordenadores/as do CVE ao longo dos 10 anos:
Ana Raquel Matos, Pedro Araújo, Susana Costa e Sara Araújo - 2010-2011
Bruno Sena Martins, Miguel Cardina, Patrícia Branco, Susana Costa - 2011 - 2012
Bruno Sena Martins, Miguel Cardina, Susana Costa - 2012 - 2020



Temas / Atividades

Encontra abaixo uma lista de temas/atividades disponíveis para marcação. Para cada tema está disponível uma descrição sumária. Por favor consulte o documento em pdf que acompanha cada tema para uma descrição mais detalhada da atividade, incluindo as condições de implementação, o âmbito geográfico, públicos alvo, entre outras informações.

“Casas sim, barracas não!”: a habitação em Portugal em 1974
Rui Bebiano, Pierre Marie e Pedro Réquio
As atividades sugeridas têm por sequência a apresentação das condições de habitação em Portugal antes do 25 de Abril, com particular destaque os bairros de latas nas grandes cidades; os movimentos sociais que cresceram neste setor durante o processo revolucionário (Comissões de Moradores); e uma das respostas do Estado com o Serviço de Apoio Ambulatório Local (SAAL).

Observações:
Níveis de ensino preferenciais: 7º-9º e 10º-12º.
Necessidade de material para projeção audiovisual (imagem e som).

EUA/México - o 'Muro de Trump' e o Sonho Americano: uma leitura cultural
Maria José Canelo
No contexto de discussões atuais sobre a crise migratória na fronteira entre o México e os Estados Unidos, com o fenómeno das caravanas de migrantes e vis-a-vis a política migratória do governo em funções nos EUA, a sessão tem como objetivo levar o/as estudantes a uma reflexão crítica sobre a categoria 'fronteira', a sua natureza e funções e a história comum que a fronteira gera. Associada a esta questão, serão também abordados temas como o mito dos EUA como a nação de imigrantes por excelência, o nacionalismo, a discriminação social, as políticas migratórias e a sua 'língua', nomeadamente as categorias que classificam os migrantes como 'ilegais' ou 'migrantes sem documentos', a par de formas culturais que também vão reagindo diretamente às políticas vigentes, nomeadamente no domínio das artes, que são parte integrante do debate. A sessão poderá adequar-se mais a turmas de Inglês, no âmbito da cultura norte-americana, mas não será de relevância exclusiva nesta área.

Observações:
Níveis de ensino: 10 ao 12 anos de escolaridade; universidades sénior
Âmbito geográfico: Região de Coimbra
Disponível no 2º semestre de 2020-2021

Oficina de Teatro da Oprimida
Roberta Scatolini
A oficina de Teatro da Oprimida pretende desenvolver parte do arsenal do Teatro do Oprimido a partir das temáticas de género. Para isso o encontro será estruturado em três momentos: aquecimento, com objetivo de preparar o corpo para as atividades seguintes, evitando possíveis lesões físicas, e de facilitar a disponibilidade das/os participantes para se envolverem com os jogos e exercícios propostos na sequência; <<joguexercícios>> e técnicas teatrais do arsenal do Teatro do Oprimido e reflexão coletiva sobre a vivência. Durante o planejamento dos encontros serão escolhidos textos semióticos que contemplem diferentes linguagens para contribuir com as problematizações das temáticas relacionadas às questões de género, pensadas de acordo com o perfil de cada grupo. Assim como as escolhas dos jogos, exercícios e demais técnicas do arsenal do Teatro do Oprimido levarão em conta as especificidades das/os participantes e limites corporais

Observações:
Estudantes do 9º ao 12º (a partir de 14 anos preferencialmente) e professores/as de qualquer nível de ensino.
Âmbito geográfico: Coimbra e arredores

Don Casmurro, ou: a verdade pode ser uma versão multimídia
Shirlei Torres Perez e Toni Brandão
Após exposição inicial, a respeito do texto e do autor do romance 'Don Casmurro', a atividade parte da exibição dos clipes, para a discussão ativa dos conteúdos, seguida de uma produção em grupos menores, e um bate-papo com o autor (na atividade de maio), cujo livro discute, além do tema do romance, a sobreposição

Observações:
Níveis de ensino: 10º a 12º ano
Âmbito geográfico: Próximo a Coimbra/Porto/Lisboa

Academia do Pensamento Complexo: Desafios da ComplexCidade
Ana Teixeira de Melo, Leo Caves e Rita Campos

Observações:
A partir dos 16 anos/11o ano de escolaridade

Uma História de Cidades Divididas
Tiago Castela
A sessão irá começar por dar a conhecer aos alunos a história dos bairros “de barracas” ou “clandestinos” de Lisboa, onde nos anos 80 do século XX viviam cerca de um terço dos cidadãos da área metropolitana. Na sessão iremos discutir as condições que levaram uma parte dos lisboetas a criar este tipo de espaços, e em particular as intervenções estatais, por vezes construindo infra-estruturas e equipamentos públicos, por vezes demolindo as casas e transferindo os cidadãos desses bairros para bairros de habitação social. Iremos também conversar sobre o modo como este tipo de bairros “de barracas” ou “clandestinos” existiram por toda a Europa ao longo do século XX, em cidades como Paris, Roma, Atenas ou Istanbul, não sendo de forma alguma um fenómeno especificamente português na Europa. Em seguida, iremos examinar processos análogos em cidades da então colónia de Moçambique.

Observações:
níveis de ensino: 10º ao 12º ano
Âmbito geográfico: Preferência por sessões nos distritos de Coimbra, Aveiro, Porto, Braga, e Vila Real

O conflito sírio e as relações internacionais
Teresa Almeida Cravo
Esta sessão pretende debater com os/as estudantes o conflito armado sírio e o seu impacto nas relações internacionais. Na primeira parte analisaremos as características da região do Médio Oriente e Norte de África, para efeitos de contextualização; na segunda parte discutiremos de forma mais aprofundada a guerra na Síria, em termos de causas, atores, dinâmicas e impacto.

Observações:
Para sessões em escolas, preferencialmente do 10º ao 12º ano.
Disponibilidade preferencial para escolas do Concelho de Coimbra.

Crime nas notícias
Filipe Santos
Através da análise de casos criminais e da sua cobertura mediática, é levada a cabo uma exposição/discussão das lógicas de produção mediática. A sessão “Crime nas notícias” tem como principal objetivo proporcionar aos alunos ferramentas críticas para melhor compreender o fenómeno da mediatização do crime em particular, esperando-se o desenvolvimento e capacitação dos participantes para o entendimento dos impactos dos média na sociedade em geral.

Observações:
Âmbito geográfico: Norte e Centro
Idades: 15 aos 99 anos

Desafios à segurança Europeia: a UE, a Parceria Oriental e a Rússia
Maria Raquel Freire, Bernardo Fazendeiro, Daniela Nascimento, Licínia Simão, Paula Duarte Lopes e Teresa Almeida Cravo
O final da guerra fria e a alteração no ordenamento internacional que este implicou, em particular no que concerne o tema da segurança europeia, são o mote desta sessão que visa perceber o atual contexto de incerteza e insegurança nas fronteiras leste da União Europeia. As relações UE-Rússia estão sob olhar atento dos europeus, que após a crise de 2014 na Ucrânia levou a um contexto de enorme tensão, à aplicação de sanções e a um diálogo que foi minimizado em termos de densidade e temáticas. As relações UE-Rússia e os países que fazem parte da vizinhança partilhada, atualmente com violência não só no leste da Ucrânia mas também na região do Nagorno-Karabalh tornam a análise premente. Importa compreender e interpretar as dinâmicas em curso, as lógicas de violência e os esforços de transformação de narrativas de oposição em narrativas de paz. Esta sessão debate a atual crise nas relações entre a UE e a Rússia, incluindo a análise dos países que fazem parte da Parceria Oriental, incluindo a Ucrânia. De que modo o projeto de segurança europeu revela fragilidades e oportunidades será analisado, recorrendo a exemplos concretos. O lugar da UE e da Rússia na segurança europeia serão aqui analisados também em contexto, de modo a perceber-se como o desenvolvimento do projeto europeu desde o período da Guerra Fria, tem consequências na relação com a então União Soviética e, hoje, a Rússia.

Observações:
Níveis de ensino: Estudantes de 9º ano e do ensino secundário

Home $weet Home: Habitação e (re)produção de desigualdades sociais
Raquel Ribeiro, Ana Cordeiro Santos e Catarina Príncipe
Nas sociedades capitalistas contemporâneas, as instituições financeiras (como bancos, seguradoras e fundos imobiliários) e as motivações de caráter financeiro (obtenção de lucros no curto prazo) ocupam um lugar cada vez mais central no funcionamento da economia e da sociedade. Em Portugal, à semelhança de outros países, a habitação tem desempenhado um papel central neste processo de financeirização da economia e da sociedade.
Partindo da visualização de um pequeno filme / portfólio fotográfico / excertos de entrevistas, procurar-se-á promover o debate e a reflexão crítica sobre o papel da finança na provisão de habitação – em particular a transformação da habitação em mercadoria e ativo financeiro – e seus impactos na produção e reprodução de desigualdades sociais.

Observações:
Níveis de ensino preferenciais: estudantes do 10º ao 12º ano
Atividade a realizar preferencialmente por via virtual. Sessões presenciais nos distritos de Coimbra, Aveiro, Porto, e, Braga verificadas as condições de segurança necessárias em função da evolução do contexto epidemiológico da COVID-19.

They-re just animals - Comportamentos e atitudes face aos animais de companhia antes e durante
Susana Costa, Vera Duarte, Catarina Cardoso, Mariana Soares, Marta Russo, Nuno Sales, Andreia Aleixo, Alexandra Badim e Diana Nicolau
Gradualmente, pessoas e animais vão ficando mais próximos, quer pelo reforço dos vínculos afetivos, quer pelos avanços científicos sobre o mundo dos animais, com novas conceções de bem estar animal, passando pela emergência dos novos ideais democráticos que contemplam um maior respeito pelos direitos dos animais.
Desde finais do século XX existe uma preocupação crescente com o bem-estar animal e a este nível Portugal deu em anos recentes passos significativos com vista à proteção dos animais.
Quando vários estudos sugerem que os maus tratos a animais são um preditor da violência interpessoal importa perceber as percepções dos portugueses sobre a relação dos animais com as pessoas.
Esta sessão insere-se no projeto de investigação “A relação entre os maus tratos aos animais e a violência interpessoal” da Unidade de Investigação em Criminologia e Ciências do Comportamento (UICCC) do ISMAI, em parceria com: o Centro de Estudos Sociais (CES), o Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS) e a Universidade Camilo José Cela de Madrid.
Foi desenvolvido um questionário online sobre comportamentos e atitudes face aos animais de companhia durante e pandemia do Coronavírus, aplicado entre os dias 11 de maio e 1 de junho de 2020, a indivíduos com mais de 16 anos, com 2198 resposta validadas. Esta sessão irá apresentar os dados desse questionário. Numa primeira parte centraremos a apresentação das atitudes e comportamentos das pessoas antes e durante a pandemia face aos seus animais de companhia e numa segunda parte abordaremos a percepção dos inquiridos sobre a relação das pessoas com os animais de companhia e a lei que criminaliza os maus tratos aos animais, independentemente de terem ou não animal de companhia.

Observações:
Níveis de ensino: Alunos do ensinos secundário (10º/12º), universidade sénior, população reclusa

Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio: As Guerras Coloniais e de Libertação
Miguel Cardina, Inês Nascimento Rodrigues, Vasco Martins, Verónica Ferreira e Natália Bueno
O objetivo da sessão é discutir e o colonialismo e da guerra na antiga potência em Portugal e nas antigas colónias. Ao incitar a reflexão e o debate sobre o papel da memória histórica no presente, o projeto pretende trazer a memória do colonialismo e da guerra para o léxico da sala de aula através de uma perspetiva complementar àquela enquadrada pelo ensino da História.

Observações:
Níveis de ensino: 10º ao 12.º ano

Riscos profissionais e acidentes de trabalho: Entre a promoção da segurança e a dignidade do trabalhador
Teresa Maneca Lima
A actividade proposta contempla a discussão de três grandes temáticas: 1) transformações no trabalho e nas condições laborais, - onde se procura analisar, partido dos dados estatísticos e de aspectos concretos do mundo do trabalho, o modo como, no contexto actual dos mercados de trabalho, os trabalhadores experienciam menos segurança no emprego, salários mais baixos e uma menor protecção social, situações passíveis de aceitação de condições de trabalho mais fracas, menos seguras ou menos saudáveis; 2) a relação entre condições de trabalho e a segurança e saúde dos trabalhadores - onde dados dos Inquéritos Europeus às Condições de Trabalho, realizados desde a década de 1990, mostram que independentemente dos incentivos à melhoria das condições em que o trabalho é prestado, continua a verificar-se um impacto negativo do trabalho na saúde e segurança dos trabalhadores, com a presença de elevados riscos (físicos, químicos e ergonómicos nos locais de trabalho. Neste caso concreto, Portugal tem apresentado piores indicadores quando comparado com a medida do União Europeia; e 3) sinistralidade laboral: realidade, custos e consequências - onde os acidentes de trabalho se apresentam como a expressão mais visível do risco profissional e da degradação das condições de trabalho. Partido desta grande premissa, irão apresentar-se e discutir as políticas públicas de prevenção dos riscos e as medidas jurídicas de reparação dos danos emergentes dos acidentes de trabalho - mecanismos jurídicos e de protecção laboral presentes no actual enquadramento do Direito de Trabalho em Portugal.

Observações:
Níveis de ensino: 10.º, 11.º e 12.º anos
Âmbito geográfico: Zona norte e centro

Novos usos para velhos edifícios: a reutilização do património arquitetónico
Catarina Almeida Marado
Ao longo da história, quer as grandes estruturas arquitetónicas - como os castelos, as igrejas, os mosteiros e os conventos, os palácios, os teatros, ou as fábricas - quer os mais pequenos edifícios de diferentes tipos, perderam, por razões várias, as suas funções originais. Muitos deles, foram posteriormente, em diferentes contextos históricos, reutilizados para diversos fins.
Nesta sessão, começa-se por fazer uma breve referência ao tema do reuso dos espaços construídos ao longo da história, para depois apresentar e discutir uma diversidade de casos de intervenções contemporâneas de reutilização de edifícios de diferentes tipologias, geografias e contextos: igrejas que se transformaram em teatros; teatros que se tornaram livrarias; museus que antes foram fábricas; cadeias que agora são bibliotecas; palácios, mosteiros ou hospitais onde atualmente funcionam hotéis; enfim, um vasto conjunto de reutilizações, mais óbvias ou mais surpreendentes, que, salvaguardando os valores culturais desses edifícios, possibilitaram o prolongar da sua vida útil.

Observações:
Níveis de ensino: 10º - 12º ano

Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
Uma das mais importantes conquistas do século XX foi o reconhecimento da importância, valor e universalidade dos Direitos Humanos. Esta sessão pretende dar a conhecer aos estudantes a evolução do sistema de proteção dos Direitos Humanos, os seus instrumentos e principais instituições no plano universal e regional, com particular destaque para o sistema europeu de proteção dos direitos humanos. A reflexão em torno deste tema, seus níveis de garantia, respeito e proteção será igualmente feita por relação com o caso português e recorrendo a exemplos do quotidiano com os quais os estudantes se possam identificar. Esta será uma sessão interativa e incluirá a visualização de pequenos vídeos sobre o tema.

Observações:
Níveis de ensino: 10, 11, 12 anos de escolaridade
Âmbito geográfico: Distrito de Coimbra, Leiria

A UE como ator de segurança: novos desafios, velhos problemas
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão
O tema da UE enquanto ator de segurança está na ordem do dia, face aos inúmeros desafios que persistem, desde terrorismo a violência armada nas fronteiras da União Europeia, até à atual pandemia, e à forma como adiciona pressão à segurança da UE lida em termos amplos. A capacidade de gestão das (in)seguranças e de resposta a estes inúmeros desafios é objeto de discussão, de modo a melhor compreendermos este ator, tão fundamental nas nossas vidas. Esta sessão analisa a evolução do projeto de integração europeu desde a formação das Comunidades Europeias, que incluía na sua génese a ideia de paz na Europa, até aos desafios atuais em particular em matéria de segurança. Migrações e refugiados, terrorismo, questões ambientais, a guerra na Ucrânia, são temas que diretamente impactam no dia-a-dia da UE e que devem ser pensados de forma crítica nos desafios que constituem ao próprio projeto europeu.

Observações:
Níveis de ensino: Estudantes de 9º ano e do ensino secundário

Quando for grande quero T/Ser?
Raquel Ribeiro
Nas sociedades capitalistas contemporâneas os modelos económicos baseados no lucro e interesse próprio estenderam-se a outros setores vitais da sociedade contribuindo para a emergência do "sujeito investidor", responsável pela garantia das necessidades básicas da sua família através da assunção de riscos e da avaliação calculista dos seus investimentos (financeiros ou outros). Nesta lógica, o sucesso da pessoa é avaliado pela quantidade e qualidade de ativos (imóveis, ações, etc.) que possui. Partindo da visualização de pequenos filmes / leitura de pequenos textos procurar-se-á suscitar a reflexão crítica em torno de modelos sociais individualistas, baseados no autointeresse e na competição, fazendo o seu enquadramento histórico-económico-social e salientando os seus impactos psicossociais.

Observações:
Níveis de ensino preferenciais: 7º ao 9º ano / e 10º ao 12º ano
Âmbito geográfico: Atividade a realizar preferencialmente por via virtual. Sessões presenciais nos distritos de Coimbra, Aveiro, Porto, e, Braga verificadas as condições de segurança necessárias em função da evolução do contexto epidemiológico da COVID-19.

Oficina Alteridade e Reconhecimento
Elsa Lechner
Partindo de instrumentos teórico-práticos da pesquisa biográfica, esta Oficina pretende adaptar exercícios concretos de ‘identidade colaborativa’ entre estudantes do ensino primário e secundário, com vista à experimentação do sentido prático do conhecimento de si e dos outros em situações da vida social. As sessões consistirão na criação de diálogos entre a população estudantil, sobre o tema da diferença e diversidade cultural, a partir das experiencias concretas de cada participante na vida escolar ou da comunidade.
Oficina de Ecologia e Sociedade
Gustavo García López, Joana Vaz Sousa, Lúcia Fernandes, Míriam Villamil Balestro Floriano, Rita Campos e Sérgio Pedro
As sessões serão dinamizadas de diferentes maneiras interativas, de acordo com o ano de escolaridade, a idade, o número de crianças e jovens participantes e os tempos letivos disponíveis. As seguintes ferramentas pedagógicas poderão ser disponibilizadas mediante indicação de preferência pela/o professor/a: 1) biodiversidade, saúde e espaços verdes; 2) mobilizações socio ecológicas; 3) modos de vida, risco e sociedade; 4) agricultura e direito à alimentação; 5) os comuns e a cidade.

Observações:
Âmbito geográfico Sessão temática "os comuns e a cidade" somente está disponível em Coimbra. As demais sessões terão que ser planeadas em diálogo com professores.

O contributo dos backroom boys para a investigação criminal – usos e impactos da recolha de prova biológica
Susana Costa
As últimas décadas têm testemunhado o desenvolvimento e a expansão dos usos da ciência e da tecnologia em muitas áreas da vida social. Para a justiça criminal tal significa uma oportunidade de aproveitar o poder das novas ferramentas forenses. Contudo, como instituições tradicionais, as forças policiais e o sistema de justiça em geral necessitam de períodos de adaptação para que as novas ferramentas possam ser incorporadas nas formas tradicionais de agir e pensar. Adotando uma metodologia qualitativa e interpretativa, esta comunicação procura analisar como a ciência e a tecnologia – no caso particular da ciência forense – é construída e incorporada no trabalho da investigação policial.
Esta apresentação baseia-se na observação não participante feita numa Unidade de Polícia Técnica da PSP, que pertence a uma das polícias de proximidade a operar em Portugal. A observação foi realizada em junho de 2019 e pretendeu captar as interações formais e informais relativas à sua atuação em cenas de crime e casos em investigação. Foram realizados quatro focus groups com 12 membros desta Unidade com vista a discutir aspetos centrais relacionados com as cenas de crime, o contributo do ADN, modos de pensar as narrativas criminais, as dificuldades sentidas, e as interações com outras forças policiais e com outros atores do sistema de justiça criminal.

Observações:
Níveis de ensino: Estudantes do secundário (10 ao 12º ano); população reclusa, etc.

Prevenção e combate à violência contra as mulheres e violência doméstica
Carlos Nolasco, Carolina Carvalho e Marina Henriques
As sessões destinam-se a alunas/os do ensino secundário e recorrem a suportes visuais, métodos expositivos e interativos adequados ao respetivo nível de ensino. A problemática da prevenção e combate à violência contra as mulheres e a violência doméstica será abordada por referência às realidades múltiplas que se verificam à escala global, centrando a exposição e o debate na realidade nacional.
Atividade proposta no âmbito do “Estudo avaliativo sobre o impacto das medidas aplicadas a pessoas agressoras”, financiado pelo Programa Conciliação e Igualdade de Género - EEA Grants 2014-2021.

Observações:
Níveis de ensino: 10º a 12º ano
Âmbito geográfico: Preferência para escolas localizadas num raio de até 80km de
Coimbra.

História da escravatura no mundo português e seus reflexos no racismo em Portugal 
Giuseppina Raggi
Através de 5 vídeos realizados por Hugo Ribeiro da Silva e Giuseppina Raggi em 2017 sobre o tema "O Atlântico dos Outros: a escravatura negra no império português". Os vídeos estão acompanhados por um guião de atividades didáticas. Foram os resultados de um projeto financiado em 2015 pela Fundação Calouste Gulbenkian e foram cedidos gratuitamente à Associação dos professores de História (APH), em cujo site se encontram disponibilizados livremente. Os cinco vídeos abordam as seguintes temáticas: 1) Um continente, muitas Áfricas; 2) O tráfico dos Escravos; 3) Ser escravo no Brasil; 4) Portugal, um reino com escravos; 5) O fim da Escravatura.

Observações:
Ensino secundário e, eventualmente com adaptações, estudantes do 3º ciclo; educação na terceiraidade e para as associações culturais

Juventude, Precariedade e (Des) Emprego: duas crises depois, que avaliação na actual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
A actividade proposta passa pela discussão/apresentação de quatro grandes temas:
1) Apresentação das grandes transformações no trabalho e emprego ao longo das duas últimas décadas, onde se dará destaque aos momentos que marcaram e designaram os cenários de crise do trabalho e o aparecimento da designada ""sociedade do desemprego"; 
2) Caracterização da realidade portuguesa em termos de emprego/desemprego, com apresentação do diagnóstico estatístico e a discussão sobre o que se alterou em termos dos modelos de emprego/desemprego entre as duas crises - 2008 e 2020; 3) Retrato (estatístico e social) do emprego versus desemprego jovem em Portugal e na Europa. Através da análise das estatísticas, compreendemos que actualmente se torna cada vez mais difícil aos jovens preverem, no decurso da construção dos seus projectos pessoais e profissionais, quando irão encontrar o primeiro emprego ou quantas actividades terão que desempenhar antes de alcançarem esse mesmo emprego; 4) Apresentação de um conjunto de desafios e de cenários futuros, tendo presente o contexto sócio-laboral português e as dinâmicas do actual mercado de trabalho e emprego. Neste ponto final, pretende-se discutir a relação entre ""escola""- mercado de trabalho e auscultar/dar voz as expectativas e experiências dos estudantes. Num mundo em constante mudança, importa que os jovens compreendam que mais do que qualificações académicas (secundárias e superiores) e profissionais, as experiências socialmente adquiridas constituem mais-valias em termos de sucesso profissional.

Observações:
Níveis de ensino: 10.º, 11.º e 12.º anos
Âmbito geográfico: Zona norte e centro de Portugal

O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tiago Rolino e Tatiana Moura
Iniciamos com uma parte expositivo teórica que remete para a reflexão sobre o que é a igualdade de género, a qual inclui o reconhecimento dos estereótipos de género, os comportamentos estereotipados impostos desde o nascimento, a forma como os podemos minimizar e o esclarecimento sobre igualdade e diferença. Esta parte inclui ainda a distinção entre género e sexo biológico, a socialização de rapazes e raparigas, a definição de violência e de violência de género e como a desigualdade de género conduz à violência de género.
Seguidamente passamos à apresentação de números e estatística sobre a violência de género, no mundo e em Portugal, incluindo a violência no namoro e o bullying/ciberbullying.
Terminamos com uma oficina/workshop , que envolve a participação de toda a gente, com o nome “O que é isto do género”, que é a concretização prática dos conceitos e reflexões expostos na primeira parte da sessão e um fechamento refletivo sobre o que aprendemos, todas e todos, com a sessão, dando este espaço para debate e perguntas e respostas.

Observações:
Níveis de ensino: 7º a 12º ano
Âmbito geográfico: Distrito do Porto e Distrito de Coimbra

O que é a Democracia e os Direitos Humanos e como posso participar?
Carla Luís e Diana Silva
As sessões dirigem-se a uma audiência vasta, incluindo futuros e jovens eleitores. Visam sensibilizar uma audiência ampla para as questões dos Direitos Humanos, Democracia e Participação, incluindo em eleições. Estas sessões vão contribuir, desejavelmente, para um melhor entendimento do sistema democrático e promover a sua participação.
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
Inicialmente, os/as participantes serão convidados/as a expressar, através de texto ou imagens, as suas perceções relativamente às alterações climáticas. De seguida, realizar-se-á uma apresentação interativa que incidirá sobre as principais causas e efeitos deste fenómeno (ambientais, socioeconómicos e políticos), identificando-se algumas soluções (que incluem movimentos sociais, políticas públicas e inovações tecnológicas) e alternativas aos sistemas de produção e padrões de consumo vigentes. No final da sessão, promover-se-á uma reflexão conjunta em torno destas temáticas, em que os/as participantes, reunidos em pequenos grupos ou em contexto grupo turma, terão a oportunidade de partilhar as suas opiniões, dúvidas e preocupações acerca das alterações climáticas.

Observações:
Níveis de ensino: 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário
Âmbito geográfico Concelho de Coimbra (são aceites pedidos para a realização de sessões fora deste âmbito geográfico, mas serão avaliados caso a caso, em função da evolução do contexto pandémico).



Agendamento de sessões

Utilize o formulário abaixo para solicitar o agendamento de uma sessão, selecionando o tema/atividade que deseja ver dinamizado. Pode indicar preferência de dia e data. No entanto, a confirmação da sessão estará dependente da disponibilidade do(s)/da(s) investigadores/as responsáveis que serão notificados para entrar em contacto consigo, confirmando a sua disponibilidade ou propondo condições alternativas.

Para qualquer outra questão ou clarificação por favor contacte a Coordenação do CES Vai à Escola, através do seguinte e-mail: cesescola@ces.uc.pt.

Se tiver interesse em ver abordado algum tema particular (e.g. grandes desafios atuais) particularmente temas mais complexos que exigem uma abordagem inter/transdisciplinar e que possam envolver vários/vários investigadores/as e linhas de investigação do CES, ou se tiver interesse noutro tipo de atividades ou abordagens, por favor preencha o formulário selecionado ‘Temas a pedido’, apresentando a sua ideia, interesse ou necessidade no campo “Outras informações e notas”. A coordenação do CES Vai à Escola entrará em contacto para discutir a ideia e as possibilidades de operacionalização consigo.

Nome do Professor Responsável
Email
Telefone
Escola
Localidade
Tema
Investigadores Responsáveis
Rui Bebiano, Pierre Marie e Pedro Réquio,
Resumo
As atividades sugeridas têm por sequência a apresentação das condições de habitação em Portugal antes do 25 de Abril, com particular destaque os bairros de latas nas grandes cidades; os movimentos sociais que cresceram neste setor durante o processo revolucionário (Comissões de Moradores); e uma das respostas do Estado com o Serviço de Apoio Ambulatório Local (SAAL).
Observação
Níveis de ensino preferenciais: 7º-9º e 10º-12º.
Necessidade de material para projeção audiovisual (imagem e som).
Investigadores Responsáveis
Maria José Canelo,
Resumo
No contexto de discussões atuais sobre a crise migratória na fronteira entre o México e os Estados Unidos, com o fenómeno das caravanas de migrantes e vis-a-vis a política migratória do governo em funções nos EUA, a sessão tem como objetivo levar o/as estudantes a uma reflexão crítica sobre a categoria 'fronteira', a sua natureza e funções e a história comum que a fronteira gera. Associada a esta questão, serão também abordados temas como o mito dos EUA como a nação de imigrantes por excelência, o nacionalismo, a discriminação social, as políticas migratórias e a sua 'língua', nomeadamente as categorias que classificam os migrantes como 'ilegais' ou 'migrantes sem documentos', a par de formas culturais que também vão reagindo diretamente às políticas vigentes, nomeadamente no domínio das artes, que são parte integrante do debate. A sessão poderá adequar-se mais a turmas de Inglês, no âmbito da cultura norte-americana, mas não será de relevância exclusiva nesta área.
Observação
Níveis de ensino: 10 ao 12 anos de escolaridade; universidades sénior
Âmbito geográfico: Região de Coimbra
Disponível no 2º semestre de 2020-2021
Investigadores Responsáveis
Roberta Scatolini,
Resumo
A oficina de Teatro da Oprimida pretende desenvolver parte do arsenal do Teatro do Oprimido a partir das temáticas de género. Para isso o encontro será estruturado em três momentos: aquecimento, com objetivo de preparar o corpo para as atividades seguintes, evitando possíveis lesões físicas, e de facilitar a disponibilidade das/os participantes para se envolverem com os jogos e exercícios propostos na sequência; <<joguexercícios>> e técnicas teatrais do arsenal do Teatro do Oprimido e reflexão coletiva sobre a vivência. Durante o planejamento dos encontros serão escolhidos textos semióticos que contemplem diferentes linguagens para contribuir com as problematizações das temáticas relacionadas às questões de género, pensadas de acordo com o perfil de cada grupo. Assim como as escolhas dos jogos, exercícios e demais técnicas do arsenal do Teatro do Oprimido levarão em conta as especificidades das/os participantes e limites corporais
Observação
Estudantes do 9º ao 12º (a partir de 14 anos preferencialmente) e professores/as de qualquer nível de ensino.
Âmbito geográfico: Coimbra e arredores
Investigadores Responsáveis
Shirlei Torres Perez e Toni Brandão,
Resumo
Após exposição inicial, a respeito do texto e do autor do romance 'Don Casmurro', a atividade parte da exibição dos clipes, para a discussão ativa dos conteúdos, seguida de uma produção em grupos menores, e um bate-papo com o autor (na atividade de maio), cujo livro discute, além do tema do romance, a sobreposição
Observação
Níveis de ensino: 10º a 12º ano
Âmbito geográfico: Próximo a Coimbra/Porto/Lisboa
Investigadores Responsáveis
Ana Teixeira de Melo, Leo Caves e Rita Campos,
Resumo
Observação
A partir dos 16 anos/11o ano de escolaridade
Investigadores Responsáveis
Tiago Castela,
Resumo
A sessão irá começar por dar a conhecer aos alunos a história dos bairros “de barracas” ou “clandestinos” de Lisboa, onde nos anos 80 do século XX viviam cerca de um terço dos cidadãos da área metropolitana. Na sessão iremos discutir as condições que levaram uma parte dos lisboetas a criar este tipo de espaços, e em particular as intervenções estatais, por vezes construindo infra-estruturas e equipamentos públicos, por vezes demolindo as casas e transferindo os cidadãos desses bairros para bairros de habitação social. Iremos também conversar sobre o modo como este tipo de bairros “de barracas” ou “clandestinos” existiram por toda a Europa ao longo do século XX, em cidades como Paris, Roma, Atenas ou Istanbul, não sendo de forma alguma um fenómeno especificamente português na Europa. Em seguida, iremos examinar processos análogos em cidades da então colónia de Moçambique.
Observação
níveis de ensino: 10º ao 12º ano
Âmbito geográfico: Preferência por sessões nos distritos de Coimbra, Aveiro, Porto, Braga, e Vila Real
Investigadores Responsáveis
Teresa Almeida Cravo,
Resumo
Esta sessão pretende debater com os/as estudantes o conflito armado sírio e o seu impacto nas relações internacionais. Na primeira parte analisaremos as características da região do Médio Oriente e Norte de África, para efeitos de contextualização; na segunda parte discutiremos de forma mais aprofundada a guerra na Síria, em termos de causas, atores, dinâmicas e impacto.
Observação
Para sessões em escolas, preferencialmente do 10º ao 12º ano.
Disponibilidade preferencial para escolas do Concelho de Coimbra.
Investigadores Responsáveis
Filipe Santos,
Resumo
Através da análise de casos criminais e da sua cobertura mediática, é levada a cabo uma exposição/discussão das lógicas de produção mediática. A sessão “Crime nas notícias” tem como principal objetivo proporcionar aos alunos ferramentas críticas para melhor compreender o fenómeno da mediatização do crime em particular, esperando-se o desenvolvimento e capacitação dos participantes para o entendimento dos impactos dos média na sociedade em geral.
Observação
Âmbito geográfico: Norte e Centro
Idades: 15 aos 99 anos
Investigadores Responsáveis
Maria Raquel Freire, Bernardo Fazendeiro, Daniela Nascimento, Licínia Simão, Paula Duarte Lopes e Teresa Almeida Cravo,
Resumo
O final da guerra fria e a alteração no ordenamento internacional que este implicou, em particular no que concerne o tema da segurança europeia, são o mote desta sessão que visa perceber o atual contexto de incerteza e insegurança nas fronteiras leste da União Europeia. As relações UE-Rússia estão sob olhar atento dos europeus, que após a crise de 2014 na Ucrânia levou a um contexto de enorme tensão, à aplicação de sanções e a um diálogo que foi minimizado em termos de densidade e temáticas. As relações UE-Rússia e os países que fazem parte da vizinhança partilhada, atualmente com violência não só no leste da Ucrânia mas também na região do Nagorno-Karabalh tornam a análise premente. Importa compreender e interpretar as dinâmicas em curso, as lógicas de violência e os esforços de transformação de narrativas de oposição em narrativas de paz. Esta sessão debate a atual crise nas relações entre a UE e a Rússia, incluindo a análise dos países que fazem parte da Parceria Oriental, incluindo a Ucrânia. De que modo o projeto de segurança europeu revela fragilidades e oportunidades será analisado, recorrendo a exemplos concretos. O lugar da UE e da Rússia na segurança europeia serão aqui analisados também em contexto, de modo a perceber-se como o desenvolvimento do projeto europeu desde o período da Guerra Fria, tem consequências na relação com a então União Soviética e, hoje, a Rússia.
Observação
Níveis de ensino: Estudantes de 9º ano e do ensino secundário
Investigadores Responsáveis
Raquel Ribeiro, Ana Cordeiro Santos e Catarina Príncipe,
Resumo
Nas sociedades capitalistas contemporâneas, as instituições financeiras (como bancos, seguradoras e fundos imobiliários) e as motivações de caráter financeiro (obtenção de lucros no curto prazo) ocupam um lugar cada vez mais central no funcionamento da economia e da sociedade. Em Portugal, à semelhança de outros países, a habitação tem desempenhado um papel central neste processo de financeirização da economia e da sociedade.
Partindo da visualização de um pequeno filme / portfólio fotográfico / excertos de entrevistas, procurar-se-á promover o debate e a reflexão crítica sobre o papel da finança na provisão de habitação – em particular a transformação da habitação em mercadoria e ativo financeiro – e seus impactos na produção e reprodução de desigualdades sociais.
Observação
Níveis de ensino preferenciais: estudantes do 10º ao 12º ano
Atividade a realizar preferencialmente por via virtual. Sessões presenciais nos distritos de Coimbra, Aveiro, Porto, e, Braga verificadas as condições de segurança necessárias em função da evolução do contexto epidemiológico da COVID-19.
Investigadores Responsáveis
Susana Costa, Vera Duarte, Catarina Cardoso, Mariana Soares, Marta Russo, Nuno Sales, Andreia Aleixo, Alexandra Badim e Diana Nicolau,
Resumo
Gradualmente, pessoas e animais vão ficando mais próximos, quer pelo reforço dos vínculos afetivos, quer pelos avanços científicos sobre o mundo dos animais, com novas conceções de bem estar animal, passando pela emergência dos novos ideais democráticos que contemplam um maior respeito pelos direitos dos animais.
Desde finais do século XX existe uma preocupação crescente com o bem-estar animal e a este nível Portugal deu em anos recentes passos significativos com vista à proteção dos animais.
Quando vários estudos sugerem que os maus tratos a animais são um preditor da violência interpessoal importa perceber as percepções dos portugueses sobre a relação dos animais com as pessoas.
Esta sessão insere-se no projeto de investigação “A relação entre os maus tratos aos animais e a violência interpessoal” da Unidade de Investigação em Criminologia e Ciências do Comportamento (UICCC) do ISMAI, em parceria com: o Centro de Estudos Sociais (CES), o Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS) e a Universidade Camilo José Cela de Madrid.
Foi desenvolvido um questionário online sobre comportamentos e atitudes face aos animais de companhia durante e pandemia do Coronavírus, aplicado entre os dias 11 de maio e 1 de junho de 2020, a indivíduos com mais de 16 anos, com 2198 resposta validadas. Esta sessão irá apresentar os dados desse questionário. Numa primeira parte centraremos a apresentação das atitudes e comportamentos das pessoas antes e durante a pandemia face aos seus animais de companhia e numa segunda parte abordaremos a percepção dos inquiridos sobre a relação das pessoas com os animais de companhia e a lei que criminaliza os maus tratos aos animais, independentemente de terem ou não animal de companhia.
Observação
Níveis de ensino: Alunos do ensinos secundário (10º/12º), universidade sénior, população reclusa
Investigadores Responsáveis
Miguel Cardina, Inês Nascimento Rodrigues, Vasco Martins, Verónica Ferreira e Natália Bueno,
Resumo
O objetivo da sessão é discutir e o colonialismo e da guerra na antiga potência em Portugal e nas antigas colónias. Ao incitar a reflexão e o debate sobre o papel da memória histórica no presente, o projeto pretende trazer a memória do colonialismo e da guerra para o léxico da sala de aula através de uma perspetiva complementar àquela enquadrada pelo ensino da História.
Observação
Níveis de ensino: 10º ao 12.º ano
Investigadores Responsáveis
Teresa Maneca Lima,
Resumo
A actividade proposta contempla a discussão de três grandes temáticas: 1) transformações no trabalho e nas condições laborais, - onde se procura analisar, partido dos dados estatísticos e de aspectos concretos do mundo do trabalho, o modo como, no contexto actual dos mercados de trabalho, os trabalhadores experienciam menos segurança no emprego, salários mais baixos e uma menor protecção social, situações passíveis de aceitação de condições de trabalho mais fracas, menos seguras ou menos saudáveis; 2) a relação entre condições de trabalho e a segurança e saúde dos trabalhadores - onde dados dos Inquéritos Europeus às Condições de Trabalho, realizados desde a década de 1990, mostram que independentemente dos incentivos à melhoria das condições em que o trabalho é prestado, continua a verificar-se um impacto negativo do trabalho na saúde e segurança dos trabalhadores, com a presença de elevados riscos (físicos, químicos e ergonómicos nos locais de trabalho. Neste caso concreto, Portugal tem apresentado piores indicadores quando comparado com a medida do União Europeia; e 3) sinistralidade laboral: realidade, custos e consequências - onde os acidentes de trabalho se apresentam como a expressão mais visível do risco profissional e da degradação das condições de trabalho. Partido desta grande premissa, irão apresentar-se e discutir as políticas públicas de prevenção dos riscos e as medidas jurídicas de reparação dos danos emergentes dos acidentes de trabalho - mecanismos jurídicos e de protecção laboral presentes no actual enquadramento do Direito de Trabalho em Portugal.
Observação
Níveis de ensino: 10.º, 11.º e 12.º anos
Âmbito geográfico: Zona norte e centro
Investigadores Responsáveis
Catarina Almeida Marado,
Resumo
Ao longo da história, quer as grandes estruturas arquitetónicas - como os castelos, as igrejas, os mosteiros e os conventos, os palácios, os teatros, ou as fábricas - quer os mais pequenos edifícios de diferentes tipos, perderam, por razões várias, as suas funções originais. Muitos deles, foram posteriormente, em diferentes contextos históricos, reutilizados para diversos fins.
Nesta sessão, começa-se por fazer uma breve referência ao tema do reuso dos espaços construídos ao longo da história, para depois apresentar e discutir uma diversidade de casos de intervenções contemporâneas de reutilização de edifícios de diferentes tipologias, geografias e contextos: igrejas que se transformaram em teatros; teatros que se tornaram livrarias; museus que antes foram fábricas; cadeias que agora são bibliotecas; palácios, mosteiros ou hospitais onde atualmente funcionam hotéis; enfim, um vasto conjunto de reutilizações, mais óbvias ou mais surpreendentes, que, salvaguardando os valores culturais desses edifícios, possibilitaram o prolongar da sua vida útil.
Observação
Níveis de ensino: 10º - 12º ano
Investigadores Responsáveis
Daniela Nascimento,
Resumo
Uma das mais importantes conquistas do século XX foi o reconhecimento da importância, valor e universalidade dos Direitos Humanos. Esta sessão pretende dar a conhecer aos estudantes a evolução do sistema de proteção dos Direitos Humanos, os seus instrumentos e principais instituições no plano universal e regional, com particular destaque para o sistema europeu de proteção dos direitos humanos. A reflexão em torno deste tema, seus níveis de garantia, respeito e proteção será igualmente feita por relação com o caso português e recorrendo a exemplos do quotidiano com os quais os estudantes se possam identificar. Esta será uma sessão interativa e incluirá a visualização de pequenos vídeos sobre o tema.
Observação
Níveis de ensino: 10, 11, 12 anos de escolaridade
Âmbito geográfico: Distrito de Coimbra, Leiria
Investigadores Responsáveis
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão,
Resumo
O tema da UE enquanto ator de segurança está na ordem do dia, face aos inúmeros desafios que persistem, desde terrorismo a violência armada nas fronteiras da União Europeia, até à atual pandemia, e à forma como adiciona pressão à segurança da UE lida em termos amplos. A capacidade de gestão das (in)seguranças e de resposta a estes inúmeros desafios é objeto de discussão, de modo a melhor compreendermos este ator, tão fundamental nas nossas vidas. Esta sessão analisa a evolução do projeto de integração europeu desde a formação das Comunidades Europeias, que incluía na sua génese a ideia de paz na Europa, até aos desafios atuais em particular em matéria de segurança. Migrações e refugiados, terrorismo, questões ambientais, a guerra na Ucrânia, são temas que diretamente impactam no dia-a-dia da UE e que devem ser pensados de forma crítica nos desafios que constituem ao próprio projeto europeu.
Observação
Níveis de ensino: Estudantes de 9º ano e do ensino secundário
Investigadores Responsáveis
Raquel Ribeiro,
Resumo
Nas sociedades capitalistas contemporâneas os modelos económicos baseados no lucro e interesse próprio estenderam-se a outros setores vitais da sociedade contribuindo para a emergência do "sujeito investidor", responsável pela garantia das necessidades básicas da sua família através da assunção de riscos e da avaliação calculista dos seus investimentos (financeiros ou outros). Nesta lógica, o sucesso da pessoa é avaliado pela quantidade e qualidade de ativos (imóveis, ações, etc.) que possui. Partindo da visualização de pequenos filmes / leitura de pequenos textos procurar-se-á suscitar a reflexão crítica em torno de modelos sociais individualistas, baseados no autointeresse e na competição, fazendo o seu enquadramento histórico-económico-social e salientando os seus impactos psicossociais.
Observação
Níveis de ensino preferenciais: 7º ao 9º ano / e 10º ao 12º ano
Âmbito geográfico: Atividade a realizar preferencialmente por via virtual. Sessões presenciais nos distritos de Coimbra, Aveiro, Porto, e, Braga verificadas as condições de segurança necessárias em função da evolução do contexto epidemiológico da COVID-19.
Investigadores Responsáveis
Elsa Lechner,
Resumo
Partindo de instrumentos teórico-práticos da pesquisa biográfica, esta Oficina pretende adaptar exercícios concretos de ‘identidade colaborativa’ entre estudantes do ensino primário e secundário, com vista à experimentação do sentido prático do conhecimento de si e dos outros em situações da vida social. As sessões consistirão na criação de diálogos entre a população estudantil, sobre o tema da diferença e diversidade cultural, a partir das experiencias concretas de cada participante na vida escolar ou da comunidade.
Investigadores Responsáveis
Gustavo García López, Joana Vaz Sousa, Lúcia Fernandes, Míriam Villamil Balestro Floriano, Rita Campos e Sérgio Pedro,
Resumo
As sessões serão dinamizadas de diferentes maneiras interativas, de acordo com o ano de escolaridade, a idade, o número de crianças e jovens participantes e os tempos letivos disponíveis. As seguintes ferramentas pedagógicas poderão ser disponibilizadas mediante indicação de preferência pela/o professor/a: 1) biodiversidade, saúde e espaços verdes; 2) mobilizações socio ecológicas; 3) modos de vida, risco e sociedade; 4) agricultura e direito à alimentação; 5) os comuns e a cidade.
Observação
Âmbito geográfico Sessão temática "os comuns e a cidade" somente está disponível em Coimbra. As demais sessões terão que ser planeadas em diálogo com professores.
Investigadores Responsáveis
Susana Costa,
Resumo
As últimas décadas têm testemunhado o desenvolvimento e a expansão dos usos da ciência e da tecnologia em muitas áreas da vida social. Para a justiça criminal tal significa uma oportunidade de aproveitar o poder das novas ferramentas forenses. Contudo, como instituições tradicionais, as forças policiais e o sistema de justiça em geral necessitam de períodos de adaptação para que as novas ferramentas possam ser incorporadas nas formas tradicionais de agir e pensar. Adotando uma metodologia qualitativa e interpretativa, esta comunicação procura analisar como a ciência e a tecnologia – no caso particular da ciência forense – é construída e incorporada no trabalho da investigação policial.
Esta apresentação baseia-se na observação não participante feita numa Unidade de Polícia Técnica da PSP, que pertence a uma das polícias de proximidade a operar em Portugal. A observação foi realizada em junho de 2019 e pretendeu captar as interações formais e informais relativas à sua atuação em cenas de crime e casos em investigação. Foram realizados quatro focus groups com 12 membros desta Unidade com vista a discutir aspetos centrais relacionados com as cenas de crime, o contributo do ADN, modos de pensar as narrativas criminais, as dificuldades sentidas, e as interações com outras forças policiais e com outros atores do sistema de justiça criminal.
Observação
Níveis de ensino: Estudantes do secundário (10 ao 12º ano); população reclusa, etc.
Investigadores Responsáveis
Carlos Nolasco, Carolina Carvalho e Marina Henriques,
Resumo
As sessões destinam-se a alunas/os do ensino secundário e recorrem a suportes visuais, métodos expositivos e interativos adequados ao respetivo nível de ensino. A problemática da prevenção e combate à violência contra as mulheres e a violência doméstica será abordada por referência às realidades múltiplas que se verificam à escala global, centrando a exposição e o debate na realidade nacional.
Atividade proposta no âmbito do “Estudo avaliativo sobre o impacto das medidas aplicadas a pessoas agressoras”, financiado pelo Programa Conciliação e Igualdade de Género - EEA Grants 2014-2021.
Observação
Níveis de ensino: 10º a 12º ano
Âmbito geográfico: Preferência para escolas localizadas num raio de até 80km de
Coimbra.
Investigadores Responsáveis
Giuseppina Raggi,
Resumo
Através de 5 vídeos realizados por Hugo Ribeiro da Silva e Giuseppina Raggi em 2017 sobre o tema "O Atlântico dos Outros: a escravatura negra no império português". Os vídeos estão acompanhados por um guião de atividades didáticas. Foram os resultados de um projeto financiado em 2015 pela Fundação Calouste Gulbenkian e foram cedidos gratuitamente à Associação dos professores de História (APH), em cujo site se encontram disponibilizados livremente. Os cinco vídeos abordam as seguintes temáticas: 1) Um continente, muitas Áfricas; 2) O tráfico dos Escravos; 3) Ser escravo no Brasil; 4) Portugal, um reino com escravos; 5) O fim da Escravatura.
Observação
Ensino secundário e, eventualmente com adaptações, estudantes do 3º ciclo; educação na terceiraidade e para as associações culturais
Investigadores Responsáveis
Teresa Maneca Lima,
Resumo
A actividade proposta passa pela discussão/apresentação de quatro grandes temas:
1) Apresentação das grandes transformações no trabalho e emprego ao longo das duas últimas décadas, onde se dará destaque aos momentos que marcaram e designaram os cenários de crise do trabalho e o aparecimento da designada ""sociedade do desemprego"; 
2) Caracterização da realidade portuguesa em termos de emprego/desemprego, com apresentação do diagnóstico estatístico e a discussão sobre o que se alterou em termos dos modelos de emprego/desemprego entre as duas crises - 2008 e 2020; 3) Retrato (estatístico e social) do emprego versus desemprego jovem em Portugal e na Europa. Através da análise das estatísticas, compreendemos que actualmente se torna cada vez mais difícil aos jovens preverem, no decurso da construção dos seus projectos pessoais e profissionais, quando irão encontrar o primeiro emprego ou quantas actividades terão que desempenhar antes de alcançarem esse mesmo emprego; 4) Apresentação de um conjunto de desafios e de cenários futuros, tendo presente o contexto sócio-laboral português e as dinâmicas do actual mercado de trabalho e emprego. Neste ponto final, pretende-se discutir a relação entre ""escola""- mercado de trabalho e auscultar/dar voz as expectativas e experiências dos estudantes. Num mundo em constante mudança, importa que os jovens compreendam que mais do que qualificações académicas (secundárias e superiores) e profissionais, as experiências socialmente adquiridas constituem mais-valias em termos de sucesso profissional.
Observação
Níveis de ensino: 10.º, 11.º e 12.º anos
Âmbito geográfico: Zona norte e centro de Portugal
Investigadores Responsáveis
Tiago Rolino e Tatiana Moura,
Resumo
Iniciamos com uma parte expositivo teórica que remete para a reflexão sobre o que é a igualdade de género, a qual inclui o reconhecimento dos estereótipos de género, os comportamentos estereotipados impostos desde o nascimento, a forma como os podemos minimizar e o esclarecimento sobre igualdade e diferença. Esta parte inclui ainda a distinção entre género e sexo biológico, a socialização de rapazes e raparigas, a definição de violência e de violência de género e como a desigualdade de género conduz à violência de género.
Seguidamente passamos à apresentação de números e estatística sobre a violência de género, no mundo e em Portugal, incluindo a violência no namoro e o bullying/ciberbullying.
Terminamos com uma oficina/workshop , que envolve a participação de toda a gente, com o nome “O que é isto do género”, que é a concretização prática dos conceitos e reflexões expostos na primeira parte da sessão e um fechamento refletivo sobre o que aprendemos, todas e todos, com a sessão, dando este espaço para debate e perguntas e respostas.
Observação
Níveis de ensino: 7º a 12º ano
Âmbito geográfico: Distrito do Porto e Distrito de Coimbra
Investigadores Responsáveis
Carla Luís e Diana Silva,
Resumo
As sessões dirigem-se a uma audiência vasta, incluindo futuros e jovens eleitores. Visam sensibilizar uma audiência ampla para as questões dos Direitos Humanos, Democracia e Participação, incluindo em eleições. Estas sessões vão contribuir, desejavelmente, para um melhor entendimento do sistema democrático e promover a sua participação.
Investigadores Responsáveis
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira,
Resumo
Inicialmente, os/as participantes serão convidados/as a expressar, através de texto ou imagens, as suas perceções relativamente às alterações climáticas. De seguida, realizar-se-á uma apresentação interativa que incidirá sobre as principais causas e efeitos deste fenómeno (ambientais, socioeconómicos e políticos), identificando-se algumas soluções (que incluem movimentos sociais, políticas públicas e inovações tecnológicas) e alternativas aos sistemas de produção e padrões de consumo vigentes. No final da sessão, promover-se-á uma reflexão conjunta em torno destas temáticas, em que os/as participantes, reunidos em pequenos grupos ou em contexto grupo turma, terão a oportunidade de partilhar as suas opiniões, dúvidas e preocupações acerca das alterações climáticas.
Observação
Níveis de ensino: 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário
Âmbito geográfico Concelho de Coimbra (são aceites pedidos para a realização de sessões fora deste âmbito geográfico, mas serão avaliados caso a caso, em função da evolução do contexto pandémico).
Ano/s da escolaridade dos alunos a que destina a sessão
Data e Hora para a sessão
Observações


Sessões agendadas

4 de dezembro de 2020, 13h15, Escola Vasco da Gama de Sines, Sines
Oficina Alteridade e Reconhecimento
Elsa Lechner
9 de dezembro de 2020, 10h55, Infante D. Pedro, Penela
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tiago Rolino e Tatiana Moura
10 de dezembro de 2020, 10h30, AECC Escola Básica Poeta Manuel da Silva Gaio e Escola Básica de S. Silvestre, Coimbra
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tiago Rolino e Tatiana Moura
10 de dezembro de 2020, 13h45, AE LIma-de-Faria, Cantanhede | Escola Secundária Lima-de-Faria, Cantanhede, Cantanhede
A UE como ator de segurança: novos desafios, velhos problemas
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão
11 de dezembro de 2020, 00h00, Escola Secundária Luís de Freitas Branco, Paço de Arcos
História da escravatura no mundo português e seus reflexos no racismo em Portugal 
Giuseppina Raggi
11 de dezembro de 2020, 14h10, Escola Secundária de Seia, Seia
Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio: As Guerras Coloniais e de Libertação
Miguel Cardina, Inês Nascimento Rodrigues, Vasco Martins, Verónica Ferreira e Natália Bueno
8 de janeiro de 2021, 09h35, AE LIma-de-Faria, Cantanhede | Escola Secundária Lima-de-Faria, Cantanhede, Cantanhede
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
11 de janeiro de 2021, 00h00, Agrupamento de Escolas de Albufeira Poente, Ferreiras
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
12 de janeiro de 2021, 16h00, Agrupamento de Escolas de Albufeira Poente
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
13 de janeiro de 2021, 00h00, EB23/S Aquilino Ribeiro, Oeiras
Home $weet Home: Habitação e (re)produção de desigualdades sociais
Raquel Ribeiro, Ana Cordeiro Santos e Catarina Príncipe
13 de janeiro de 2021, 14h30, Agrupamento de Escolas do Fundão, Fundão
Crime nas notícias
Filipe Santos
14 de janeiro de 2021, 10h30, Agrupamento de escolas de Condeixa-a-nova, Parreiras
Novos usos para velhos edifícios: a reutilização do património arquitetónico
Catarina Almeida Marado
14 de janeiro de 2021, 11h30, Agrupamento de escolas de Condeixa-a-nova, Parreiras
Novos usos para velhos edifícios: a reutilização do património arquitetónico
Catarina Almeida Marado
14 de janeiro de 2021, 13h30, Agrupamento de Escolas de Albufeira Poente
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
15 de janeiro de 2021, 13h40, Agrupamento de Escolas de pombal, Pombal
Oficina Alteridade e Reconhecimento
Elsa Lechner
20 de janeiro de 2021, 09h00, Agrupamento de Escolas de Albufeira Poente
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
20 de janeiro de 2021, 09h30, Escola Secundária de Avelar Brotero, Coimbra
O conflito sírio e as relações internacionais
Teresa Almeida Cravo
20 de janeiro de 2021, 11h00, Agrupamento de Escolas de Albufeira Poente
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
21 de janeiro de 2021, 14h30, Agrupamento de Escolas de Condeixa-a-Nova, Escola Básica nº2 de Condeixa-a-Nova, Condeixa-a-Nova
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tiago Rolino e Tatiana Moura
28 de janeiro de 2021, 00h00, Escola Secundária Arquitecto Oliveira Ferreira, vila nova de gaia, Valadares-4405-527
O contributo dos backroom boys para a investigação criminal – usos e impactos da recolha de prova biológica
Susana Costa
5 de fevereiro de 2021, 15h20, Escola Secundária de Pombal, Pombal
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
22 de fevereiro de 2021, 14h50, Agrupamento de Escolas da Lousã, Lousã
O contributo dos backroom boys para a investigação criminal – usos e impactos da recolha de prova biológica
Susana Costa
25 de fevereiro de 2021, 13h20, Escola Secundária de Seia, Pinhanços
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
25 de fevereiro de 2021, 15h10, Escola Secundária de Seia, Seia
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
5 de março de 2021, 12h40, Escola Secundária de Pombal, Pombal
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
18 de março de 2021, 10h30, Escola Básica de Arazede - Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho, Arazede
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tiago Rolino e Tatiana Moura
23 de março de 2021, 09h50, Escola Secundária de Rio Tinto n.º 3, Rio Tinto, Gondomar
They-re just animals - Comportamentos e atitudes face aos animais de companhia antes e durante
Susana Costa, Vera Duarte, Catarina Cardoso, Mariana Soares, Marta Russo, Nuno Sales, Andreia Aleixo, Alexandra Badim e Diana Nicolau
20 de abril de 2021, 00h00, Agrupamento de Escolas de Seia, Seia
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
29 de abril de 2021, 15h30, Secundária Fernando Namora - Condeixa, Alcabideque
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
6 de maio de 2021, 15h30, Secundária Fernando Namora - Condeixa, Alcabideque
Quando for grande quero T/Ser?
Raquel Ribeiro
19 de maio de 2021, 14h30, Escola Secundária de Emídio Navarro, Viseu
Oficina Alteridade e Reconhecimento
Elsa Lechner


Sessões realizadas

2020/2021


24 de novembro de 2020, 16h30, Escola Infante D. Pedro, Penela
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tiago Rolino e Tatiana Moura
18 de novembro de 2020, 09h30, Escola Secundária de Avelar Brotero, Coimbra
A UE como ator de segurança: novos desafios, velhos problemas
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão

2019/2020


13 de maio de 2020, 21h30, Agrupamento de Escolas de Mangualde, Mangualde
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as Mobilidades Transnacionais
Joana Sousa Ribeiro e Carlos Nolasco
11 de março de 2020, 11h00, Centro Escolar de Solum Sul, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
11 de março de 2020, 09h00, Centro Escolar de Solum Sul, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
11 de março de 2020, 01h45, Centro Escolar de Solum Sul, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
10 de março de 2020, 13h45, Centro Escolar de Solum Sul, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
10 de março de 2020, 11h00, Centro Escolar de Solum Sul, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
10 de março de 2020, 10h30, aecc - Escola Secundária Jaime Cortesão, Coimbra
Desigualdades de género e interseccionalidade
Lina Coelho
10 de março de 2020, 09h00, Centro Escolar de Solum Sul, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
9 de março de 2020, 11h30, Agrupamento de Escolas de Pombal, Pombal
O olhar e os caminhos: representações socias de jovens e escolha profissional
Silvia Rodríguez Maeso, Marcos Silva e Bruno Muniz
9 de março de 2020, 09h30, Agrupamento de Escolas de Pombal, Pombal
O olhar e os caminhos: representações socias de jovens e escolha profissional
Silvia Rodríguez Maeso, Marcos Silva e Bruno Muniz
6 de março de 2020, 14h40, Agrupamento de Escolas da Lousã, Lousã
Desigualdades de género e interseccionalidade
Lina Coelho
6 de março de 2020, 08h15, Escola Secundária Lima-de-Faria, Cantanhede
Oficina de ecologia e sociedade
Lúcia Fernandes, Marco Malagoli, Rita Campos, Giacomo D'Alisa, Joana Sousa e Gustavo García López
5 de março de 2020, 14h00, Básica Prof. Dr. Egas Moniz - Agrupamento de Escolas de Estarreja, Avanca
Oficina Gênero e diversidade sexual: o que a escola tem a ver com isso?
Vânia Nara Pereira Vasconcelos
2 de março de 2020, 15h45, Agrupamento de Escolas da Sé, Lamego
Da cena do crime ao tribunal - o peso da prova biológica na perspetiva dos juizes
Susana Costa
28 de fevereiro de 2020, 10h05, Agrupamento de Escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis
Juventude, Precariedade e (Des) Emprego - que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
27 de fevereiro de 2020, 14h30, Escola Básica de Arazede, Arazede - Montemor-o-Velho
Desigualdades de género e interseccionalidade
Lina Coelho
27 de fevereiro de 2020, 11h00, Centro Escolar de Solum Sul, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
27 de fevereiro de 2020, 09h00, Centro Escolar de Solum Sul, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
21 de fevereiro de 2020, 13h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Oficina de ecologia e sociedade
Lúcia Fernandes, Marco Malagoli, Rita Campos, Giacomo D'Alisa, Joana Sousa e Gustavo García López
21 de fevereiro de 2020, 10h20, Escola Secundária de Peniche, Peniche
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as Mobilidades Transnacionais
Joana Sousa Ribeiro e Carlos Nolasco
21 de fevereiro de 2020, 10h00, Escola Secundária de Santa Comba Dão, Santa Comba Dão
Relações violentas: porquê e como resolver?
Madalena Alarcão
20 de fevereiro de 2020, 11h30, Martim de Freitas, Coimbra
Todas diferentes, todas iguais! Valorizar as diferenças e crescer com a diversidade
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Joana Brilhante, Mara Pieri, Alexandra Lopes Santos e Gustavo Mariano
20 de fevereiro de 2020, 10h30, Martim de Freitas, Coimbra
Todas diferentes, todas iguais! Valorizar as diferenças e crescer com a diversidade
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Joana Brilhante, Mara Pieri, Alexandra Lopes Santos e Gustavo Mariano
20 de fevereiro de 2020, 08h30, Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as Mobilidades Transnacionais
Joana Sousa Ribeiro e Carlos Nolasco
19 de fevereiro de 2020, 12h00, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
19 de fevereiro de 2020, 10h30, Escola Secundária de Seia, Seia
Desafios à segurança Europeia: a UE, a Parceria Oriental e a Rússia
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão
18 de fevereiro de 2020, 11h45, Escola Secundária Da Maia, Maia
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
17 de fevereiro de 2020, 14h00, Agrupamento de Escolas da Sé, Lamego
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
17 de fevereiro de 2020, 10h30, Escola Secundária Pinhal do Rei, Marinha Grande
O olhar e os caminhos: representações socias de jovens e escolha profissional
Silvia Rodríguez Maeso, Marcos Silva e Bruno Muniz
14 de fevereiro de 2020, 14h30, Agrupamento de Escolas da Sé, Lamego
Oficina Diversidade e Reconhecimento
Elsa Lechner, Gisele Almeida, Letícia Renault e Allana Lacerda
14 de fevereiro de 2020, 10h30, Agrupamento de Escolas da Sé, Lamego
Oficina Diversidade e Reconhecimento
Elsa Lechner, Gisele Almeida, Letícia Renault e Allana Lacerda
14 de fevereiro de 2020, 09h20, Escola Secundária de Rio Tinto, Rio Tinto - Porto
Novos usos para velhos edifícios: a reutilização da arquitetura
Catarina Almeida Marado
13 de fevereiro de 2020, 12h00, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
13 de fevereiro de 2020, 02h30, Secundária Afonso Lopes Vieira, Leiria
Desigualdades de género e interseccionalidade
Lina Coelho
12 de fevereiro de 2020, 12h00, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
11 de fevereiro de 2020, 12h00, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
11 de fevereiro de 2020, 11h20, Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
"Casas sim, barracas não": a habitação em Portugal em 1974
Rui Bebiano, Pierre Marie e Pedro Réquio
10 de fevereiro de 2020, 15h10, Secundária da Maia, Maia
Oficina Gênero e diversidade sexual: o que a escola tem a ver com isso?
Vânia Nara Pereira Vasconcelos
10 de fevereiro de 2020, 10h30, Agrupamento de Escolas Marinha Grande Nascente, Marinha Grande
Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio: As Guerras Coloniais e de Libertação
Miguel Cardina, Inês Nascimento Rodrigues, Vasco Martins, Verónica Ferreira e Natália Bueno
6 de fevereiro de 2020, 12h00, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
5 de fevereiro de 2020, 09h15, Básica Eugénio de Castro, Coimbra
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tatiana Moura, Tiago Rolino e Linda Cerdeira
4 de fevereiro de 2020, 11h55, Básica Eugénio de Castro, Coimbra
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tatiana Moura, Tiago Rolino e Linda Cerdeira
4 de fevereiro de 2020, 09h30, Secundária D.Duarte - Agrupamento de Escolas Coimbra Oeste, Coimbra
Oficina Gênero e diversidade sexual: o que a escola tem a ver com isso?
Vânia Nara Pereira Vasconcelos
3 de fevereiro de 2020, 10h00, Agrupamento de Escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis
A UE como ator de segurança: novos desafios, velhos problemas
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão
1 de fevereiro de 2020, 15h00, Museu Nacional de Etnologia, Lisboa
25 de Abril, Colonialismo e Direitos Humanos
Bruno Sena Martins
31 de janeiro de 2020, 13h30, Agrupamento de Escolas Dr. Mário Sacramento, Aveiro
Home $weet Home: Habitação e (re)produção de desigualdades sociais  
Raquel Ribeiro, Ana Cordeiro Santos e Catarina Príncipe
31 de janeiro de 2020, 10h30, Escola Secundária Adolfo Portela, ÁGUEDA
Home $weet Home: Habitação e (re)produção de desigualdades sociais  
Raquel Ribeiro, Ana Cordeiro Santos e Catarina Príncipe
30 de janeiro de 2020, 15h00, Agrupamento de Escolas José Estevão, Aveiro
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
30 de janeiro de 2020, 10h30, Agrupamento de Escola José Estêvão Aveiro, AVEIRO
Oficina de ecologia e sociedade
Lúcia Fernandes, Marco Malagoli, Rita Campos, Giacomo D'Alisa, Joana Sousa e Gustavo García López
30 de janeiro de 2020, 09h15, Agrupamento de Escolas de Carvalhos, Carvalhos,V8ia Nova de Gaia
Home $weet Home: Habitação e (re)produção de desigualdades sociais  
Raquel Ribeiro, Ana Cordeiro Santos e Catarina Príncipe
29 de janeiro de 2020, 14h00, Agrupamento de Escolas da Sé, Lamego
Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio: As Guerras Coloniais e de Libertação
Miguel Cardina, Inês Nascimento Rodrigues, Vasco Martins, Verónica Ferreira e Natália Bueno
24 de janeiro de 2020, 14h30, Escola Secundária de Castro Daire, Castro Daire
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
24 de janeiro de 2020, 10h30, Escola Secundária de Castro Daire, Castro Daire
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
24 de janeiro de 2020, 09h30, EB1 dos Olivais, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
23 de janeiro de 2020, 09h30, EB1 dos Olivais, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
22 de janeiro de 2020, 22h00, Secundária D.Duarte - Agrupamento de Escolas Coimbra Oeste, Coimbra
Oficina de ecologia e sociedade
Lúcia Fernandes, Marco Malagoli, Rita Campos, Giacomo D'Alisa, Joana Sousa e Gustavo García López
22 de janeiro de 2020, 10h35, Secundária Afonso Lopes Vieira, Leiria
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
22 de janeiro de 2020, 09h30, EB1 dos Olivais, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
21 de janeiro de 2020, 15h55, Escola Secundária de Castro Daire, Castro Daire
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
21 de janeiro de 2020, 14h05, Escola Secundária de Castro Daire, Castro Daire
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
21 de janeiro de 2020, 09h50, Escola Secundária de Santa Comba Dão, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
21 de janeiro de 2020, 09h30, EB1 dos Olivais, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
20 de janeiro de 2020, 10h30, Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira Da Foz
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as Mobilidades Transnacionais
Joana Sousa Ribeiro e Carlos Nolasco
17 de janeiro de 2020, 14h40, Infante D. Pedro - Penela, Penela
Todas diferentes, todas iguais! Valorizar as diferenças e crescer com a diversidade
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Joana Brilhante, Mara Pieri, Alexandra Lopes Santos e Gustavo Mariano
17 de janeiro de 2020, 11h50, Agrupamento de Escolas de Soure, Sebal
O olhar e os caminhos: representações socias de jovens e escolha profissional
Silvia Rodríguez Maeso, Marcos Silva e Bruno Muniz
15 de janeiro de 2020, 11h30, Escola Básica Integrada de Pereira, Pereira - Montemor-o-Velho
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
14 de janeiro de 2020, 13h45, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tatiana Moura, Tiago Rolino e Linda Cerdeira
14 de janeiro de 2020, 10h30, Escola Secundária de Castro Daire, Castro Daire
A recontextualização do discurso pedagógico por alunos(as) a partir do tema lixo: um desvio pedagógico em direção à reciprocidade 
Assis Francisco de Castilhos
14 de janeiro de 2020, 08h30, Agrupamento de Escolas Coimbra Sul - Escola Básica do 2º e 3º ciclos Dra Maria Alice Gouveia, Coimbra
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
13 de janeiro de 2020, 15h00, Básica 2, 3 dr. João de Barros, Figueira da Foz
Relações violentas: porquê e como resolver?
Madalena Alarcão
13 de janeiro de 2020, 09h30, Secundária D.Duarte - Agrupamento de Escolas Coimbra Oeste, Coimbra
Oficina de ecologia e sociedade
Lúcia Fernandes, Marco Malagoli, Rita Campos, Giacomo D'Alisa, Joana Sousa e Gustavo García López
13 de janeiro de 2020, 09h00, Agrupamento de escolas de Bobadela, Bobadela - LRS
A recontextualização do discurso pedagógico por alunos(as) a partir do tema lixo: um desvio pedagógico em direção à reciprocidade 
Assis Francisco de Castilhos
10 de janeiro de 2020, 14h30, Infante D. Pedro - Penela, Penela
Relações violentas: porquê e como resolver?
Madalena Alarcão
9 de janeiro de 2020, 11h30, Secundária Garcia de Orta, Porto
Oficina de ecologia e sociedade
Lúcia Fernandes, Marco Malagoli, Rita Campos, Giacomo D'Alisa, Joana Sousa e Gustavo García López
8 de janeiro de 2020, 14h30, Agrupamento Oliveira Júnior, S. João da Madeira
Raça, racismo e colonialismo: um olhar crítico a partir do futebol
Pedro Sousa de Almeida e Silvia Rodríguez Maeso
7 de janeiro de 2020, 10h00, Agrupamento de Escolas de Lousada, Lousada
A UE como ator de segurança: novos desafios, velhos problemas
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão
6 de janeiro de 2020, 15h00, Agrupamento de escolas de Condeixa, Condeixa
Relações violentas: porquê e como resolver?
Madalena Alarcão
6 de janeiro de 2020, 13h30, Escola Secundária de Rio Tinto, Rio Tinto
Juventude, Precariedade e (Des) Emprego - que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
6 de janeiro de 2020, 10h30, Agrupamento de escolas de Condeixa, Condeixa
Relações violentas: porquê e como resolver?
Madalena Alarcão
6 de janeiro de 2020, 10h30, ESC DR MANUEL FERNANDES, Abrantes
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
17 de dezembro de 2019, 16h00, EB1 dos Olivais, Coimbra
O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade
Tatiana Moura, Tiago Rolino e Linda Cerdeira
17 de dezembro de 2019, 15h30, Escola Secundária de Rio Tinto, Rio Tinto, Gondomar
A UE como ator de segurança: novos desafios, velhos problemas
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão
17 de dezembro de 2019, 15h10, Escola Secundária João Gonçalves Zarco, Matosinhos
Academia do Pensamento Complexo: Desafios da ComplexCidade
Ana Teixeira de Melo e Leo Caves
17 de dezembro de 2019, 10h20, Agrupamento de Escolas da Sé, Lamego
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
16 de dezembro de 2019, 14h45, Agrupamento de Escolas de Penacova, Coimbra
Relações violentas: porquê e como resolver?
Madalena Alarcão
16 de dezembro de 2019, 14h30, Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
16 de dezembro de 2019, 14h30, Agrupamento de Escolas de Sardoal, Sardoal, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
16 de dezembro de 2019, 10h30, Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
13 de dezembro de 2019, 14h30, Escola Básica Nº2 -Condeixa-a-Nova (nome + conhecido-escola amarela), Condeixa-a-Velha
Todas diferentes, todas iguais! Valorizar as diferenças e crescer com a diversidade
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Joana Brilhante, Mara Pieri, Alexandra Lopes Santos e Gustavo Mariano
13 de dezembro de 2019, 14h30, Básica e Secundária Oliveira Júnior, S. João da Madeira
Academia do Pensamento Complexo: Desafios da ComplexCidade
Ana Teixeira de Melo e Leo Caves
13 de dezembro de 2019, 11h30, Escola Secundária de Rio Tinto, Rio Tinto - Porto
"Casas sim, barracas não": a habitação em Portugal em 1974
Rui Bebiano, Pierre Marie e Pedro Réquio
13 de dezembro de 2019, 11h30, Escola Básica Nº2 -Condeixa-a-Nova (nome + conhecido-escola amarela), Condeixa-a-Velha
Todas diferentes, todas iguais! Valorizar as diferenças e crescer com a diversidade
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Joana Brilhante, Mara Pieri, Alexandra Lopes Santos e Gustavo Mariano
13 de dezembro de 2019, 11h25, Escola Secundária do FUndão, Fundão
O olhar e os caminhos: representações socias de jovens e escolha profissional
Silvia Rodríguez Maeso, Marcos Silva e Bruno Muniz
13 de dezembro de 2019, 11h15, Secundária Clara de Resende, Porto
Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil 
Marta Araújo, Solange Rocha e José Antonio Novaes da Silva
13 de dezembro de 2019, 09h30, Básica e Secundária Oliveira Júnior, S. João da Madeira
Academia do Pensamento Complexo: Desafios da ComplexCidade
Ana Teixeira de Melo e Leo Caves
13 de dezembro de 2019, 09h20, Escola Secundária do FUndão, Fundão
O olhar e os caminhos: representações socias de jovens e escolha profissional
Silvia Rodríguez Maeso, Marcos Silva e Bruno Muniz
13 de dezembro de 2019, 09h15, Escola Básica Nº2 -Condeixa-a-Nova (nome + conhecido-escola amarela), Condeixa-a-Velha
Todas diferentes, todas iguais! Valorizar as diferenças e crescer com a diversidade
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Joana Brilhante, Mara Pieri, Alexandra Lopes Santos e Gustavo Mariano
12 de dezembro de 2019, 10h40, E. S . Lousã, Lousã
Relações violentas: porquê e como resolver?
Madalena Alarcão
10 de dezembro de 2019, 12h20, Agrupamento de escolas de Condeixa - Escola Secundária Fernando Namora, Condeixa
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
10 de dezembro de 2019, 10h35, Agrupamento de escolas de Condeixa - Escola Secundária Fernando Namora, Condeixa
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
10 de dezembro de 2019, 10h30, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil 
Marta Araújo, Solange Rocha e José Antonio Novaes da Silva
10 de dezembro de 2019, 10h15, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
10 de dezembro de 2019, 09h25, Agrupamento de escolas de Condeixa - Escola Secundária Fernando Namora, Condeixa
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de dezembro de 2019, 15h10, Agrupamento de escolas de Condeixa - Escola Secundária Fernando Namora, Condeixa
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de dezembro de 2019, 14h00, Secundária D.Duarte - Agrupamento de Escolas Coimbra Oeste, Coimbra
Relações violentas: porquê e como resolver?
Madalena Alarcão
9 de dezembro de 2019, 12h20, Agrupamento de escolas de Condeixa - Escola Secundária Fernando Namora, Condeixa
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de dezembro de 2019, 11h30, Escola Secundária Adolfo Portela, ÁGUEDA
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
9 de dezembro de 2019, 09h30, Escola Secundária Adolfo Portela, ÁGUEDA
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
9 de dezembro de 2019, 08h30, Secundária Infanta D. Maria, Coimbra
Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil 
Marta Araújo, Solange Rocha e José Antonio Novaes da Silva
6 de dezembro de 2019, 10h30, Escola Secundária António Nobre, Porto
Raça, racismo e colonialismo: um olhar crítico a partir do futebol
Pedro Sousa de Almeida e Silvia Rodríguez Maeso
6 de dezembro de 2019, 02h30, Agrupamento de Escolas de Carvalhos, Vila Nova Gaia
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
5 de dezembro de 2019, 02h15, Escola Basica 2 e 3 D. Dinis- Leiria, Leiria
Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil 
Marta Araújo, Solange Rocha e José Antonio Novaes da Silva
4 de dezembro de 2019, 10h30, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
A recontextualização do discurso pedagógico por alunos(as) a partir do tema lixo: um desvio pedagógico em direção à reciprocidade 
Assis Francisco de Castilhos
3 de dezembro de 2019, 14h30, Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos, Gafanha da Boa Hora
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
29 de novembro de 2019, 14h40, Infante D. Pedro - Penela, Penela
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
28 de novembro de 2019, 14h45, Liceu Francês Charles Pierre, Lisboa
Lilian Thuram: Educação contra o racismo
Margarida Calafate Ribeiro, António Pinto Ribeiro, Fernanda Vilar e Felipe Cammaert
28 de novembro de 2019, 10h00, Associação Desportiva da Amadora, Amadora
Lilian Thuram: Educação contra o racismo
Margarida Calafate Ribeiro, António Pinto Ribeiro, Fernanda Vilar e Felipe Cammaert
27 de novembro de 2019, 10h40, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
A UE como ator de segurança: novos desafios, velhos problemas
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão
27 de novembro de 2019, 09h30, Escola da Académica em Coimbra, Coimbra
Lilian Thuram: Educação contra o racismo
Margarida Calafate Ribeiro, António Pinto Ribeiro, Fernanda Vilar e Felipe Cammaert
26 de novembro de 2019, 11h00, Escola Secundária de Avelar Brotero, Coimbra
Lilian Thuram: Educação contra o racismo
Margarida Calafate Ribeiro, António Pinto Ribeiro, Fernanda Vilar e Felipe Cammaert
25 de novembro de 2019, 10h00, ESCOLA DO ESTABELECIMENTO PRISIONAL DE COIMBRA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS EUGÉNIO DE CASTRO, COIMBRA
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
22 de novembro de 2019, 13h45, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
22 de novembro de 2019, 09h00, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
20 de novembro de 2019, 14h00, Escola Monsenhor Galamba, Leiria
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
20 de novembro de 2019, 08h30, Agrupamento de Escolas Coimbra Sul - Escola Básica do 2º e 3º ciclos Dra Maria Alice Gouveia, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
19 de novembro de 2019, 13h45, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
19 de novembro de 2019, 10h30, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
18 de novembro de 2019, 15h30, Sec. Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Raça, racismo e colonialismo: um olhar crítico a partir do futebol
Pedro Sousa de Almeida e Silvia Rodríguez Maeso
15 de novembro de 2019, 13h45, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
15 de novembro de 2019, 09h00, Escola Básica da Solum, Coimbra
Casacos de neve sem neve??! - o impacto das alterações climáticas nas populações.
Rita Campos
14 de novembro de 2019, 10h00, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores em Coimbra, Coimbra
Jovens em Modelos Não Violentos de Masculinidade – O projeto EQUI-X
Tiago Rolino e Linda Cerdeira
7 de novembro de 2019, 08h30, Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
A UE como ator de segurança: novos desafios, velhos problemas
Maria Raquel Freire, Teresa Almeida Cravo, Daniela Nascimento, Paula Duarte Lopes, Bernardo Fazendeiro e Licínia Simão
5 de novembro de 2019, 11h55, Básica Prof. Dr. Egas Moniz - Agrupamento de Escolas de Estarreja, Avanca
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
5 de novembro de 2019, 10h15, Básica Prof. Dr. Egas Moniz - Agrupamento de Escolas de Estarreja, Avanca
"Não há planeta B" - Um debate em torno das alterações climáticas e do Antropoceno
António Carvalho, Ana Raquel Matos e Vera Ferreira
4 de novembro de 2019, 15h30, Secundária Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Homicídios nas relações de intimidade
Madalena Duarte e Sofia Jamal
23 de outubro de 2019, 10h00, Escola Secundária Infanta D. Maria, Coimbra
Jovens em Modelos Não Violentos de Masculinidade – O projeto EQUI-X
Tiago Rolino e Linda Cerdeira
16 de outubro de 2019, 10h00, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
Jovens em Modelos Não Violentos de Masculinidade – O projeto EQUI-X
Tiago Rolino e Linda Cerdeira

2018/2019


4 de junho de 2019, 10h00, Escola Secundária Adolfo Portela, ÁGUEDA
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
9 de maio de 2019, 14h00, Escola Secundária de Pombal, Pombal
A Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia: desafios sociais, políticos e jurídicos à sua implementação 
Marina Henriques
3 de maio de 2019, 10h30, Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos, Gafanha da Boa Hora - Vagos
O Exílio Português e a Resistência à Ditadura
Susana Martins
3 de maio de 2019, 10h00, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
O Exílio Português e a Resistência à Ditadura
Susana Martins
2 de maio de 2019, 14h30, Agrupamento de Escola José Estêvão Aveiro, Aveiro
Oficina musical colonialidade e cultura
Bruno Muniz, Marcos Silva e Danielle Pereira Araújo
2 de maio de 2019, 12h00, Escola Básica e Secundária Soares Basto, Oliveira de Azeméis
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco e Joana Sousa Ribeiro
2 de maio de 2019, 10h10, E B Nº 2 de S.Bernard, Aveiro
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco e Joana Sousa Ribeiro
2 de maio de 2019, 08h30, Escola secundária José Estêvão, Aveiro
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco e Joana Sousa Ribeiro
26 de abril de 2019, 10h20, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
24 de abril de 2019, 14h00, Biblioteca Municipal de Mêda, Mêda
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
24 de abril de 2019, 03h45, Biblioteca Municipal de Mêda, Mêda
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
5 de abril de 2019, 08h30, Agrupamento de escolas de Vila Nova de Poiares (EB 2/3, Sec. Daniel de Matos), Vila Nova de Poiares
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
4 de abril de 2019, 24h05, Secundária Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco e Joana Sousa Ribeiro
3 de abril de 2019, 15h00, Agrupamento de Escolas de Rio Tinto, Gondomar, Gondomar
Quem tramou a Inspetora Saltão? A prova e a narrativa construída da cena de crime ao tribunal 
Susana Costa
3 de abril de 2019, 10h20, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
3 de abril de 2019, 04h30, Agrupamento de Escolas de Rio Tinto, Gondomar, Gondomar
Quem tramou a Inspetora Saltão? A prova e a narrativa construída da cena de crime ao tribunal 
Susana Costa
2 de abril de 2019, 14h30, Secundária Dr. Mário Sacramento, Aveiro
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
29 de março de 2019, 16h10, Secundária de Pombal, Pombal
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
29 de março de 2019, 15h10, Secundária de Pombal, Pombal
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
29 de março de 2019, 14h10, Secundária de Pombal, Pombal
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
29 de março de 2019, 12h20, Secundária de Pombal, Pombal
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
29 de março de 2019, 11h45, Escola Secundária Martinho Árias de Soure, Soure
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco e Joana Sousa Ribeiro
29 de março de 2019, 11h25, Secundária de Pombal, Pombal
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
29 de março de 2019, 10h25, Secundária de Pombal, Pombal
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
29 de março de 2019, 00h00, Secundária de Pombal, Pombal
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
27 de março de 2019, 16h00, Secundária de Pombal, Pombal
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco e Joana Sousa Ribeiro
25 de março de 2019, 10h30, Dr. Manuel Laranjeira, Espinho
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
22 de março de 2019, 09h55, Escola Básica Infante D. Pedro, Penela, Penela
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
22 de março de 2019, 09h00, Escola Básica Infante D. Pedro, Penela, Penela
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
19 de março de 2019, 10h15, Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades, Oliveira de Frades
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
8 de março de 2019, 14h30, Agrupamento de Escolas de Rio Tinto, Gondomar, Gondomar
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
8 de março de 2019, 13h30, Agrupamento de Escolas de Rio Tinto, Gondomar, Gondomar
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
8 de março de 2019, 10h30, Escola Secundária Arquitecto Oliveira Ferreira, Arcozelo, Vila Nova de Gaia
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
27 de fevereiro de 2019, 10h00, Escola Secundária de Jaime Cortesão - Agrupamento de Escolas Coimbra Centro, Coimbra
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
20 de fevereiro de 2019, 14h00, Agrupamento de Escolas da Sé, Lamego
Academia do Pensamento Complexo: Desafios da ComplexCidade
Ana Teixeira de Melo e Leo Caves
12 de fevereiro de 2019, 10h30, Agrupamento de Escolas de Pombal, Pombal
Academia do Pensamento Complexo: Desafios da ComplexCidade
Ana Teixeira de Melo e Leo Caves
7 de fevereiro de 2019, 11h30, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
31 de janeiro de 2019, 11h00, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
Sofrimento e doença mental: experiências singulares, responsabilidade coletiva
Tiago Pires Marques e Sílvia Portugal
31 de janeiro de 2019, 10h00, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
Sofrimento e doença mental: experiências singulares, responsabilidade coletiva
Tiago Pires Marques e Sílvia Portugal
30 de janeiro de 2019, 13h00, Secundária Viriato, Viseu
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
30 de janeiro de 2019, 02h30, EBS Dr Jaime Magalhães Lima, Esgueira - Aveiro
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
29 de janeiro de 2019, 13h20, Agrupamento de Escolas António Nobre, Porto
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
29 de janeiro de 2019, 10h00, Agrupamento de Escolas António Nobre, Porto
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
25 de janeiro de 2019, 10h30, Escola Secundária de Molelos, Tondela
Quem tramou a Inspetora Saltão? A prova e a narrativa construída da cena de crime ao tribunal 
Susana Costa
24 de janeiro de 2019, 13h00, Pombal
A invisibilidade e a exclusão social: o papel da representação midiática no estigma da deficiência
Marina de Faria
24 de janeiro de 2019, 11h30, Agrupamento de Escolas Figueira Mar - Escola Sec Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
24 de janeiro de 2019, 11h10, Pombal
A invisibilidade e a exclusão social: o papel da representação midiática no estigma da deficiência
Marina de Faria
24 de janeiro de 2019, 10h00, Escola secundária da Maia, Maia
Quem tramou a Inspetora Saltão? A prova e a narrativa construída da cena de crime ao tribunal 
Susana Costa
24 de janeiro de 2019, 08h00, Pombal
A invisibilidade e a exclusão social: o papel da representação midiática no estigma da deficiência
Marina de Faria
23 de janeiro de 2019, 14h00, Agrupamento de Escolas da Sé, Lamego
Quem tramou a Inspetora Saltão? A prova e a narrativa construída da cena de crime ao tribunal 
Susana Costa
22 de janeiro de 2019, 14h40, Escola Básica de Arazede - Agrupamento de Montemor-o-Velho, Arazede - Montemor-o-Velho
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
17 de janeiro de 2019, 11h00, Escola Secundária de Molelos, Tondela
A invisibilidade e a exclusão social: o papel da representação midiática no estigma da deficiência
Marina de Faria
17 de janeiro de 2019, 10h15, Esc. Sec. Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
17 de janeiro de 2019, 09h00, Escola Básica Infante D. Pedro, Penela, Penela
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
16 de janeiro de 2019, 10h30, Secundária Afonso Lopes Vieira, Leiria
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
10 de janeiro de 2019, 10h00, Agrupamento de Escolas João da Silva Correia, São João da Madeira
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
9 de janeiro de 2019, 11h30, Escola Secundária Arquitecto Oliveira Ferreira, Arcozelo, Vila Nova de Gaia
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
9 de janeiro de 2019, 10h30, Escola Secundária Arquitecto Oliveira Ferreira, Arcozelo, Vila Nova de Gaia
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
8 de janeiro de 2019, 15h00, Escola Secundária de Molelos, Tondela
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
8 de janeiro de 2019, 11h00, Escola Secundária de Molelos, Tondela
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
8 de janeiro de 2019, 10h00, Escola Secundária de Molelos, Tondela
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
8 de janeiro de 2019, 09h00, Escola Secundária de Molelos, Tondela
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
4 de janeiro de 2019, 10h45, Escola Secundária de Emídio Navarro, Viseu
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
4 de janeiro de 2019, 10h30, Básica Prof. Dr. Egas Moniz, Avanca
Quem tramou a Inspetora Saltão? A prova e a narrativa construída da cena de crime ao tribunal 
Susana Costa
4 de janeiro de 2019, 09h15, E.B 2,3 Ceira, Coimbra
Aprender com os espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
3 de janeiro de 2019, 11h50, AE Lima de Faria, Cantanhede
Muros e fronteiras: México - Estados Unidos 
Maria José Canelo e Inês Costa
3 de janeiro de 2019, 11h15, Básica Prof. dr. Egas Moniz, Avanca
Aprender com os espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
14 de dezembro de 2018, 10h30, Agrupamento de Escolas de Condeixa, Condeixa
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
14 de dezembro de 2018, 09h25, Agrupamento de Escolas de Condeixa, Condeixa
Sonho de Menina Conta...
Teresa Cunha, Ana Xambre, Cláudia Cambraia e Elaine Santos
13 de dezembro de 2018, 11h25, Agrupamento de Escolas de Condeixa a Nova (EB2 Condeixa), Condeixa
OFICINA “Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil”
Marta Araújo, Mariana Silva, Otto Figueiredo e Paula Silva
13 de dezembro de 2018, 10h30, Agrupamento de Escolas de Condeixa a Nova (EB2 Condeixa), Condeixa
OFICINA “Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil”
Marta Araújo, Mariana Silva, Otto Figueiredo e Paula Silva
12 de dezembro de 2018, 11h55, Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
12 de dezembro de 2018, 10h30, EB, ,2,3 Dr. João de Barros, Figueira da Foz
OFICINA “Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil”
Marta Araújo, Mariana Silva, Otto Figueiredo e Paula Silva
12 de dezembro de 2018, 10h10, Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
11 de dezembro de 2018, 15h30, EB 2,3 José Saraiva, Leiria
OFICINA “Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil”
Marta Araújo, Mariana Silva, Otto Figueiredo e Paula Silva
11 de dezembro de 2018, 14h45, EBI de Pereira, Pereira
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
11 de dezembro de 2018, 14h00, EB 2,3 José Saraiva, Leiria
OFICINA “Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil”
Marta Araújo, Mariana Silva, Otto Figueiredo e Paula Silva
11 de dezembro de 2018, 11h00, EB 2,3 José Saraiva, Leiria
OFICINA “Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil”
Marta Araújo, Mariana Silva, Otto Figueiredo e Paula Silva
10 de dezembro de 2018, 20h15, Agrupamento de Escolas Coimbra Centro - Escola Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
10 de dezembro de 2018, 15h25, Secundária Infanta D: Maria, Coimbra
OFICINA “Jogos de silêncio: escravatura, racismo e resistência em Portugal e no Brasil”
Marta Araújo, Mariana Silva, Otto Figueiredo e Paula Silva
10 de dezembro de 2018, 10h00, Escola Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
7 de dezembro de 2018, 08h45, Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
5 de dezembro de 2018, 10h35, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
4 de dezembro de 2018, 15h00, Escola Secundária de Gondomar, Gondomar
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
4 de dezembro de 2018, 09h15, Secundária Garcia de Orta, Porto
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
3 de dezembro de 2018, 10h00, Escola Básica e Secundária de Anadia, Anadia
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
22 de novembro de 2018, 15h15, EB 2,3 José Saraiva, Leiria
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
22 de novembro de 2018, 14h15, EB 2,3 José Saraiva, Leiria
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
12 de novembro de 2018, 14h30, Escola Secundária de Pombal, Pombal
Quem tramou a Inspetora Saltão? A prova e a narrativa construída da cena de crime ao tribunal 
Susana Costa

2017/2018


7 de maio de 2018, 14h00, Secundária de Carvalhos, Carvalhos - Vila Nova de Gaia
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
4 de maio de 2018, 14h00, Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior, São João da Madeira
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
27 de abril de 2018, 10h30, Agrupamento de Escolas de Condeixa- Escola secundária Fernando namora, Coimbra
O Exílio Português e a Resistência à Ditadura
Susana Martins
27 de abril de 2018, 08h30, Agrupamento de Escolas de Condeixa- Escola secundária Fernando Namora, Coimbra
O Exílio Português e a Resistência à Ditadura
Susana Martins
26 de abril de 2018, 15h00, Agrupamento de Escolas José Estêvão, Aveiro
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
24 de abril de 2018, 10h00, Secundária de Peniche, Peniche
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
23 de abril de 2018, 08h30, Escola Secundária José Falcão, Coimbra
Aprender com os espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
20 de abril de 2018, 10h20, EBS Dr Jaime de Magalhães Lima, Esgueira - Aveiro
O Exílio Português e a Resistência à Ditadura
Susana Martins
19 de abril de 2018, 10h45, Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade, Oleiros
A Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia: desafios sociais, políticos e jurídicos à sua implementação 
Marina Henriques
19 de abril de 2018, 10h30, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Histórias do “¬outro lado” da história
Maria Paula Meneses e Marisa Gonçalves
18 de abril de 2018, 02h00, Secundária Dr. Solano de Abreu, Abrantes
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
17 de abril de 2018, 02h25, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Histórias do “¬outro lado” da história
Maria Paula Meneses e Marisa Gonçalves
16 de abril de 2018, 15h25, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Histórias do “¬outro lado” da história
Maria Paula Meneses e Marisa Gonçalves
13 de abril de 2018, 14h30, Secundária Tomáz Pelayo, St.Tirso
Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio: As Guerras Coloniais e de Libertação.
Miguel Cardina, Albert Farré Ventura, Inês Nascimento Rodrigues, Vasco Martins e Verónica Ferreira
23 de março de 2018, 16h00, Escola Secundária Sá de Miranda, Braga
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
23 de março de 2018, 15h00, Escola Secundária Sá de Miranda, Braga
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
23 de março de 2018, 14h00, Escola Secundária Sá de Miranda, Braga
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
23 de março de 2018, 11h20, Escola Secundária Domingos Sequeira, Leiria
Direitos LGBT são Direitos Humanos’: ferramentas para combater a discriminação e a violência
Luciana Moreira Silva
23 de março de 2018, 10h20, Escola Secundária Domingos Sequeira, Leiria
Direitos LGBT são Direitos Humanos’: ferramentas para combater a discriminação e a violência
Luciana Moreira Silva
23 de março de 2018, 05h30, Escola Secundária Sá de Miranda, Braga
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
23 de março de 2018, 04h45, Escola Secundária Sá de Miranda, Braga
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
22 de março de 2018, 11h20, Escola Básica Integrada 1, 2, 3 da Bobadela, Bobadela
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
22 de março de 2018, 10h30, Básica e Secundária Oliveira Júnior, São João da Madeira
Histórias do “¬outro lado” da história
Maria Paula Meneses e Marisa Gonçalves
22 de março de 2018, 10h20, Escola Básica Integrada 1, 2, 3 da Bobadela, Bobadela
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
21 de março de 2018, 11h20, Secundária Avelar Brotero, Coimbra
Aprender com os espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
19 de março de 2018, 14h00, Biblioteca Municipal de Mêda e Agrupamento escolar de Mêda, Mêda
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
16 de março de 2018, 10h20, Agrupamento de Escolas de Arganil, Arganil
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
15 de março de 2018, 14h30, Secundária de Carvalhos, Carvalhos - Vila Nova de Gaia
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
14 de março de 2018, 16h00, Secundária de Pombal, Pombal
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
14 de março de 2018, 14h00, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio: As Guerras Coloniais e de Libertação.
Miguel Cardina, Albert Farré Ventura, Inês Nascimento Rodrigues, Vasco Martins e Verónica Ferreira
14 de março de 2018, 14h00, Secundária de Pombal, Pombal
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
14 de março de 2018, 13h10, Secundária de Pombal, Pombal
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
14 de março de 2018, 12h15, Secundária de Pombal, Pombal
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
13 de março de 2018, 14h00, Escola Secundaria Infanta Dona Maria, coimbra
Aprender com os espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
13 de março de 2018, 12h50, Secundária Viriato, Viseu
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
8 de março de 2018, 14h00, Agrupamento de escolas de Mira, Mira
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
1 de março de 2018, 10h00, Agrupamento de Escolas Martinho Árias, Soure
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
28 de fevereiro de 2018, 10h00, Alice Gouveia, Coimbra
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
23 de fevereiro de 2018, 10h00, Agrupamento de Escolas de Estarreja - E.B. 2,3 Prof Dr. Egas Moniz, Avanca - Estarreja
(In)Visibilidades na cena do crime e a construção das narrativas criminais
Susana Costa
22 de fevereiro de 2018, 24h05, Escola Secundária Dr.Manuel Fernandes, Abrantes
Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio: As Guerras Coloniais e de Libertação.
Miguel Cardina, Albert Farré Ventura, Inês Nascimento Rodrigues, Vasco Martins e Verónica Ferreira
22 de fevereiro de 2018, 10h00, Secundária de Peniche, Peniche
Vem explorar a tua voz para que com ela possas explorar o mundo
Filipa Lã
21 de fevereiro de 2018, 10h00, Secundária da Maia, Maia
(In)Visibilidades na cena do crime e a construção das narrativas criminais
Susana Costa
16 de fevereiro de 2018, 12h00, Agrupamento Escolas Coimbra Sul - EB 2,3 de Ceira, Coimbra
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
16 de fevereiro de 2018, 10h15, Agrupamento Escolas Coimbra Sul - EB 2,3 de Ceira, Coimbra
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
16 de fevereiro de 2018, 08h45, Agrupamento Escolas Coimbra Sul - EB 2,3 de Ceira, Coimbra
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
15 de fevereiro de 2018, 17h00, E. B. 2, 3 Marquês de Pombal, Pombal
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
15 de fevereiro de 2018, 15h00, E. B. 2, 3 Marquês de Pombal, Pombal
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
15 de fevereiro de 2018, 14h00, E. B. 2, 3 Marquês de Pombal, Pombal
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
15 de fevereiro de 2018, 12h00, E. B. 2, 3 Marquês de Pombal, Pombal
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
15 de fevereiro de 2018, 11h00, E. B. 2, 3 Marquês de Pombal, Pombal
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
15 de fevereiro de 2018, 10h00, Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo, Tondela
Vem explorar a tua voz para que com ela possas explorar o mundo
Filipa Lã
15 de fevereiro de 2018, 09h00, E. B. 2, 3 Marquês de Pombal, Pombal
Oficina de biodiversidade, saúde e mobilização social
Lúcia Fernandes e Rita Campos
31 de janeiro de 2018, 14h00, EBS DR. Jaime de Magalhães Lima, Esgueira- Aveiro
Juventude, precariedade e (des) emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
25 de janeiro de 2018, 14h30, Secundária de Carvalhos, Vila Nova de Gaia
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
25 de janeiro de 2018, 10h00, Escola Sec./3 Arquitecto Oliveira Ferreira, Arcozelo - Vila Nova de Gaia
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
24 de janeiro de 2018, 10h05, Escola Secundária Dr.Manuel Fernandes, Abrantes
A Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia: desafios sociais, políticos e jurídicos à sua implementação 
Marina Henriques
22 de janeiro de 2018, 12h30, E.B.2/3 José Saraiva, Leiria
Aprender com os espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
19 de janeiro de 2018, 13h45, Escola 2.3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
18 de janeiro de 2018, 10h55, Escola Secundária de Adolfo Portela, Águeda
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
18 de janeiro de 2018, 08h30, Escola Secundária de Adolfo Portela, Águeda
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
16 de janeiro de 2018, 11h55, Agrupamento de Escolas de Estarreja - E.B. 2,3 Prof Dr. Egas Moniz, Avanca - Estarreja
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
16 de janeiro de 2018, 10h15, Agrupamento de Escolas de Estarreja - E.B. 2,3 Prof Dr. Egas Moniz, Avanca - Estarreja
O conceito “Uma Saúde”: integrar diferentes disciplinas científicas para a promoção da saúde
Rita Campos
12 de janeiro de 2018, 10h55, Escola Secundária de Adolfo Portela, Águeda
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
11 de janeiro de 2018, 10h15, Agrupamento de Escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
10 de janeiro de 2018, 14h00, Agrupamento de Escolas de Pombal, Pombal
(In)Visibilidades na cena do crime e a construção das narrativas criminais
Susana Costa
9 de janeiro de 2018, 15h10, Agrupamento de Escolas de Estarreja - E.B. 2,3 Prof Dr. Egas Moniz, Avanca - Estarreja
Aprender com os espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
8 de janeiro de 2018, 10h45, Agrupamento escolas Ansião, Ansião
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
8 de janeiro de 2018, 09h30, Agrupamento escolas Ansião, Ansião
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
5 de janeiro de 2018, 14h00, Agrupamento de Escolas Lima de Faria, Cantanhede, Cantanhede
Muros e fronteiras: México - Estados Unidos 
Maria José Canelo e Inês Costa
3 de janeiro de 2018, 10h00, Agrupamento de Escolas de Condeixa- Escola secundária Fernando Namora, Coimbra
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
14 de dezembro de 2017, 10h00, DR. MANUEL FERNANDES, ABRANTES
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
13 de dezembro de 2017, 11h40, Escola Básica de Arazede - (Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho), ARAZEDE
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
12 de dezembro de 2017, 21h00, Secundária da Gafanha da Nazaré, Gafanha da Nazaré
(In)Visibilidades na cena do crime e a construção das narrativas criminais
Susana Costa
12 de dezembro de 2017, 20h00, Secundária da Gafanha da Nazaré, Gafanha da Nazaré
(In)Visibilidades na cena do crime e a construção das narrativas criminais
Susana Costa
12 de dezembro de 2017, 14h20, EB 2,3 José Saraiva, Leiria
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
12 de dezembro de 2017, 10h30, Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo, Tondela
Seremos todos iguais e livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
11 de dezembro de 2017, 14h00, Escola Secundária Domingos Rebelo (S. Miguel - Açores), Ponta delgada
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
11 de dezembro de 2017, 12h00, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
Deficiência e Incapacidade: das barreiras à emancipação social
Fernando Fontes
11 de dezembro de 2017, 10h00, Escola Secundária Domingos Rebelo (S. Miguel - Açores), Ponta delgada
A “Crise dos Refugiados” na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
7 de dezembro de 2017, 10h00, Secundária Soares Basto, Oliveira de Azeméis
A Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia: desafios sociais, políticos e jurídicos à sua implementação 
Marina Henriques
5 de dezembro de 2017, 14h00, Agrupamento de Escolas Coimbra Centro - Escola Secundária Jaime Cortesão, Coimbra
Vem explorar a tua voz para que com ela possas explorar o mundo
Filipa Lã

2016/2017


5 de junho de 2017, 10h00, Sec. Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
A Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia: direitos, liberdades e princípios em debate
Marina Henriques
20 de maio de 2017, 16h00, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
20 de maio de 2017, 14h00, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
20 de maio de 2017, 11h00, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
20 de maio de 2017, 09h25, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
19 de maio de 2017, 16h00, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
19 de maio de 2017, 14:00, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
19 de maio de 2017, 09h00, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
10 de maio de 2017, 10h00, Sec. Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
8 de maio de 2017, 15h05, Agrupamento de Escolas de Mira (EB2), Mira
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
8 de maio de 2017, 11h30, Agrupamento de Escolas de Mira (EB2), Mira
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
8 de maio de 2017, 09h30, Agrupamento de Escolas de Mira (EB2), Mira
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
8 de maio de 2017, 08h30, Agrupamento de Escolas de Mira (EB2), Mira
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
4 de maio de 2017, 10h00, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
2 de maio de 2017, 10h30, EB 2/3 de Arazede - (Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho), ARAZEDE
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão e Daniela Nascimento
28 de abril de 2017, 10h05, Escola Secundária Sá de Miranda, Braga
Crime, genética e investigação criminal 
Ana Filipa Queirós, Helena Machado, Filipe Santos, Marta Martins, Rafaela Granja e Sara Matos
27 de abril de 2017, 08h30, Escola Secundária Infanta Dona Maria, Coimbra
Muros e fronteiras: Estados Unidos - México
Maria José Canelo
20 de abril de 2017, 03h10, Secundária de Estarreja, Estarreja
Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul
Pedro Pereira Leite e Ana Fantasia
23 de março de 2017, 14h30, Escola Secundária Afonso Lopes Vieira, Leiria
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de março de 2017, 14h30, Agrupamento de Escolas de Mealhada, Escola Básica nº2 de Mealhada, Mealhada
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão e Daniela Nascimento
9 de março de 2017, 10h00, E.B. 2,3 Prof. Dr. Egas Moniz, Avanca
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
3 de março de 2017, 10h00, Escola Secundária de Estarreja, Estarreja
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
21 de fevereiro de 2017, 11h00, E S Marques de Castilho, Águeda
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
15 de fevereiro de 2017, 10h00, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de fevereiro de 2017, 16h00, Escola Básia e Secundária Pedro da Fonseca, Proença-a-Nova
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
9 de fevereiro de 2017, 12h00, Escola Secundária Francisco de Holanda, Guimarães
Aprender com os Espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
9 de fevereiro de 2017, 09h00, E S Marques de Castilho, Águeda
A tecnologia pode promover a cidadania ativa?
Giovanni Allegretti, Michelangelo Secchi, Isabel Ferreira e Sofia Antunes
8 de fevereiro de 2017, 22h00, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
A tecnologia pode promover a cidadania ativa?
Giovanni Allegretti, Michelangelo Secchi, Isabel Ferreira e Sofia Antunes
8 de fevereiro de 2017, 12h00, Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
7 de fevereiro de 2017, 15h40, Escola Básica de Pereira, coimbra
A tecnologia pode promover a cidadania ativa?
Giovanni Allegretti, Michelangelo Secchi, Isabel Ferreira e Sofia Antunes
7 de fevereiro de 2017, 15h30, Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
7 de fevereiro de 2017, 11h30, Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Oficina de ambiente: bom clima
Lúcia Fernandes e Paula Sequeiros
3 de fevereiro de 2017, 14h30, E S Marques de Castilho, Águeda
Muros e fronteiras: Estados Unidos - México
Maria José Canelo
1 de fevereiro de 2017, 10h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul
Pedro Pereira Leite e Ana Fantasia
1 de fevereiro de 2017, 10h00, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Muros e fronteiras: Estados Unidos - México
Maria José Canelo
27 de janeiro de 2017, 08h15, Agrupamento de Escola de Coimbra Centro, Coimbra.
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
26 de janeiro de 2017, 15h00, Secundária de Alberto Sampaio, Braga
Crime, genética e investigação criminal 
Ana Filipa Queirós, Helena Machado, Filipe Santos, Marta Martins, Rafaela Granja e Sara Matos
25 de janeiro de 2017, 16h00, Escola Secundária com 2.º e 3.º ciclo Fontes Pereira de Melo, Porto
Vem explorar a tua voz para que com ela possas explorar o mundo
Filipa Lã
24 de janeiro de 2017, 13h20, Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão, Viseu
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
19 de janeiro de 2017, 14h15, Escola Secundária de Estarreja, Estarreja
Aprender com os Espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
18 de janeiro de 2017, 14h00, Escola Secundária Infanta Dona Maria, Coimbra
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
18 de janeiro de 2017, 10h00, Secundária da Boa Nova - Leça da Palmeira, Leça da Palmeira
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
18 de janeiro de 2017, 02h30, Oliveira Júnior, S. João da Madeira
Aprender com os Espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
17 de janeiro de 2017, 09h00, Escola Secundária com 2.º e 3.º ciclo Fontes Pereira de Melo, Porto
A tecnologia pode promover a cidadania ativa?
Giovanni Allegretti, Michelangelo Secchi, Isabel Ferreira e Sofia Antunes
16 de janeiro de 2017, 15h00, Agrupamento de Escolas Martinho Árias de Soure, Soure
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
16 de janeiro de 2017, 11h00, Escola Secundária da Maia, Maia
Vem explorar a tua voz para que com ela possas explorar o mundo
Filipa Lã
16 de janeiro de 2017, 10h30, Escola Secundária com 2.º e 3.º ciclo Fontes Pereira de Melo, Porto
A tecnologia pode promover a cidadania ativa?
Giovanni Allegretti, Michelangelo Secchi, Isabel Ferreira e Sofia Antunes
16 de janeiro de 2017, 10h00, Escola Secundária da Maia, Maia
Vem explorar a tua voz para que com ela possas explorar o mundo
Filipa Lã
12 de janeiro de 2017, 10h00, Agrupamento de Escolas de Mealhada, Escola Básica nº2 de Pampilhosa, Mealhada
A voz dos cidadãos: oficinas de trabalho biográfico e transformação social
Elsa Lechner, Clara Keating e Olga Solovova
11 de janeiro de 2017, 14h00, Agrupamento de Escolas de Mealhada, Escola Básica nº2 de Mealhada, Mealhada
A voz dos cidadãos: oficinas de trabalho biográfico e transformação social
Elsa Lechner, Clara Keating e Olga Solovova
9 de janeiro de 2017, 10h00, Agrupamento de Escolas de Mealhada, Escola Secundária de Mealhada, Mealhada
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
6 de janeiro de 2017, 15h00, Colégio João de Barros, Meirinhas - Pombal
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
4 de janeiro de 2017, 14h30, Agrupamento Oliveira Júnior, S. João da Madeira
Aprender com os Espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
4 de janeiro de 2017, 14h30, E S Marques de Castilho, Águeda
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão e Daniela Nascimento
20 de dezembro de 2016, 10h30, Oliveira Júnior, S. João da Madeira
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
14 de dezembro de 2016, 15h00, Escola Básia e Secundária Pedro da Fonseca, Proença-a-Nova
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
13 de dezembro de 2016, 14h30, Escola Secundária Cristina Torres, Figueira da Foz
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
13 de dezembro de 2016, 14h00, Agrupamento de Escolas de Estarreja - E.B. 2,3 Prof. Dr. Egas Moniz, Avanca
Crime na Escola
Susana Costa
13 de dezembro de 2016, 10h15, Agrupamento de Escolas de Estarreja - E.B. 2,3 Prof. Dr. Egas Moniz, Avanca
Crime na Escola
Susana Costa
13 de dezembro de 2016, 10h00, Sec. dr. Bernardino Machado, Figueira da foz
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
13 de dezembro de 2016, 10h00, Agrupamento de Escolas de Mealhada, Escola Básica nº2 de Mealhada, Mealhada
A voz dos cidadãos: oficinas de trabalho biográfico e transformação social
Elsa Lechner, Clara Keating e Olga Solovova
13 de dezembro de 2016, 02h00, Agrupamento de Escolas de Mealhada, Escola Básica nº2 de Mealhada, Mealhada
A voz dos cidadãos: oficinas de trabalho biográfico e transformação social
Elsa Lechner, Clara Keating e Olga Solovova
12 de dezembro de 2016, 11h30, Sec. dr. Bernardino Machado, Figueira da foz
Crime na Escola
Susana Costa
9 de dezembro de 2016, 23h50, E. B. 2, 3 João de Meira - Guimarães, GUIMARÃES
Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul
Pedro Pereira Leite e Ana Fantasia
9 de dezembro de 2016, 15h00, Escola Básica e Secundária Pedro da Fonseca, Proença-a-Nova
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de dezembro de 2016, 10h00, Agrupamento nº 2 de Abrantes - Escola Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de dezembro de 2016, 10h00, Agrupamento de escolas da gafanha da nazaré, Gafanha da Nazaré
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
6 de dezembro de 2016, 11h45, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
5 de dezembro de 2016, 14h00, Rainha D. Isabel, Coimbra, Coimbra
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão e Daniela Nascimento
30 de novembro de 2016, 14h30, Agrupamento de Escolas de Pombal, Pombal
Democratização da democracia: além do voto para estender participação e justiça social
Cristiano Gianolla e Sofia Antunes
30 de novembro de 2016, 10h00, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Democratização da democracia: além do voto para estender participação e justiça social
Cristiano Gianolla e Sofia Antunes
29 de novembro de 2016, 14h30, Escola secundaria da gafanha da nazaré, Gafanha da Nazaré
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
29 de novembro de 2016, 10h30, Escola secundaria da gafanha da nazaré, Gafanha da Nazaré
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
28 de novembro de 2016, 09h00, E S Marques de Castilho, Águeda
A Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia: direitos, liberdades e princípios em debate
Marina Henriques
25 de novembro de 2016, 10h30, Agrupamento de Escolas da Murtosa - EB 2/3 e Secundário Padre António Morais da Fonseca, Murtosa
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
25 de novembro de 2016, 10h25, Agrupamento de Escolas de Pombal, Pombal
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão e Daniela Nascimento
22 de novembro de 2016, 15h00, E S Marques de Castilho, Águeda
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
22 de novembro de 2016, 14h30, Escola do Ensino Básico C/ Ensino Secundário José Falcão, Miranda do Corvo
A voz dos cidadãos: oficinas de trabalho biográfico e transformação social
Elsa Lechner, Clara Keating e Olga Solovova
22 de novembro de 2016, 11h45, Agrupamento de Escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
17 de novembro de 2016, 14h00, Sec. Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Democratização da democracia: além do voto para estender participação e justiça social
Cristiano Gianolla e Sofia Antunes
17 de novembro de 2016, 10h30, Agrupamento Oliveira Junior, S. João da Madeira
Democratização da democracia: além do voto para estender participação e justiça social
Cristiano Gianolla e Sofia Antunes
7 de novembro de 2016, 12h00, Agrupamento de Escolas de Mealhada, Escola Secundária de Mealhada, Mealhada
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão e Daniela Nascimento
7 de novembro de 2016, 10h40, Escola Básica de Pereira, coimbra
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão e Daniela Nascimento
7 de novembro de 2016, 10h00, Agrupamento de Escolas de Mealhada, Escola Básica nº2 de Mealhada, Mealhada
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão e Daniela Nascimento
2 de novembro de 2016, 10h00, Agrupamento de escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova

2015/2016


15 de abril de 2017, 10h00, Agrupamento de escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis
Aprender com os Espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
19 de maio de 2016, 14h00, Escola Secundária Domingos Sequeira, Leiria
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
19 de maio de 2016, 10h00, Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão, Santa Comba Dão
Crime na Escola
Susana Costa
12 de maio de 2016, 15h00, Escola Secundária da Maia, Maia
Objectivos de Desenvolvimento Sustentável: o que há de novo?"
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
12 de maio de 2016, 14h00, Escola Secundária de Adolfo Portela, águeda
Democratização da democracia: além do voto para estender participação e justiça social
Cristiano Gianolla e Sofia Antunes
12 de maio de 2016, 08h45, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Democratização da democracia: além do voto para estender participação e justiça social
Cristiano Gianolla e Sofia Antunes
12 de maio de 2016, 08h30, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Democratização da democracia: além do voto para estender participação e justiça social
Cristiano Gianolla e Sofia Antunes
10 de maio de 2016, 15h00, Agrupamento de Escolas de Estarreja, Estarreja
Aprender com os Espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
10 de maio de 2016, 14h30, Escola Secundária de Adolfo Portela, 0liveira do Bairro
As vozes femininas no Atlântico Negro. O que a arte e literatura podem oferecer
Fabrice Schurmans
9 de maio de 2016, 14h30, Escola Secundária Adolfo Portela, Águeda
O conflito sírio e as relações internacionais
Teresa Almeida Cravo
5 de maio de 2016, 14h00, agrupamento de escolas do Cerco, Porto
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
4 de maio de 2016, 10h00, Secundária da Maia, Maia-Porto
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
2 de maio de 2016, 10h00, Secundaria Infanta D. Maria, Coimbra
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
28 de abril de 2016, 12h00, Escola Secundária da Mealhada, Mealhada
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
27 de abril de 2016, 10h00, Escola Básica nº 2 da Pampilhosa, Pampilhosa
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
21 de abril de 2016, 14h00, Agrupamento de Escolas Dr. Mário Sacramento Aveiro, Aveiro
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
21 de abril de 2016, 10h00, Agrupamento de Escolas Dr. Mário Sacramento Aveiro, Aveiro
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
20 de abril de 2016, 10h00, Escola Secundária de Vale de Cambra, Coimbra
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
19 de abril de 2016, 11h50, Escola Secundária de Gondomar, Gondomar
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
19 de abril de 2016, 02h40, Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho, Montemor - o - Velho
Oficina da economia da abundância: mercados de trocas solidárias
Luciane Lucas dos Santos e Teresa Cunha
11 de abril de 2016, 10h00, Escola Secundária Mário Sacramento, Aveiro
Objectivos de Desenvolvimento Sustentável: o que há de novo?"
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
7 de abril de 2016, 11h30, Agrupamento Escolas Martinho Árias-Soure, FORMOSELHA- Montemor-o-Velho
Democratização da democracia: além do voto para estender participação e justiça social
Cristiano Gianolla e Sofia Antunes
5 de abril de 2016, 14h00, Escola Básica e Secundária Soares Basto, Oliveira de Azeméis
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
5 de abril de 2016, 10h00, Agrupamento de escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
4 de abril de 2016, 10h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Objectivos de Desenvolvimento Sustentável: o que há de novo?"
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
28 de março de 2016, 10h00, Escola Secundária da Mealhada, Mealhada
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
16 de março de 2016, 09h30, Oliveira Júnior, São João da Madeira
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
16 de março de 2016, 08h30, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro - Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
11 de março de 2016, 10h15, Escola Secundária D. Maria, Coimbra
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
11 de março de 2016, 10h00, Agrupamento de Escolas Infante D. Pedro, Penela, Penela
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
25 de fevereiro de 2016, 10h20, secundaria Garcia de Orta, Porto
Objectivos de Desenvolvimento Sustentável: o que há de novo?"
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
1 de fevereiro de 2016, 10h00, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Crime, genética e investigação criminal 
Ana Filipa Queirós, Helena Machado, Filipe Santos, Marta Martins, Rafaela Granja e Sara Matos
25 de janeiro de 2016, 19h00, Secundária Jaime Cortesão, Coimbra
Orçamento Participativo: um exercício lúdico de cidadania na escola
Giovanni Allegretti, Maria Andréa Luz da Silva, Neiara Morais e Sofia Antunes
25 de janeiro de 2016, 13h00, Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão, Santa Comba Dão
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
25 de janeiro de 2016, 10h30, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
25 de janeiro de 2016, 10h30, Agrupamento de escolas Oliveira Júnior, São João da Madeira
Orçamento Participativo: um exercício lúdico de cidadania na escola
Giovanni Allegretti, Maria Andréa Luz da Silva, Neiara Morais e Sofia Antunes
25 de janeiro de 2016, 09h00, secundaria Garcia de Orta, Porto
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
22 de janeiro de 2016, 12h00, Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
21 de janeiro de 2016, 10h15, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Tens direito a água potável?
Paula Duarte Lopes
15 de janeiro de 2016, 11h45, Escola Secundária Martinho Árias - Soure, Soure
Tens direito a água potável?
Paula Duarte Lopes
13 de janeiro de 2016, 02h00, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Os Desertores
Miguel Cardina
12 de janeiro de 2016, 15h30, Secundária da Boa Nova de Leça da Palmeira, Leça da Palmeira - Matosinhos
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
12 de janeiro de 2016, 15h25, Agrupamento de Escola Dr Ferreira da Silva, Cucujães
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
12 de janeiro de 2016, 14h00, Agrupamento de Escolas Dr. Ferreira da Silva, Cucujães - Oliveira de Azeméis
Objectivos de Desenvolvimento Sustentável: o que há de novo?"
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
12 de janeiro de 2016, 11h30, Secundária com 3.º CEB, Dr. Bernardino Machado (Agrupamento de Escolas Figueira Mar), Figueira da Foz
As vozes femininas no Atlântico Negro. O que a arte e literatura podem oferecer
Fabrice Schurmans
12 de janeiro de 2016, 09h30, Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão, Santa Comba Dão
Aprender com os Espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
12 de janeiro de 2016, 08h25, Escola Sec/3 Diogo de Macedo (Agrupamento de Escolas Diogo de Macedo), Olival VNG
Crime na Escola
Susana Costa
7 de janeiro de 2016, 15h00, Secundária de peniche, Peniche
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
7 de janeiro de 2016, 11h15, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
6 de janeiro de 2016, 11h15, Escola Secundária Infanta D. Maria, Coimbra
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
5 de janeiro de 2016, 14h30, Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes, Ílhavo
Crime, genética e investigação criminal 
Ana Filipa Queirós, Helena Machado, Filipe Santos, Marta Martins, Rafaela Granja e Sara Matos
4 de janeiro de 2016, 08h30, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro - Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Oliveira do Bairro
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
17 de dezembro de 2015, 10h10, Básica e Secundária à Beira Douro - Medas, Medas Gondomar
Crime na Escola
Susana Costa
17 de dezembro de 2015, 10h00, Escola Básica e Secundária Oliveira júnior, S. João da Madeira
Crime, genética e investigação criminal 
Ana Filipa Queirós, Helena Machado, Filipe Santos, Marta Martins, Rafaela Granja e Sara Matos
16 de dezembro de 2015, 10h15, Agrupamento de Escolas de Ansião, Anião
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
16 de dezembro de 2015, 08h30, Escola Secundária Infanta D. Maria, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
14 de dezembro de 2015, 17h00, Agrupamento de Escolas da Mealhada (Escola Básica nº 2 da Mealhada), Mealhada
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
14 de dezembro de 2015, 15h30, Agrupamento de Escolas da Mealhada (Escola Básica nº 2 da Mealhada), Mealhada
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
14 de dezembro de 2015, 14h30, Agrupamento de Escolas da Mealhada (Escola Básica nº 2 da Mealhada), Mealhada
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
14 de dezembro de 2015, 14h00, Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, Carregal do Sal
Aprender gramáticas da dignidade humana: para uma escola geradora de justiça cognitiva e social
Adriano Moura
11 de dezembro de 2015, 16h30, Agrupamento de Escolas da Mealhada (Escola Básica nº 2 da Mealhada), Mealhada
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
11 de dezembro de 2015, 12h00, Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
11 de dezembro de 2015, 10h00, Agrupamento de escolas de Penacova - Escola Sede, Penacova
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
11 de dezembro de 2015, 09h00, Escola Básica Rainha Santa Isabel, Coimbra
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
11 de dezembro de 2015, 03h30, Agrupamento de Escolas da Mealhada (Escola Básica nº 2 da Mealhada), Mealhada
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
11 de dezembro de 2015, 02h30, Agrupamento de Escolas da Mealhada (Escola Básica nº 2 da Mealhada), Mealhada
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
10 de dezembro de 2015, 16h30, Escola Básica da Pampilhosa - Agrupamento de Escolas da Mealhada, Pampilhosa
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
10 de dezembro de 2015, 15h30, Escola Básica da Pampilhosa - Agrupamento de Escolas da Mealhada, Pampilhosa
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
10 de dezembro de 2015, 15h15, Agrupamento de Escolas Figueira Mar - Escola Sec. Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
10 de dezembro de 2015, 14h30, Escola Básica da Pampilhosa - Agrupamento de Escolas da Mealhada, Pampilhosa
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
10 de dezembro de 2015, 10:30, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
10 de dezembro de 2015, 10h00, Escola Secundaria João Gonçalves Zarco, Avenida Villagarcia de Arosa, Matosinhos
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
9 de dezembro de 2015, 10h00, Básica e Secundária Oliveira Júnior, S. João da Madeira
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
7 de dezembro de 2015, 15h30, Agrupamento de Escolas de Mealhada- Escola básica nº2 de Mealhada, Mealhada
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
7 de dezembro de 2015, 10h45, Secundária Marques de Castilho, Águeda
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
3 de dezembro de 2015, 14h40, Escola Secundária Viriato, Viseu
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
3 de dezembro de 2015, 14h00, Agrupamento de Escolas de Pombal, Pombal
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
3 de dezembro de 2015, 14h00, Secundária Marques de Castilho, Águeda
O conflito sírio e as relações internacionais
Teresa Almeida Cravo
3 de dezembro de 2015, 10h00, Escola Secundária Viriato, Viseu
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
27 de novembro de 2015, 12h00, Agrupamento de Escolas Dr. Ferreira da Silva, Cucujães - Oliveira de Azeméis
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
27 de novembro de 2015, 11h45, Escola Secundária Martinho Árias - Soure, Soure
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
26 de novembro de 2015, 18h30, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
26 de novembro de 2015, 17h30, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
26 de novembro de 2015, 16h30, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
26 de novembro de 2015, 09h30, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Aprender com os Espaços
Gonçalo Canto Moniz e Carolina Ferreira
26 de novembro de 2015, 03h30, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
26 de novembro de 2015, 02h30, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
Olhando os “outros” e nos vendo: debater o racismo através da análise de ilustrações de manuais escolares de história (Brasil e Portugal)
Luciane Ribeiro Dias Gonçalves, Marta Araújo e Silvia Rodríguez Maeso
23 de novembro de 2015, 10h10, Escola Secundária Júlio Dinis, Ovar
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
19 de novembro de 2015, 11h30, Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, Figueira da Foz
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
19 de novembro de 2015, 11h00, Escola Secundária Adolfo Portela, Agueda
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
18 de novembro de 2015, 11h15, Agrupamento de Escolas de Pombal, Pombal
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
17 de novembro de 2015, 10h00, Agrupamento Escolas Marquês Marialva Cantanhede, Cantanhede
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
12 de novembro de 2015, 10h00, escola secundária de Soure (Agrupamento de Escolas Martinho Árias - Soure), Soure
A União Europeia, as fronteiras e a problemática dos refugiados
Licínia Simão
11 de novembro de 2015, 10h15, Agrupamento de Escolas Dr. Ferreira da Silva, Cucujães - Oliveira de Azeméis
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
3 de novembro de 2015, 11h00, Escola Secundária Viriato, Abraveses, Viseu
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
22 de outubro de 2015, 10h15, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
A Crise dos Refugiados na Europa e as mobilidades transnacionais
Carlos Nolasco, Elsa Lechner, Joana Sousa Ribeiro e Olga Solovova
11 de outubro de 2015, 09h30, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Crime na Escola
Susana Costa

2014/2015


22 de maio de 2015, 12h00, Escola EB 2, 3 e Secundário Padre António Morais da Fonseca, Murtosa
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
21 de maio de 2015, 12h00, Escola Secundária Infanta Dona Maria, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
15 de maio de 2015, 10h30, Agrupamento de Escolas D. Dinis, Santo Tirso
CSI à Portuguesa
Susana Costa
15 de maio de 2015, 08h30, Agrupamento de Escolas D. Dinis, Santo Tirso
CSI à Portuguesa
Susana Costa
13 de maio de 2015, 12h00, Agrupamento de escolas de Esgueira, Esgueira- Aveiro
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
13 de maio de 2015, 10h00, Agrupamento de escolas de Esgueira, Esgueira- Aveiro
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
13 de maio de 2015, 08h30, Agrupamento de Escolas de Mealhada - Escola Básica Nº2 da Pampilhosa, Pampilhosa do Botão
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
8 de maio de 2015, 14h00, Escola Secundária Adolfo Portela, Águeda
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
8 de maio de 2015, 10h00, Escola Básica Vale Aveiras, Aveiras de Cima - Azambuja
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
5 de maio de 2015, 10h30, Colégio José Álvaro Vidal/ Fundação CEBI, Alverca do Ribatejo
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
4 de maio de 2015, 11h45, Escola Secundária de Soure, Soure
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
4 de maio de 2015, 10h00, Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo, Leiria
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
23 de abril de 2015, 24h05, Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
A CIDADE MÚLTIPLA: O desenvolvimento sustentável das cidades numa perspectiva multidisciplinar
António Olaio, Cláudia Pato de Carvalho, Luísa Trindade e João Paulo Cardielos
23 de abril de 2015, 14h00, Básica nº 2 da Pampilhosa do Agrupamento de Escolas da Mealhada, Pampilhosa
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
22 de abril de 2015, 15h00, Nº2 da Pampilhosa do Agrupamento de Escolas da Mealhada, Pampilhosa do Botão
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
22 de abril de 2015, 10h00, Escola Secundária de Monserrate, Viana do Castelo
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
22 de abril de 2015, 03h15, Escola Secundária de Sta. Maria Maior, Viana do Castelo
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
21 de abril de 2015, 15h00, Agrupamento de Escolas do Monte da Ola, Viana do Castelo
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
20 de abril de 2015, 10h00, Escola Secundária de Gondomar - Agrupamento de Escolas n.º1 de Gondomar, Gondomar
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
14 de abril de 2015, 09h30, Escola Secundária Adolfo Portela, Águeda
Economias Solidárias
Teresa Cunha
13 de abril de 2015, 14h05, Agrupamento Escolas Martinho Árias-Soure, Soure
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
13 de abril de 2015, 09h30, Escola Básica Integrada de Pereira - Agrupamento de escolas de Montemor-o-Velho, coimbra
Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul
Pedro Pereira Leite
9 de abril de 2015, 10h15, Escola Secundária Adolfo Portela, Águeda
A CIDADE MÚLTIPLA: O desenvolvimento sustentável das cidades numa perspectiva multidisciplinar
António Olaio, Cláudia Pato de Carvalho, Luísa Trindade e João Paulo Cardielos
8 de abril de 2015, 14h30, Escola Secundária da Boa Nova - Leça da Palmeira, Leça da Palmeira
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
8 de abril de 2015, 12h00, Escola Secundária da Boa Nova - Leça da Palmeira, Leça da Palmeira
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
20 de março de 2015, 10h00, Escola Secundária da Maia, Maia
A CIDADE MÚLTIPLA: O desenvolvimento sustentável das cidades numa perspectiva multidisciplinar
António Olaio, Cláudia Pato de Carvalho, Luísa Trindade e João Paulo Cardielos
19 de março de 2015, 15h00, Agrupamento Escolas de Cister, Alcobaça
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
19 de março de 2015, 11h00, Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz, Figueira dab Foz
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
18 de março de 2015, 16h30, Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha, Albergaria-a-Velha
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
18 de março de 2015, 10h25, Agrupamento de Escolas da Sertã, Sertã
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
17 de março de 2015, 11h15, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
16 de março de 2015, 12h00, Escola Secundária C/3ºCiclo do Ensino Básico Pinhal do Rei, Marinha Grande (Leiria)
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
13 de março de 2015, 15h30, Agrupamento de Escolas de Mêda, Mêda
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
13 de março de 2015, 14h30, Agrupamento de Escolas de Mêda, Mêda
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
13 de março de 2015, 04h30, Agrupamento de Escolas de Mêda, Mêda
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
12 de março de 2015, 10h15, Secundária Infanta Dona Maria, Coimbra
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
10 de março de 2015, 15h00, Escola secundária de Peniche, Peniche
Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul
Pedro Pereira Leite
9 de março de 2015, 10h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
6 de março de 2015, 11h45, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
5 de março de 2015, 15h15, Secundária Infanta Dona Maria, Coimbra
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
4 de março de 2015, 15h40, Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, Oliveira do Hospital
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
28 de fevereiro de 2015, 14h30, Escola Dr. João das Regras, Lourinhã
Orçamento Participativo: um exercício lúdico de cidadania na escola
Giovanni Allegretti, Maria Andréa Luz da Silva, Neiara Morais e Sofia Antunes
27 de fevereiro de 2015, 11h45, Escola Secundária de Peniche, Peniche
A CIDADE MÚLTIPLA: O desenvolvimento sustentável das cidades numa perspectiva multidisciplinar
António Olaio, Cláudia Pato de Carvalho, Luísa Trindade e João Paulo Cardielos
27 de fevereiro de 2015, 10h30, Escola Básica de Fãnzeres- Agrupamentos de Escolas de Santa Bárbara, Fânzeres
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
27 de fevereiro de 2015, 10h00, Escola Básica Eugénio de Castro, Coimbra
Economias Solidárias
Teresa Cunha
26 de fevereiro de 2015, 10h00, Escola Secundária Adolfo Portela, Águeda
Economias Solidárias
Teresa Cunha
25 de fevereiro de 2015, 10h15, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
25 de fevereiro de 2015, 10h00, Secundária da Maia, Maia
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
24 de fevereiro de 2015, 10h00, Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra
O que esconde o armário? Cidadania íntima e modelos não convencionais de viver a intimidade
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Beatrice Gusmano, Hélia Santos, Luciana Moreira Silva, Pablo Pérez Navarro e Tatiana Motterle
19 de fevereiro de 2015, 02h30, Agrupamento de Escolas de Mealhada - Escola Básica nº2 da Pampilhosa, Pampilhosa
Migrações Internacionais - os fluxos migratórios dos jogadores de futebol
Carlos Nolasco
12 de fevereiro de 2015, 10h15, Escola Básica e secundária Quinta das Flores, Coimbra
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
11 de fevereiro de 2015, 10h45, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul
Pedro Pereira Leite
10 de fevereiro de 2015, 15h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
10 de fevereiro de 2015, 10h30, Agrupamento de Escolas de Sardoal, Sardoal
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
3 de fevereiro de 2015, 11h50, Secundária de Viriato, Viseu
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
29 de janeiro de 2015, 09h00, Secundária Garcia de Orta, Foz - Porto
A CIDADE MÚLTIPLA: O desenvolvimento sustentável das cidades numa perspectiva multidisciplinar
António Olaio, Cláudia Pato de Carvalho, Luísa Trindade e João Paulo Cardielos
28 de janeiro de 2015, 08h30, Agrupamento de Escolas de Mealhada- EB2,3 de Mealhada, Coimbra
Migrações Internacionais - os fluxos migratórios dos jogadores de futebol
Carlos Nolasco
26 de janeiro de 2015, 03h05, Secundária de Albergaria-a-Velha, Albergaria-a-Velha
CSI à Portuguesa
Susana Costa
23 de janeiro de 2015, 10h10, Escola Secundária José Loureiro Botas, Vieira de Leiria
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
22 de janeiro de 2015, 15h00, Escola Básica de Montemor-o-Velho, Montemor-o-Velho
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
21 de janeiro de 2015, 10h15, Agrupamento de Escolas Serafim Leite, São João da Madeira
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
19 de janeiro de 2015, 14h30, Escola Secundária D.ª Inês de Castro, Alcobaça
CSI à Portuguesa
Susana Costa
19 de janeiro de 2015, 10h30, Externato Cooperativo da Benedita, Benedita
CSI à Portuguesa
Susana Costa
15 de janeiro de 2015, 15h15, Infanta Dona Maria, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
14 de janeiro de 2015, 12h00, Secundária Infanta D. Maria, Coimbra
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
12 de janeiro de 2015, 15h25, Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro, Coimbra
Deficiência e direitos humanos: do preconceito à emancipação social
Fernando Fontes
12 de janeiro de 2015, 14h15, Agrupamento de Escolas da Mealhada - Escola Básica Nº2 da Pampilhosa, Pampilhosa
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
12 de janeiro de 2015, 10h00, Agrupamento Escolas Martinho Árias-Soure, FORMOSELHA- Montemor-o-Velho
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
9 de janeiro de 2015, 10h00, Escola Secundária João Gonçalves Zarco, Matosinhos, Avenida Vilagarcia de Arosa
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
7 de janeiro de 2015, 14h30, Escola Básica e Secundária do Padrão da Légua, R. dos Fogueteiros, Custóias - Matosinhos
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
7 de janeiro de 2015, 11h00, Escola Secundária Adolfo Portela, Águeda
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
7 de janeiro de 2015, 08h30, Agrupamento de Escolas de Mealhada- EB2,3 de Mealhada, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
6 de janeiro de 2015, 15h15, Escola Secundária de Lima-de-Faria, Cantanhede
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
5 de janeiro de 2015, 11h45, Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheirto, Caldas da Rainha
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
5 de janeiro de 2015, 10h30, Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheirto, Caldas da Rainha
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
15 de dezembro de 2014, 10h00, Agrupamento de escola de Martim de Freitas, Coimbra
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
10 de dezembro de 2014, 11h40, Escola Secundária de Peniche, Peniche
A CIDADE MÚLTIPLA: O desenvolvimento sustentável das cidades numa perspectiva multidisciplinar
António Olaio, Cláudia Pato de Carvalho, Luísa Trindade e João Paulo Cardielos
9 de dezembro de 2014, 10h15, Escola Secundária João Gonçalves Zarco, Matosinhos, Avenida Vilagarcia de Arosa
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
3 de dezembro de 2014, 02h30, Gomes Teixeira, Porto
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
2 de dezembro de 2014, 15h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência com base na homofobia e transfobia
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Luciana Moreira Silva, Beatrice Gusmano, Pablo Pérez Navarro, Tatiana Motterle e Hélia Santos
1 de dezembro de 2014, 11h50, Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência com base na homofobia e transfobia
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Luciana Moreira Silva, Beatrice Gusmano, Pablo Pérez Navarro, Tatiana Motterle e Hélia Santos
1 de dezembro de 2014, 10h10, Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência com base na homofobia e transfobia
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Luciana Moreira Silva, Beatrice Gusmano, Pablo Pérez Navarro, Tatiana Motterle e Hélia Santos
26 de novembro de 2014, 14h00, Secundária da Sertã
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
26 de novembro de 2014, 10h00, Secundária Infanta D. Maria, Coimbra
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
21 de novembro de 2014, 14h00, Escola Secundária Adolfo Portela, Águeda
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
21 de novembro de 2014, 10h10, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Quando o sonho americano é interrompido. O impacto da deportação na vida dos imigrantes
Katia Cardoso
18 de novembro de 2014, 15h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Igualdade não é (só) assunto de mulheres...
Sílvia Roque e Teresa Maneca Lima
14 de novembro de 2014, 14h45, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
12 de novembro de 2014, 10h10, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul
Pedro Pereira Leite
6 de novembro de 2014, 14h00, Básica de Montemor-o-Velho, Montemor-o-Velho
Economias Solidárias
Teresa Cunha
27 de outubro de 2014, 15h10, Esc Secundária Dr Mario Sacramento, Aveiro
Quando o sonho americano é interrompido. O impacto da deportação na vida dos imigrantes
Katia Cardoso
27 de outubro de 2014, 13h30, Esc Secundária Dr Mario Sacramento, Aveiro
Quando o sonho americano é interrompido. O impacto da deportação na vida dos imigrantes
Katia Cardoso
24 de outubro de 2014, 12h00, E.B.S. Dr. Ferreira da Silva, Cucujães, Oliveira de Azeméis
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
20 de abril de 2014, 14h25, EB de Eugénio de Castro, Coimbra
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
2 de março de 2014, 14h00, Agrupamento de Escolas de Santa Bárbara, Fânzeres (Gondomar)
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
2 de março de 2014, 12h30, Agrupamento de Escolas de Santa Bárbara, Fânzeres (Gondomar)
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
2 de março de 2014, 11h30, Agrupamento de Escolas de Santa Bárbara, Fânzeres (Gondomar)
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
2 de março de 2014, 10h30, Agrupamento de Escolas de Santa Bárbara, Fânzeres (Gondomar)
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
2 de março de 2014, 09h30, Agrupamento de Escolas de Santa Bárbara, Fânzeres (Gondomar)
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
24 de fevereiro de 2014, 10h00, Escola Secundária Camões, Lisboa
Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul
Pedro Pereira Leite
13 de fevereiro de 2014, 12h00, Secundária Infanta D. Maria, Coimbra
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência com base na homofobia e transfobia
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Luciana Moreira Silva, Beatrice Gusmano, Pablo Pérez Navarro, Tatiana Motterle e Hélia Santos

2013/2014


12 de junho de 2014, 02h00, Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal (ACAPO), Coimbra
Deficiência, Corpo e Exclusão Social
Bruno Sena Martins, Marcia Moraes, Lia Paiva e Maria Rita Campello
5 de junho de 2014, 10h00, Agrupamento de Escolas da Mealhada, Escola nº2 de Pampilhosa, Pampilhosa
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
29 de maio de 2014, 14h30, Agrupamento Escolas Albergaria a Velha, Albergaria a Velha
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
29 de maio de 2014, 10h00, Escola Secundária Jorge Peixinho, Quinta do Anjo
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
21 de maio de 2014, 10h00, secundária infanta d. maria, coimbra
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
21 de maio de 2014, 08h30, Básica Eugénio de Castro, Coimbra
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
8 de maio de 2014, 08h30, Básica Eugénio de Castro, Coimbra
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
7 de maio de 2014, 10h00, Agrupamento de Escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
4 de maio de 2014, 14h00, EB 2/3 de Arazede - Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho, Arazede - Montemor-o-Velho
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
2 de maio de 2014, 14h00, Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo, Leiria
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
2 de maio de 2014, 11h25, EB 2/3 de Arazede - Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho, Arazede - Montemor-o-Velho
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
30 de abril de 2014, 10h00, Agrupamento escolas Martinho Árias - Soure, Soure
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
30 de abril de 2014, 09h00, Secundária Marques de Castilho, Águeda
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência com base na homofobia e transfobia
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos e Luciana Moreira Silva
29 de abril de 2014, 14h00, Colégio Bissaya Barreto, Bencanta - Coimbra
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
29 de abril de 2014, 10h20, Escola Secundária D. Duarte, Coimbra
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
28 de abril de 2014, 10h30, 2/3 Jorge de Montemor, Montemor-o-Velho
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
28 de abril de 2014, 10h00, 2/3 Drº José Santos Bessa - Carapinheira, Carapinheira - Montemor-o-Velho
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
28 de abril de 2014, 02h30, 2/3 Jorge de Montemor, Montemor
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
24 de abril de 2014, 14h00, 2/3 Drº José Santos Bessa - Carapinheira, Carapinheira - Montemor-o-Velho, Montemor-o-Velho
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
24 de abril de 2014, 10h15, Instituto Pedro Hispano, Granja do Ulmeiro, Soure
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
23 de abril de 2014, 14h45, Secundária Marques de Castilho, Águeda
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
23 de abril de 2014, 10h00, Escola Secundária Adolfo Portela, Águeda
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
4 de abril de 2014, 15h00, Biblioteca Municipal de Mêda/ Agrupamento de Escolas de Meda, Meda
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
4 de abril de 2014, 14h00, Biblioteca Municipal de Mêda/ Agrupamento de Escolas de Meda, Mêda
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
4 de abril de 2014, 11h00, Biblioteca Municipal de Mêda/ Agrupamento de > Escolas de Meda, Mêda., Meda
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
3 de abril de 2014, 14h00, Agrupamento de escolas de montemor-o-velho, Montemor-o-velho
CSI à Portuguesa
Susana Costa
3 de abril de 2014, 10h00, Agrupamento de Escolas da Sertã, Sertã
Migrações Internacionais - os fluxos migratórios dos jogadores de futebol
Carlos Nolasco
28 de março de 2014, 16h00, Escola Secundária de Estarreja (Agrupamento), Estarreja, Estarreja
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência com base na homofobia e transfobia
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos e Luciana Moreira Silva
26 de março de 2014, 14h00, Agrupamento de Escolas Martinho Árias - Soure, Soure
Tráfico laboral em Portugal: desafios e direitos
Elisabete Pessanha e Madalena Duarte
25 de março de 2014, 14h00, Agrupamento de Escolas Martinho Árias - Soure, Soure
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
24 de março de 2014, 15h00, Escola Secundária de Estarreja (Agrupamento), Estarreja
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência com base na homofobia e transfobia
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos e Luciana Moreira Silva
20 de março de 2014, 10h20, Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
Igualdade em diálogo
Mónica Lopes e Sara Portovedo
12 de março de 2014, 11h00, Agrupamento de Escolas da Murtosa, Murtosa
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
10 de março de 2014, 14h30, Escola Secundária de Pombal (Agrupamento de Escolas de Pombal), Pombal
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
26 de fevereiro de 2014, 10h00, Escola Secundária de Pombal (Agrupamento de Escolas de Pombal), Pombal
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
21 de fevereiro de 2014, 10h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
13 de fevereiro de 2014, 17h00, Escola E. B. 2, 3 Marquês de Pomba, Pombal
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
13 de fevereiro de 2014, 16h00, Escola E. B. 2, 3 Marquês de Pomba, Pombal
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
13 de fevereiro de 2014, 15h00, Escola E. B. 2, 3 Marquês de Pomba, Pombal
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
13 de fevereiro de 2014, 12h00, Escola E. B. 2, 3 Marquês de Pomba, Pombal
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
13 de fevereiro de 2014, 11h00, Escola E. B. 2, 3 Marquês de Pomba, Pombal
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
13 de fevereiro de 2014, 10h00, Escola E. B. 2, 3 Marquês de Pombal, Pombal
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
13 de fevereiro de 2014, 8h25 - 16h55, Escola E. B. 2, 3 Marquês de Pombal, Pombal
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
13 de fevereiro de 2014, 00h00, Escola E. B. 2, 3 Marquês de Pomba, Pombal
Oficina de ambiente: uma teia de relações
Lúcia de Oliveira Fernandes e Lays Paes e Silva
4 de fevereiro de 2014, 14h00, Secundária Infanta D. Maria, Coimbra, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
4 de fevereiro de 2014, 10h15, Secundária Infanta Dona Maria, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
29 de janeiro de 2014, 14h45, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
23 de janeiro de 2014, 14h00, Agrupamento de Escola de Oliveira de Frades, Oliveira de Frades
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
22 de janeiro de 2014, 14h45, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Tráfico laboral em Portugal: desafios e direitos
Elisabete Pessanha e Madalena Duarte
21 de janeiro de 2014, 15h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
20 de janeiro de 2014, 14h00, Escola dos 2º e 3º Ciclos com Sec. Padre António Morais Fonseca, Murtosa
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
15 de janeiro de 2014, 14h45, Secundária MArques de Castilho, Águeda
"Problema" meu? Mulheres, deficiência e estigma
Ana Cristina Santos, Ana Lúcia Santos, Bruno Sena Martins, Cláudia Nogueira e Fernando Fontes
14 de janeiro de 2014, 14h30, Martinho Árias - Soure, Soure
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
8 de janeiro de 2014, 10h00, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Daniela Nascimento e Paula Duarte Lopes
8 de janeiro de 2014, 02h00, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
13 de dezembro de 2013, 15h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
13 de dezembro de 2013, 12h00, Sec. Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
11 de dezembro de 2013, 14h00, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Tráfico laboral em Portugal: desafios e direitos
Elisabete Pessanha e Madalena Duarte
11 de dezembro de 2013, 10h00, Martinho Árias - Soure, Soure
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
10 de dezembro de 2013, 15h25, Secundária Infanta D. Maria, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de dezembro de 2013, 14h30, Agrupamento de Escola Martim de Freitas, Coimbra
Igualdade em diálogo
Mónica Lopes e Sara Portovedo
9 de dezembro de 2013, 14h00, 3º ciclo e Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Igualdade em diálogo
Mónica Lopes e Sara Portovedo
3 de dezembro de 2013, 14h00, Agrupamento de Escolas Finisterra, Cantanhede, Cantanhede, Cantanhede
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
3 de dezembro de 2013, 02h00, Agrupamento de Escolas Finisterra, Cantanhede, Cantanhede
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
2 de dezembro de 2013, 10h00, Agrupamento de escolas do cerco, Porto
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
28 de novembro de 2013, 14h00, Escola Secundária D. Duarte - Agrupamento de Escolas Coimbra Oeste, Coimbra
Migrações Internacionais - os fluxos migratórios dos jogadores de futebol
Carlos Nolasco
28 de novembro de 2013, 11h50, Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
Quando o sonho americano é interrompido. O impacto da deportação na vida dos imigrantes
Katia Cardoso
27 de novembro de 2013, 14h45, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
22 de novembro de 2013, 10h00, Escola Secundária de Peniche, Av. 25 de Abril 2520-202 Peniche
As vozes femininas no Atlântico Negro. O que a arte e literatura podem oferecer
Fabrice Schurmans
20 de novembro de 2013, 14h45, Secundária Marques de Castilho, Águeda
Igualdade em diálogo
Mónica Lopes e Sara Portovedo
20 de novembro de 2013, 10h00, Secundária Garciade Orta, Porto
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
19 de novembro de 2013, 15h00, Escola Secundária de Peniche, Peniche
Os caminhos de Alice e as alternativas para a Europa. Aprender e transformar a partir das inovações sociais e da diversidade do mundo
Boaventura de Sousa Santos, Alice Cruz, Aline Mendonça, Antoni Jesús Aguiló, Bruno Sena Martins, Catarina Antunes Gomes, Cecília MacDowell Santos, Cristiano Gianolla, Dhruv Pande, Élida Lauris, Eva Maria Garcia Chueca, Francisco Freitas, José Luis Exeni, José Manuel Mendes, Julia Suárez-Krabbe, Luciane Lucas dos Santos, Mara Bicas, Maurício Hashizume, Maria Paula Meneses, Raúl Fernández, Sara Araújo, Teresa Cunha e Tshepo Madlingozi
12 de novembro de 2013, 10h00, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
31 de outubro de 2013, 08h30, Escola Profissional Raul Dória, Porto
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
22 de outubro de 2013, 14h00, Escola Profissional Raul Dória, Porto
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
14 de março de 2013, 11h30, Secundária Oliveira Junior, S.João da Madeira
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia

2012/2013


5 de julho de 2013, 11h50, Eb 2,3 c/ Sec José Falcão, Miranda do Corvo
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Paula Duarte Lopes e Daniela Nascimento
5 de junho de 2013, 14h00, Agrupamento de Escolas de Miranda do Corvo, Miranda do Corvo
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Paula Duarte Lopes e Daniela Nascimento
27 de maio de 2013, 14h30, Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha, Albergaria-a-Velha
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
17 de maio de 2013, 10h00, Escola secundária Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
15 de maio de 2013, 14h00, Escola Secundária Marques de Castilho, Águeda
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
15 de maio de 2013, 08h25, Secundária José Estêvão, Aveiro
Minas a explodir nos substantivos": poesia da guerra colonial
Margarida Calafate Ribeiro, Luciana Moreira Silva, Hélia Santos e Mónica Silva
10 de maio de 2013, 14h00, Agrupamento de Escolas Coimbra Centro - Escola Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
9 de maio de 2013, 14h30, Escola Secundária Marques de Castilho, Águeda
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Paula Duarte Lopes e Daniela Nascimento
9 de maio de 2013, 10h00, Agrupamento de escolas de Castelo de Paiva, Castelo de Paiva
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
8 de maio de 2013, 14h00, Colégio Bissaya Barreto, Coimbra
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
7 de maio de 2013, 03h30, Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes, Abrantes
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
26 de abril de 2013, 10h00, Escola Secundária C/3 Ciclo do Ensino Básico Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
24 de abril de 2013, 14h00, Escola Secundária Marques de Castilho, Águeda
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
24 de abril de 2013, 11h00, Escola Secundária C/3 Ciclo do Ensino Básico Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
24 de abril de 2013, 10h30, Escola Secundária de Montemor- o-Velho, Montemor-o-Velho
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
22 de abril de 2013, 10h30, EBI de Pereira, Montemor-o-Velho
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
17 de abril de 2013, 14h00, Escola Secundária Marques de Castilho, Águeda
Ciências Sociais e Humanidades: uma introdução
Carlos Nolasco
16 de abril de 2013, 12h00, Secundária Infanta D. maria, Coimbra
Migrantes nas malhas do crime: tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal
Maria João Guia
15 de abril de 2013, 11h50, José Estevão, Aveiro
Minas a explodir nos substantivos": poesia da guerra colonial
Margarida Calafate Ribeiro, Luciana Moreira Silva, Hélia Santos e Mónica Silva
12 de abril de 2013, 12h00, Secundária de Adolfo Portela, Águeda
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Paula Duarte Lopes e Daniela Nascimento
14 de março de 2013, 10h30, Agrupamento de Escolas da Sertã, Sertã
Objetivos de Desenvolvimento do Milénio: sonho ou realidade?
Paula Duarte Lopes e Daniela Nascimento
6 de março de 2013, 12h30, Escola Secundária da Mealhada, Mealhada
Minas a explodir nos substantivos": poesia da guerra colonial
Margarida Calafate Ribeiro, Luciana Moreira Silva, Hélia Santos e Mónica Silva
6 de março de 2013, 08h30, Escola Secundária da Mealhada, Mealhada
Minas a explodir nos substantivos": poesia da guerra colonial
Margarida Calafate Ribeiro, Luciana Moreira Silva, Hélia Santos e Mónica Silva
19 de fevereiro de 2013, 10h20, Escola Secundária da Mealhada, Mealhada
Juventude, Precariedade e (Des)emprego: que avaliação na atual sociedade portuguesa?
Teresa Maneca Lima
14 de fevereiro de 2013, 10h20, Fernando Namora, Condeixa
Dar voz às doenças: o papel das associações de doentes na promoção dos direitos
Marta Roriz
6 de fevereiro de 2013, 12h00, Secundária de Adolfo Portela, Águeda
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
5 de fevereiro de 2013, 14h00, Secundária Dr. Mário Sacramento, Aveiro
Orçamento Participativo: um exercício lúdico de cidadania na escola
Giovanni Allegretti, Neiara Morais, Maria Andréa Luz da Silva, Sofia Antunes e Maria Margareth Lins Rossal
31 de janeiro de 2013, 14h00, Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Orçamento Participativo: um exercício lúdico de cidadania na escola
Giovanni Allegretti, Neiara Morais, Maria Andréa Luz da Silva, Sofia Antunes e Maria Margareth Lins Rossal
30 de janeiro de 2013, 11h30, Agrupamento de Escolas Martinho Arias - Soure, Soure
Igualdade em diálogo
Mónica Lopes e Sara Portovedo
23 de janeiro de 2013, 08h30, Escola Prof. Raul Dória, Porto
Tráfico laboral em Portugal: desafios e direitos
Elisabete Pessanha e Madalena Duarte
22 de janeiro de 2013, 10h15, Escola Prof. Raul Dória, Porto
Tráfico laboral em Portugal: desafios e direitos
Elisabete Pessanha e Madalena Duarte
11 de janeiro de 2013, 14h30, Agrupamento de Escolas Martinho Arias - Soure, Soure
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
8 de janeiro de 2013, 10h30, Agrupamento de escolas de Mirandela, Mirandela
Seremos todos Iguais e Livres? Os Direitos Humanos no mundo
Daniela Nascimento
6 de dezembro de 2012, 14h00, EB Jorge de Montemor, Montemor - o- Velho
Orçamento Participativo: um exercício lúdico de cidadania na escola
Giovanni Allegretti, Neiara Morais, Maria Andréa Luz da Silva, Sofia Antunes e Maria Margareth Lins Rossal
6 de dezembro de 2012, 12h00, nº2 de Pampilhosa, Pampilhosa
Orçamento Participativo: um exercício lúdico de cidadania na escola
Giovanni Allegretti, Neiara Morais, Maria Andréa Luz da Silva, Sofia Antunes e Maria Margareth Lins Rossal
5 de dezembro de 2012, 10h10, Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Quem entra na cena do crime deixa sempre a sua marca 
Susana Costa
28 de novembro de 2012, 14h30, EBI de Pereira, Coimbra
Orçamento Participativo: um exercício lúdico de cidadania na escola
Giovanni Allegretti, Neiara Morais, Maria Andréa Luz da Silva, Sofia Antunes e Maria Margareth Lins Rossal
23 de novembro de 2012, 10h00, Quinta das Flores, Coimbra
Migrações e Fronteiras
Carlos Nolasco

2011/2012


15 de maio de 2012, 09h00, Escola Secundária de Francisco Rodrigues Lobo, Leiria
Oficina de Poesia
Graça Capinha, Luciana Moreira Silva e Rita Grácio
9 de maio de 2012, 22h00, escola secundaria de Jaime Cortesão, Coimbra
Nós e os outros: migrações, o mundo e a "casa"
Elsa Lechner e Marina Galvanese
9 de maio de 2012, 14h00, secundária indanta d. maria, coimbra
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência
Ana Cristina Santos
8 de maio de 2012, 10h15, Instituto Pedro Hispano, Granja do ulmeiro- Soure
"Direitos LGBT são Direitos Humanos": ferramentas para combater a discriminação e a violência
Ana Cristina Santos
2 de maio de 2012, 10h00, Secundária Emídio Navarro, Viseu
Justiças, Sociedades e Transformação
Conceição Gomes, Élida Lauris, Maria Paula Meneses e Tiago Ribeiro
27 de abril de 2012, Sessão repete 14:30, Agrupamento de Escolas da Mealhada, Mealhada
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
24 de abril de 2012, 20h00, Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
24 de abril de 2012, 14h00, Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
19 de abril de 2012, 10h15, Instituto Pedro Hispano, Granja do Ulmeiro, Soure
A Construção Social das Masculinidades
Ana Cristina Santos
18 de abril de 2012, 20h00, escola secundaria de Jaime Cortesão, Coimbra
A odisseia do princípio da igualdade no Direito de Família em Portugal
Patrícia Branco e Paula Casaleiro
18 de abril de 2012, 20h00, escola secundaria de Jaime Cortesão, Coimbra
Do Familly Guy ao Twitter: media, violências e interculturalidade
Sofia José Santos
18 de abril de 2012, 10h20, Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra
Do Familly Guy ao Twitter: media, violências e interculturalidade
Sofia José Santos
17 de abril de 2012, 16h30, Básica e Secundária de Macedo de Cavaleiros, Macedo de Cavaleiros
Do Familly Guy ao Twitter: media, violências e interculturalidade
Sofia José Santos
17 de abril de 2012, 10h00, Agrupamento de Escolas de Soure, Soure
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
13 de abril de 2012, 14h30, Agrupamento Escolas S. João de Loure, S. João de Loure
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
13 de abril de 2012, 10h00, Colégio de Nossa Senhora de Fátima, Leiria
Nós e os outros: migrações, o mundo e a "casa"
Elsa Lechner e Marina Galvanese
12 de abril de 2012, 11h45, Secundária de Emídio Navarro, Viseu
"Minas a explodir nos substantivos": poesia da guerra colonial
Hélia Santos, Luciana Moreira Silva, Margarida Calafate Ribeiro e Mónica Silva
11 de abril de 2012, 08h30, Escola Básica 2/3 Jorge de Montemor, Montemor-o-Velho
Oficina de Poesia
Graça Capinha, Luciana Moreira Silva e Rita Grácio
5 de abril de 2012, 10h20, Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra
Deficiência e exclusão social em Portugal
Aleksandra Berg, Bruno Sena Martins e Fernando Fontes
27 de março de 2012, 10h30, Agrupamento de Escolas da Mealhada, MEALHADA
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
23 de março de 2012, 10h30, Agrupamento de Escolas de Tondela/ Escola Secundária de Molelos, Molelos- Tondela
Nós e os outros: migrações, o mundo e a "casa"
Elsa Lechner e Marina Galvanese
22 de março de 2012, 14h30, Colégio São Teotónio, Coimbra
Deficiência e exclusão social em Portugal
Aleksandra Berg, Bruno Sena Martins e Fernando Fontes
20 de março de 2012, 15h00, Agrupamento de Escolas de Ansião, Ansião
Ficheiros secretos da Guerra Colonial: Alianças escondidas, mapas imaginados.
Bruno Sena Martins, Celso Braga Rosa e Maria Paula Meneses
20 de março de 2012, 10h00, Agrupamento de Escolas de Ansião, Ansião
Ficheiros secretos da Guerra Colonial: Alianças escondidas, mapas imaginados.
Bruno Sena Martins, Celso Braga Rosa e Maria Paula Meneses
19 de março de 2012, 19h30, Agrupamento de Escolas de Soure, Soure
ABRIL vai à Escola
Maria Manuela Cruzeiro
18 de março de 2012, 10h15, Instituto Pedro Hispano, Granja do Ulmeiro, Soure
Deficiência e exclusão social em Portugal
Aleksandra Berg, Bruno Sena Martins e Fernando Fontes
16 de março de 2012, 10h00, Agrupamento de Escolas de Soure
Nós e os outros: migrações, o mundo e a "casa"
Elsa Lechner e Marina Galvanese
15 de março de 2012, 15h00, Agrupamento de Escolas de Soure, Soure
Quando o sonho americano é interrompido. O impacto da deportação na vida dos imigrantes
Katia Cardoso
13 de março de 2012, 00h00, Agrupamento de Escolas de Soure, Soure
As prisões no Estado Novo (1933-1974)
Miguel Cardina
8 de março de 2012, 11h45, Secundária de Emídio Navarro, Viseu
Do Familly Guy ao Twitter: media, violências e interculturalidade
Sofia José Santos
7 de março de 2012, 14h15, Secundária com 2.º e 3.º CEB da Quinta das Flores, Coimbra
Testemunhos da Guerra Colonial Portuguesa: a História em filme
Bruno Sena Martins
2 de março de 2012, 14h30, EBS Dr. Pascoal José de Mello, Ansião
Ficheiros secretos da Guerra Colonial: Alianças escondidas, mapas imaginados.
Bruno Sena Martins, Celso Braga Rosa e Maria Paula Meneses
24 de fevereiro de 2012, 10h30, Secundária Fernando Namora, Condeixa
Nós e os outros: migrações, o mundo e a "casa"
Elsa Lechner e Marina Galvanese
23 de fevereiro de 2012, 10h10, Agrupamento de Escolas de Condeixa-a-Nova, Condeixa-a-Nova
Nós e os outros: migrações, o mundo e a "casa"
Elsa Lechner e Marina Galvanese
16 de fevereiro de 2012, 16h00, Secundária de Emídio Navarro, Viseu
A odisseia do princípio da igualdade no Direito de Família em Portugal
Patrícia Branco e Paula Casaleiro
10 de janeiro de 2012, 10h00, Agrupamento de Escolas de Soure
Deficiência e exclusão social em Portugal
Aleksandra Berg, Bruno Sena Martins e Fernando Fontes
4 de janeiro de 2012, 10h30, Secundária Fernando Namora, Condeixa-a-Nova
Deficiência e exclusão social em Portugal
Aleksandra Berg, Bruno Sena Martins e Fernando Fontes
16 de dezembro de 2011, 19h00, Agrupamento de Escolas de Soure
Ficheiros secretos da Guerra Colonial: Alianças escondidas, mapas imaginados.
Bruno Sena Martins, Celso Braga Rosa e Maria Paula Meneses
13 de dezembro de 2011, 12h00, Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho, Montemor-o-Velho - Coimbra
Deficiência e exclusão social em Portugal
Aleksandra Berg, Bruno Sena Martins e Fernando Fontes
12 de dezembro de 2011, 10h20, Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho, Pereira - Coimbra
Deficiência e exclusão social em Portugal
Aleksandra Berg, Bruno Sena Martins e Fernando Fontes
5 de dezembro de 2011, 15h10 e 16h55, Escola Secundária Emídio Navarro de Viseu
Conhecer com o Corpo
Berta Teixeira
2 de dezembro de 2011, 13h40, Secundária João da Silva Correia, S.João da Madeira
Deficiência e exclusão social em Portugal
Aleksandra Berg, Bruno Sena Martins e Fernando Fontes


Outras actividades

Brevemente...