Ciclo de Cinema | 2018/19

ParaDocma - Viver melhor [a cidade], é preciso! (2.ª edição)

outubro 2018 - junho 2019

Casa da Esquina e outros locais (Coimbra)

Enquadramento

Apesar das conquistas muito positivas dos últimos anos em termos de educação ambiental, é reconhecido que existe uma generalizada iliteracia ambiental entre os portugueses e que estes participam muito pouco em iniciativas relacionadas com a temática do ambiente. Mas atendendo à complexidade dos desafios que hoje colocam em causa a manutenção da vida no planeta, às crescentes desigualdades sociais a nível global e aos paradoxos do desenvolvimento sustentável, já não basta ter em conta apenas o ambiente.

Importa também desenvolver uma leitura ecológica sobre os nossos actos quotidianos. Ecológica, de ecologia, do grego oikos, que significa “casa”, e de logos, que significa “estudo”. Ou seja, precisamos cultivar o “estudo do lugar onde se vive”, dos lugares que habitamos, e da sua ligação íntima com tudo o que fazemos: a comida que comemos, a roupa que vestimos, a água que desperdiçamos, a energia que usamos para fazer todas estas coisas. Quais são as consequências próximas e distantes destes pequenos-grandes actos? Entre crenças e hábitos, as contradições da cultura mercantil e do consumo reproduzem-se, transmitem-se de geração em geração, e ficam assim ocultados os impactos das nossas ações.

Mais do que em qualquer outro momento da história, hoje existe muita informação disponível. Difícil parece ser ter oportunidades de a discutir criticamente e de compreender o significado que ela assume para o nosso dia-a-dia. Urge então criar espaços comuns, comunitários, onde possamos pôr em diálogo o que nos preocupa, imaginar outros futuros e, passo-a-passo, construí-los colectivamente, mobilizando criativamente os recursos de que dispomos a nível local. 

ParaDocma, de PARADigma, de DOCumentário e de DOgMA, é uma iniciativa que reúne vários grupos e organizações locais, um Ciclo de Cinema  que dinamizar a cidade de Coimbra com o objectivo de promover o “estudo da casa”, neste caso, de criar diálogo sobre temas ecológicos prementes em diversos espaços da cidade de Coimbra. É um evento itinerante porque pretende divulgar os espaços associativos e os espaços públicos da cidade junto da população e, assim, conhecer os recursos materiais e imateriais locais existentes.

Esta segunda edição do ParaDocma é uma iniciativa organizada conjuntamente entre a Casa da Esquina, a associação Coimbra em Transição (CeT), o Cine Eco Seia e a Oficina de Ecologia e Sociedade do Centro de Estudos Sociais da UC, em colaboração com outras organizações locais. Temos o privilégio de ter o Cine Eco Seia, principal festival de cinema sobre ambiente em Portugal, como parceiro e de ter direitos sobre exibição livres de filmes premiados em Coimbra. Nesta edição, as sessões serão principalmente na Casa da Esquina e entre janeiro a junho de 2019 haverá pelo menos duas sessões em dois outros locais, prevendo-se uma sessão pelo menos ao ar livre.