Apresentação

ISSN 0254-1106
ISSN eletrónico 2182-7435 
Revista em acesso aberto

A Revista Crítica de Ciências Sociais, uma edição quadrimestral do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, publica artigos originais que apresentem resultados de investigação avançada e de reflexão teórica inovadora em todas as áreas das ciências sociais e das humanidades. A revista privilegia trabalhos com potencial transdisciplinar e que concorram para a discussão teórica, a reflexão epistemológica e o conhecimento crítico da realidade contemporânea à escala global. Acolhendo contributos relativos a todos os contextos geográficos, concede atenção particular a trabalhos que contribuam quer para um conhecimento crítico da realidade portuguesa e dos espaços de língua portuguesa, quer para a inovação teórica e epistemológica originária desses espaços e, de forma mais abrangente, do Sul global.

A RCCS privilegia a publicação de números temáticos, confiados a investigadores/as credenciados/as das respetivas áreas de especialidade, embora publique também, em média, um número não temático por ano. Toda a colaboração é submetida a um exigente processo de seleção e revisão baseada em arbitragem científica anónima (double-blind peer review).

A Revista Crítica de Ciências Sociais integra a Rede Eurozine e está atualmente indexada em bases de referência/plataformas como: Scopus, SJR – SCImago Journal and Country Rank, Web of Science-Clarivate Analytics (Emerging Sources Citation Index - ESCI e SciELO Citation Index), SciELO, Qualis-CAPES, DOAJ, ERIH Plus, EBSCO, Francis, International Bibliography of the Social Sciences, Latindex, Pascal, Sudoc, Sociological Abstracts, Worldcat e Bielefield Academic Search Engine.

_______________

ATRIBUIÇÃO DO PRÉMIO REVISTA CRÍTICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (EDIÇÃO 2022)

Os artigos “Transformar o mundo pelo trabalho, pela estética e pela política: uma análise de coletivos teatrais como utopias reais”, de Joana S. Marques, e “Swaps e empresas públicas em Portugal: uma história de poder, cisnes negros e ilusões”, de Júlio Lobão venceram ex æquo a edição de 2022 do Prémio Revista Crítica de Ciências Sociais, no valor de 1000 euros.

Foi ainda atribuída uma menção honrosa ao artigo “Vida cotidiana y experiencias morales de un grupo de jóvenes en conflicto con la ley en Santiago, Chile”, de Mauricio Carreño Hernández, Gabriel Abarca-Brown e Esteban Radiszcz.