Conversa + Debate | Sharp Talks

Além da saúde, aquém do direito: onde estão as políticas públicas para trabalhadorxs do sexo em Portugal
 

Alexandra S Cort

Isabel Soares

Manuel Oliveira

10 de julho de 2019, 15h00

Sala de Seminários (Piso 2), CES | Sofia

Resumo

O trabalho sexual é um tema interdisciplinar, no cruzamento entre feminismos, sexualidade, masculinidades, direitos, pânicos morais, saúde, autonomia e políticas públicas. Para além das discussões teóricas, há a vida de milhares de mulheres e homens, cis ou trans, migrantes ou não que vivem entre o desejo do reconhecimento da sua profissão, a separação do seu fazer de práticas ilegais e condenáveis, como o tráfico e exploração de seres humanos e a exigência de direitos humanos e acesso à saúde.

Esta 3.ª Sharp Talk pretende discutir o encontro de todos estes temas para pensar o trabalho sexual para além da perspectiva da saúde mas ainda aquém da perspectiva dos direitos, articulando políticas públicas portuguesas, vivências de trabalhadoras e trabalhadores do sexo e o desejo de mudança.

Participantes
Isabel Soares, Psicóloga e técnica de redução riscos, tem coordenado projetos nacionais e internacionais na área do trabalho sexual nos últimos 10 anos, Alexandra S Cort e Manuel Oliveira, Representantes do Movimento de Trabalhadores do Sexo de Portugal (MTS).

Evento coorganizado com a Associação Existências, conta com a contribuição do POWER - Promote Sex Workers Rights, promovido pela Associação Piaget para o Desenvolvimento

Coordenação: Fernanda Belizário, Mara Pieri e Rita Alcaire  (CES) | Outras informações: sharptalks@ces.uc.pt