Visiting Researchers - History
 

2018

Carolina Alves Vestena

No CES entre 19 de fevereiro e 21 de março de 2018, a convite do DECIDe, Carolina Alves Vestena é doutorada em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Recentemente publicou a obra “Desigualdade, Direito e Estratégias Políticas: uma análise do processo de institucionalização do Programa Bolsa Família”. Ao longo da sua estadia no CES, desenvolverá o projeto de investigação intitulado Lutas por Direitos Sociais em tempo de Políticas de Austeridade: estratégias jurídicas dos movimentos sociais em Portugal e França.

José Candón Mena

No CES entre 18 de outubro de 2017 e 31 de janeiro de 2018 a convite do POSTRADE, José Candón Mena é doutorado em Ciências da Comunicação e Sociologia pela Universidad Complutense de Madrid. É membro do Grupo Interdisciplinario de Estudios en Comunicación, Política y Cambio Social (COMPOLITICAS), da Red de Investigación en Comunicación Comunitaria, Alternativa y Participativa (RICCAP) e da Red Tecnopolítica: Redes, Poder y Acción Colectiva. Ao longo da sua estadia de investigação no CES levará a cabo um estudo comparativo acerca do uso das tecnologias de informação e comunicação em processos de mobilização social e eleitorais em Espanha e Portugal.

Mercedes Sánchez Sáinz

No CES entre 15 e 20 de abril de 2018 a convite do DECIDe e do projeto INTIMATE - Citizenship, Care and Choice: The Micropolitics of Intimacy in Southern Europe, Mercedes Sánchez Sáinz é doutorada em Educação pela Universidad Complutense de Madrid. Membro ativo do grupo consolidado de investigação INDICE. É coautora da obra “Somos como Somos. Deconstruyendo y transformando la escuela”. Escreveu artigos como “Stop gordofobia” e “Somos como Somos 12 inclusiones 12 transformaciones”.

2017

Bita Ghafoori

No CES entre 9 e 31 de outubro de 2017 ao abrigo do programa Fulbright Specialist Portugal, Bita Ghafoori é Psicóloga Clínica, Docente de Aconselhamento Psicológico na California State University (CSULB), Diretora do CSULB Long Beach Trauma Recovery Center e Coordenadora do Programa de Terapia Familiar e Matrimonial. É especialista nas áreas de prevenção e intervenção em grupos culturalmente sensíveis e expostos a trauma, nos cuidados informados e pesquisa em serviços de saúde mental. Particularmente interessada na saúde comportamental, nas disparidades e equidades na saúde, na implementação da ciência e nos determinantes socioculturais da saúde mental com foco na promoção da saúde mental. A sua investigação abrange estudos sobre adaptação psicossocial ao crime, violência e desastres; modelos culturais de doenças mentais e utilização de serviços; além da disseminação e implementação de práticas baseadas em evidências para a prestação de serviços de saúde mental a adultos expostos a trauma e a populações carenciadas. O seu trabalho tem sido financiado pelos Institutos Nacionais de Saúde Mental, os Institutos Nacionais de Justiça, o Estado da Califórnia, a Califórnia Endowment e a Dignity Health Foundation. Atualmente o seu trabalho de investigação engloba a disseminação, implementação e eficácia dos serviços de saúde mental para crianças, adolescentes e adultos focados no trauma e no acesso a serviços de saúde mental por parte das populações mais vulneráveis. Ao longo da sua estadia no CES participará em diversas atividades relacionadas com o trauma psicológico e o tráfico de seres humanos, como o seminário “Mission impossible? A culturally informed approach to trauma informed care”, o modulo inaugural do Curso de Formação em Psicotraumatologia do Centro de Trauma (CES-UC), entre outros eventos.

Claudia Teresa Vieira de Souza

No CES entre 23 de novembro e 5 de dezembro de 2017 a convite do NECES, Claudia Teresa Vieira de Souza é doutorada em Saúde Pú blica pela Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz- Área de concentração: Epidemiologia Geral (2001). É pesquisadora titular em Saúde Pública da Fiocruz. Atualmente é Chefe do Laboratório de Pesquisa em Epidemiologia e Determinação Social da Saúde do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas/Fiocruz, membro do corpo docente do programa de Pós-Graduação em Pesquisa Clínica em Doenç as Infecciosas do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas e da Pós-Graduação em Ensino em Biociências e Saú de do Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz. É membro efetivo do Comitê de Ética e Pesquisa do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas/Fiocruz. É coordenadora de projetos de pesquisa em Saúde Coletiva e da Comissão de Projetos Sociais do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas/Fiocruz. Tem experiência na área de Saúde Pública, em Determinação Social da Saú de, Epidemiologia, Pesquisa Clínica, Promoção da Saúde e Prevenção das Doenças Infecciosas e outros Agravos à Saúde, Tecnologia Inovadoras em Saúde, Educação em Saúde e Ambiente, Divulgação e Popularização da ciência, Ensino Formal e Não Formal em Biociências e Saúde. Ao longo da sua estadia no CES levará a cabo atividades no âmbito do seu projeto “ Plataforma de saberes: envolvimento e participação da comunidade em ações de difusão e popularização da ciência para a promoção da saúde”.

Haydée Caruso

No CES entre 15 de setembro de 2017 e 1 de abril de 2018 a convite do NHUMEP, Haydée Caruso é Professora Adjunta II do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília. Foi Coordenadora da Licenciatura em Ciências Sociais na mesma Universidade, no período de 2013 a 2015. Atualmente coordena o Laboratório de Ensino de Sociologia Lélia Gonzalez. É Doutorada (2009) e Mestre (2004) em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense. É pós-graduada em Políticas Públicas de Justiça Criminal e Segurança Pública (2001) e licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999). Atua nas áreas de Sociologia da Violência, Antropologia Urbana, Antropologia do Direito, com ênfase nos seguintes temas: segurança pública, justiça criminal, administração institucional de conflitos, espaço público, formação policial e cultura policial. Foi servidora do Ministério da Justiça onde coordenou a Rede Nacional de Altos Estudos em Segurança Pública - RENAESP. É Conselheira do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (2015-2017) e membro fundador da Rede Latino-americana de Policiais e Sociedade Civil. Integra o Observatório do Crime Organizado para América Latina e Caribe, coordenado pela Fundação Friedrich Ebert. É investigadora do Núcleo de Estudos sobre Violência e Segurança - NEVIS da UnB e investigadora associada do Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos (INCT-INEAC) da Universidade Federal Fluminense. Em 2014 recebeu o reconhecimento do UNLIREC- Centro Regional de las Naciones Unidas para la Paz, el Desarme y el Desarrollo en América Latina y el Caribe pela sua contribuição como agente de mudança nos temas de segurança pública e desarmamento no Brasil. Entre 2015 e 2016 Integrou a equipa de especialistas que elaborou a 1ª e 2ª versões do componente de Sociologia da Base Nacional Comum Curricular - BNCC para a Educação Básica. Ao longo da sua estadia no CES levará a cabo o projeto “Interações, Tensões e Conflitos: um estudo sobre a relação entre jovens e policiais numa perspectiva comparada entre Brasil e Portugal”.

Ivani Ferreira de Faria

No CES entre setembro de 2016 e março de 2017, Ivani Ferreira de Faria é titular da Cátedra CAPES/CES de Ciências Sociais e Humanas. Doutorada em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (2007) realizou pós-doutoramento na Universidade Nacional do México/UNAM e na Universidade Pedagógica Nacional do México/UPN (2012). Atualmente é professora adjunta III da Universidade Federal do Amazonas. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Gestão territorial em áreas protegidas atuando principalmente nos seguintes temas: diagnóstico socioambiental em Unidades de Conservação; planeamento e mapeamento participativo em áreas protegidas (UC e TI); identidade, cultura e turismo; ecoturismo de base comunitária; Gestão do território em terras indígenas; educação escolar indígena e etnodesenvolvimento; e geopolítica ambiental. Faz parte dos Programas de Pós-graduação em Geografia (PPGEOG) e Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia (PPGCASA). Ao longo da sua estadia no CES desenvolverá o projeto intitulado “Gestão do Conhecimento e saberes indígenas: uma reflexão sobre o etnodesenvolvimento a luz dos povos indígenas da Amazônia Brasileira”.

José Candón Mena

No CES entre 18 de outubro de 2017 e 31 de janeiro de 2018 a convite do POSTRADE, José Candón Mena é doutorado em Ciências da Comunicação e Sociologia pela Universidad Complutense de Madrid. É membro do Grupo Interdisciplinario de Estudios en Comunicación, Política y Cambio Social (COMPOLITICAS), da Red de Investigación en Comunicación Comunitaria, Alternativa y Participativa (RICCAP) e da Red Tecnopolítica: Redes, Poder y Acción Colectiva. Ao longo da sua estadia de investigação no CES levará a cabo um estudo comparativo acerca do uso das tecnologias de informação e comunicação em processos de mobilização social e eleitorais em Espanha e Portugal.

Júlia Expósito

No CES entre 21 de maio e 23 de junho de 2017 a convite do NECES, Júlia Expósito é doutorada em Ciências Sociais pela Universidade de Buenos Aires. Bolseira de investigação em pós-doutoramento financiada pelo CONICET, desenvolverá no CES o projeto de trabalho intitulado “Debates sobre el método dialéctico del marxismo en crisis en el capitalismo contemporáneo”.

Lilián González Chévez

No CES entre 23 de agosto e 24 de novembro de 2017 a convite do NECES, Lilián González Chévez é doutorada em Sociologia (Programa de Ciências Sociais e Saúde) pela Universidade de Barcelona. É membro do Sistema Nacional de Investigadores. O sue trabalho centra-se na construção local de saberes em processos interculturais e particularmente vinculado com a saúde intercultural de comunidades rurais e indígenas. Explora, também, temas como grupos e culturas em resistência vinculados a movimentos sociais em luta contra megaprojetos extractivistas. Atualmente conduz um projeto de ciência base do CONACYT acerca da perceção social do risco sobre os ditos megaprojetos em Morelos. Desenvolveu projetos CONACYT e INDESOL e foi investigadora principal no México na equipa de um Projeto Binacional com a Universidade de Chicago. É autora de: a) cap. Luchas decoloniales. Nuevos desafíos para la CRAC-Policía Comunitaria de Guerrero, UAEM, 2014; b) cap. Mina de oro Esperanza vs Centro Urbano Morelos. La superposición de dos megaproyectos de gran impacto socioambiental en el municipio de Temixco, Morelos, UAEM, 2015; c) Persistencia y transformaciones culturales en Santa Catarina, Tepoztlán. Cruce de miradas desde la territorialidad y los saberes tradicionales en salud, Congreso de Morelos, 2012 entre outros. Ao longo da sua estadia no CES levará a cabo investigação acerca da perceção de risco em cenários regionais com iminente risco socio ambiental causado por megaprojetos.

Lisanil da Conceição Patrocínio Pereira

No CES entre 2 e 10 de novembro de 2017 a convite do DECIDe, Lisanil da Conceição Patrocínio Pereira é doutorada em Geografia. É professora adjunta da Universidade do Estado de Mato Grosso na área de Metodologia Científica. Tem experiência na área de Educação, Geografia Humana, Administraç ão, Gestão Ambiental e Sustentabilidade. Foi professora colaboradora do curso de Licenciatura em Educação do Campo da UnB, Diretora da Faculdade de Educação da UNEMAT e Diretora da Unidade Regionalizada - Político/ Pedagógico e Financeiro do Campus Universitário de Juara da UNEMAT. É líder do grupo de pesquisa Laboratório de Estudos e Pesquisa da Diversidade da Amazônia Legal - LEAL (CNPq). Integra o Grupo de Pesquisa em Movimentos Sociais e Educação, GPMSE-UFMT. Coordena o NEDET/Baixada Cuiabana (Núcleo de Extensão em Desenvolvimento Territorial). Desenvolveu Pós-doutoramento em Educação (PPGE/UFMT), sob a orientação do Professor Doutor Luiz Augusto Passos, com o título: Estudo da pedagogia da rua nas ações do Colegiado Territorial do Território da Cidadania da Baixada Cuiabana-MT. Durante a sua visita ao CES trabalhou sobre a influência do patriarcado nos empreendimentos económicos e solidários em comunidades tradicionais e áreas de Quilombo no Território da Cidadania da Baixada Cuiabana-MT.

Marcela Jussara Miwa

No CES entre 4 de abril e 19 de maio de 2017 a convite do POSTRADE, Marcela Jussara Miwa é doutorada em Enfermagem Psiquiátrica pela Universidade de São Paulo e realiza pós-doutoramento na Escola de Enfermagem USP/Ribeirão Preto, EERP/USP, Brasil. Ao longo da sua estadia no CES desenvolve o projeto de investigação “EDUCAÇÃO, PRÁTICAS COMPLEMENTARES E CONHECIMENTOS POPULARES EM SAÚDE: Demandas, participação social e direito à saúde”.

María del Carmen Acuyo Verdejo

No CES entre 3 e 31 de julho de 2017, a convite do NHUMEP, María del Carmen Acuyo Verdejo é doutorada em Tradução e Interpretação pela Universidade de Granada onde é docente titular. Ao longo da sua estadia no CES procederá a uma análise comparativa de práticas textuais, análise do discurso e das formas de violências.

Paul Hersch Martínez

No CES entre 23 de agosto e 24 de novembro de 2017 a convite do NECES, Paul Hersch Martínez é Médico pela Universidad Autónoma Metropolitana do México, com estudos de pós-graduação em fitoterapia clínica pela Universidad de Montpellier, em metodologia da investigação em saúde pela Universidad de Antioquia e doutorado em Ciências Sociais e Saúde pela Universidade de Barcelona. É investigador titular no Instituto Nacional de Antropología desde 1986, onde coordena o programa transdisciplinar “Actores sociales de la flora medicinal en México” e é curador do Museo de Medicina Tradicional y Herbolaria na cidade de Cuernavaca pelo qual recebeu o prémio nacional de museografia em 1998. É investigador de nivel 2 no Sistema Nacional de Investigadores, integra a Comisión Permanente de Farmacopea, da Comisión de Plantas Medicinales de la Unión Internacional por la Conservación de la Naturaleza e do Consejo Asesor del Programa de Medicina Integrativa da Secretaría de Salud del Distrito Federal; é assessor das comissões de saúde da Policía Comunitaria de Guerrero e dos municipios de Santiago Tapextla em Oaxaca e de San Luis Acatlán em Guerrero. Integra a Academia Nacional de Ciencias Farmacéuticas, da Sociedad Mexicana de Fitoterapia Clínica e o Movimiento Morelense contra las Concesiones de Minería de Tajo Abierto por Metales e a Red de Afectados por la Minería. Trabalhou com grupos de educação para a saúde em comunidades rurais. Ao longo da sua estadia no CES focar-se-á em temas como a epidemiologia sociocultural e a saúde coletiva.

Richard Kool

No CES entre 1 de abril e 30 de junho de 2017 a convite do NECES, Richard Kool é doutorado em Educação pela Brigham Young University e Professor Associado na Royal Roads University, Canadá. Ao longo da sua estadia no CES trabalhará temas de interesse comum como a construção do conhecimento relacionada com a justiça ambiental. Será ainda um dos formadores na CES Summer School “ArtFULL2017 - A collective le arning retreat”.

Roberto Merrill

No CES entre 18 de janeiro e 31 de maio de 2017 a convite do NECES, Roberto Merrill é doutorado em Filosofia Política no Centre Raymond Aron, EHESS, Paris. É Professor Auxiliar na Universidade do Minho, Portugal onde realiza investigação no seio do Grupo de Teoria Política. É investigador Associado do CEVIPOF, Sciences Po Paris. Ao longo da sua estadia no CES desenvolverá três projetos de filosofia política aplicada a questões de justiça distributiva, em diálogo com a sociologia e a economia.

Rosa Colmenarejo Fernández

No CES entre 1 e 31 de maio de 2017 a convite do NECES, Rosa Colmenarejo Fernández é doutorada em Ética Aplicada à Gestão de um Património Imaterial pela Universidade de Córdoba. A sua principal linha de investigação centra-se na aplicação do Enfoque de Capacidades para a caracterização de uma ética de emancipação baseada no desenvolvimento de capacidades mediante as oportunidades oferece pela cultura. Ao longo da sua estadia no CES irá desenvolver o projeto intitulado “El problema del sujeto moral en tiempos de Big Data ¿hacia un nuevo giro copernicano?”.

Vânia Carvalho Pinto

No CES entre 2 de janeiro e 14 de junho de 2017 a convite do POSTRADE, Vânia Pinto é doutorada em Ciência Política/Relações Internacionais na Universidade de Hildesheim (Alemanha) tendo realizado investigação em pós-doutoramento na Universidade de Brasília onde é Professora Adjunta no Instituto de Relações Internacionais e Coordenadora do Centro de Estudos do Oriente (CEOR). Os seus interesses de pesquisa focam-se em estudos de área comparados: Escandinávia (foco: Suécia) e Golfo Árabe (foco: Emirados Árabes Unidos) e ocasionalmente América Latina (foco: Brasil), Teoria de relações internacionais feminista; Género e política externa; cultura popular (literatura feminista) e relações internacionais. Ao longo da sua estadia no CES desenvolve o projeto de investigação “Diplomatas portuguesas: Entre o agir e a estrutura”.

Waldimeiry Corrêa da Silva

No CES entre 3 e 28 de julho de 2017, a convite do DECIDe, Waldimeiry Corrêa da Silva é doutorada em Doutora em Direito Internacional Público e Relações Internacionais pela Universidad de Sevilla. É Conselheira do Comitê Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (CONATRAPSNJ) e consultora da UNODC em matéria de Tráfico de Pessoas. Atualmente é professora da Universidad Loyola Andalucia, Espanha e investiagdora vinculada do Grupo de Pesquisa sobre Trabalho Escravo Contemporâneo (GPTEC/UFRJ). É especialista no estudo do Tráfico de Seres Humanos, tendo trabalhado na Espanha com a Red Española contra la Trata de Personas. Debruça-se sobre temas como direitos humanos, formas contemporâneas de escravidão, tráfico de pessoas, política internacional, organizações internacionais e Políticas Públicas.

2016

Ana Verônica Rodrigues Silva

No CES entre 29 de fevereiro e 31 de julho de 2016, a convite do DECIDe, Ana Verônica Rodrigues Silva é doutorada em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo - USP, especialização em Psicanálise. É atualmente Docente da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia-UFRB (Adjunto). Revisora ad hoc da Revista Brasileira de Epidemiologia e do Cadernos de Saúde Pública - Fiocruz. Atua na área de Saúde Pública/ Coletiva com os seguintes temas: políticas públicas de saúde, saúde materno-infantil, comitês de morte materna, parto humanizado. Ao longo da sua estadia no CES focar-se-á no projeto “Nascimento e cidadania: entre a Norma e a Política”.

Beatriz Méndez Guerrero

No CES entre 1 e 31 de julho de 2016 a convite do NHUMEP, Beatriz Méndez Guerrero é doutorada em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade das Ilhas Baleares. É docente e investigadora no Departamento de Língua Espanhola, Teoria da Literatura e Literatura Comparada da Universidad Complutense de Madrid. Ao longo da estadia no CES concentra-se no estudo das funções comunicativas do silêncio na conversação.

Carlos Alberto Steil

No CES entre 2 e 20 de fevereiro de 2016 a convite do NECES, Carlos Alberto Steil é doutorado em Antropologia Social pelo Museu Nacional/UFRJ (1995). Realizou Pós-Doutorado na Universidade da Califórnia, San Diego UCSD (2006). Desde 1996, trabalha na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) como professor do Departamento de Antropologia, lecionando na Licenciatura em Ciências Sociais e na Pós-Graduação em Antropologia Social. É investigador do CNPq, coordenador do Núcleo de Cultura e Turismo (CulTus) e membro do Núcleo de Estudos da Religião (NER). O seu interesse de pesquisa concentra-se nas áreas da antropologia da religião, da política e do turismo. É autor do livro, “O sertão das romarias: um estudo antropológico sobre o Santuário de Bom Jesus da Lapa, BA” (1996), que recebeu o prémio Silvio Romero. É, ainda, autor de diversas coletâneas sobre temas de antropologia da religião e da política e de artigos publicados em periódicos científicos.

Cláudia Alvarenga Marconi

No CES entre 16 de dezembro de 2015 e 15 de fevereiro de 2016 a convite do NHUMEP, Cláudia Alvarenga Marconi é doutorada em Ciência política pela Universidade de São Paulo. Desenvolve pesquisa na área de Ciência Política, com ênfase em teoria normativa e teoria de relações internacionais, focando-se principalmente nos seguintes temas: Escola Inglesa das Relações Internacionais, o Tribunal Penal Internacional, direitos humanos, justiça internacional e transicional. É professora da Licenciatura em Relações Internacionais, vice-chefe do Departamento de Relações Internacionais e Tutora do Programa de Educação Tutorial de Relações Internacionais (PET-RI) da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). É também professora do Centro Universitário FECAP.

Daniel Santiago Chaves Ribeiro

No CES entre 11 e 28 de abril de 2016 a convite do NHUMEP, Daniel Santiago Chaves é professor adjunto de História Contemporânea e diretor da Editora Universitária da Universidade Federal do Amapá (Unifap). Doutorado em História Comparada pelo Programa de Pós-Graduação em História Comparada (UFRJ), docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGMDR) e do Curso de Especialização em História e Historiografia da Amazônia da Unifap. É pesquisador sénior do Observatório de Fronteiras do Platô das Guianas (OBFRON) e do Círculo de Pesquisas do Tempo Presente (CPTP), ambos da Unifap. Principais publicações: “10 Documentos sobre Política Internacional da Amazônia” (2016, org. com Camila Lippi); “Perspectivas e debates em segurança, defesa e relações internacionais.” (2015, org. com Lucas Pinheiro e Erica Winand); “Terrorismo na América do Sul” (2010, org. com Francisco Carlos Teixeira da Silva); “A ascensão das condições plurinacionais comparadas na Bolívia contemporânea.” (2015, Tese de doutoramento); “Autonomias - Bolívia no Tempo Presente.” (2010, Dissertação de Mestrado). CV: http://lattes.cnpq.br/0478434658759664

Darlene Ferreira

No CES entre 22 de fevereiro e 4 de março de 2016 a convite do POSTRADE, Darlene Ferreira é doutorada em Geografia (IGCE/UNESP/Rio Claro). É Professora no Departamento de Geografia do IGCE-UNESP-Rio Claro e nos Programas de Pós-Graduação de Geografia do IGCE-UNESP/Rio Claro e em Sociologia da FCL-UNESP/Araraquara. É um dos líderes do núcleo de estudos NEA, credenciado pelo CNPq. É responsável por disciplinas na licenciatura em Geografia e em Pedagogia e, na pós-graduação trabalha com as disciplinas de estrutura agrária e produção familiar e de ruralidade e urbanidade na sociedade contemporânea. Pesquisa na área de Geografia Agrária, tendo como temas a agricultura familiar, a história da Geografia Agrária no Brasil, a relação cidade-campo.

Elson Manoel Pereira

No CES entre fevereiro e julho de 2016, Elson Manoel Pereira é titular da Cátedra CAPES/CES de Ciências Sociais e Humanas. Pesquisador do CNPq, Licenciado pela Universidade Federal de Santa Catarina (1985), Mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992), Doutorado em Doctorat Urbanisme et Aménagement - Institut d'Urbanisme de Grenoble (1999) e Pós-doutorado no Institut de Geographie Alpine (Grenoble). Atualmente é professor de Planejamento Urbano do curso de Geografia da Universidade Federal de Santa Catarina; foi vice-diretor do Centro de Comunicação e Expressão da UFSC e vice coordenador do Programa de Pós-Gradução em Geografia; foi Secretário Executivo da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional - ANPUR. É pelo segundo mandato conselheiro do Conselho Gestor do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social, representante da ANPUR no período 2009-2011. Foi coordenador do Plano Diretor para o Campus Universitário da UFSC. Fez parte da representação da UFSC no Núcleo Gestor do Plano Diretor de Florianópolis; é parecerista ad-hoc do CNPq e do Scientific Electronic Library Online - SciELO - Brasil; é professor visitante do Instituto de Urbanismo de Grenoble -França e foi professor convidado da Universidade de Quebec em Montreal (UQAM); é Consultor da CAPES; foi membro da Comissão de Avaliação da Pós-Graduação em Geografia até 2013. Foi candidato a prefeito de Florianópolis-SC e deputado estadual em Santa Catarina. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento urbano, espaço urbano, urbanismo, participação popular e políticas públicas.

Helena Nadal Sánchez

No CES entre 11 e 29 de julho de 2016 a convite do NHUMEP, Helena Nadal Sánchez é docente na Universidade de Burgos, doutorada por essa mesma Universidade. Ao longo da sua estadia no CES irá debruçar-se sobre o tema das culturas pós-conflito e, dentro delas, as estratégias de reconstrução de vínculos e reconciliação.

Ivani Ferreira de Faria

No CES entre setembro de 2016 e março de 2017, Ivani Ferreira de Faria é titular da Cátedra CAPES/CES de Ciências Sociais e Humanas. Doutorada em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (2007) realizou pós-doutoramento na Universidade Nacional do México/UNAM e na Universidade Pedagógica Nacional do México/UPN (2012). Atualmente é professora adjunta III da Universidade Federal do Amazonas. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Gestão territorial em áreas protegidas atuando principalmente nos seguintes temas: diagnóstico socioambiental em Unidades de Conservação; planeamento e mapeamento participativo em áreas protegidas (UC e TI); identidade, cultura e turismo; ecoturismo de base comunitária; Gestão do território em terras indígenas; educação escolar indígena e etnodesenvolvimento; e geopolítica ambiental. Faz parte dos Programas de Pós-graduação em Geografia (PPGEOG) e Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia (PPGCASA). Ao longo da sua estadia no CES desenvolverá o projeto intitulado “Gestão do Conhecimento e saberes indígenas: uma reflexão sobre o etnodesenvolvimento a luz dos povos indígenas da Amazônia Brasileira”.

Jesús Sanz Abad

No CES entre 1 de julho e 1 de novembro de 2016 a convite do Ecosol – POSTRADE, Jesús Sanz Abad é doutorado em Antropologia Social pela Universitat Rovira i Virgili (URV) e é docente na Uniiversdade Complutense de Madrid. Em 2009 publicou o livro ‘“Entre “cumplir” y “hacer cosas”. Estrategias económicas y simbolismo en el uso de las remesas de la migración ecuatoriana a España’ e em 2015 publico o artigo “Crisis y estrategias migratorias de reproducción social. Un análisis a partir del estudio de la migración ecuatoriana” na Revista Migraciones. Durante a sua estadia no CES desenvolverá o projeto de investigação “Iniciativas emergentes de economía no capitalista en el contexto de las políticas neoliberales”.

João Carlos Jarochinski Silva

No CES entre 30 de novembro de 2015 e 15 de fevereiro de 2016 a convite do NHUMEP, João Carlos Jarochinski Silva é Professor Universitário na UFRR (Universidade Federal de Roraima). Doutorado em Ciências Sociais pela PUC/SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) tem experiência na área de Relações Internacionais, História, Direito Internacional, Filosofia e Educação. Ao longo da sua estadia no CES desenvolverá o projeto “A integração de imigrantes em Portugal e no Brasil – As ações estatais quando da entrada de grupos migratórios não tradicionais nos países”.

José Castiano

No CES entre 17 de janeiro a 18 de Abril de 2016, a convite do DECIDe, José Castiano é Doutorado em Sociologia pela Universidade de Hamburgo. Atualmente é Professor Associado de Filosofia da Educação da Universidade Pedagógica de Moçambique (UP). Ocupa, também, o cargo de Pró-Reitor para Pós-graduação, Pesquisa e Extensão da UP. Entre os cargos desempenhados na UP, destacam-se a Direção Científica da Universidade, a direção do Centro de Estudos Pós-Graduados e a coordenação dos grupos de trabalho para a criação do Mestrado em Educação e do grau de Doutor. Neste sentido, coordena a Cooperação entre a UP e várias universidades de países de língua portuguesa. Em Janeiro de 2015 foi eleito presidente da Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa. Tem publicado diversos livros e artigos em revistas internacionais. A sua principal atividade de investigação centra-se nos Sistemas de Conhecimento Endógeno/Indígena em África.

Luiz Gonçalves Júnior

No CES entre 1 de março e 1 de agosto de 2016, a convite do DECIDe, Luiz Gonçalves Júnior é Doutorado em Ciências Sociais pela PUCSP e realizou pós-doutoramento no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS/UL) em 2003. É Professor do Departamento de Educação Física e Motricidade Humana da Universidade Federal de São Carlos (DEFMH/UFSCar) desde 1995, tendo já sido Coordenador e Vice-Coordenador do Curso de Educação Física, bem como Chefe e Vice-Chefe do DEFMH. É Coordenador do Curso de Especialização em Educação Física Escolar (lato-sensu) da UFSCar; Coordenador do Núcleo de Estudos de Fenomenologia em Educação Física (NEFEF) desde 1996; Sócio-Fundador, Investigador e atual Diretor Científico da Sociedade de Pesquisa Qualitativa em Motricidade Humana (SPQMH); Sócio-Fundador da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Estudos do Lazer (ANPEL); Coordenador da Cátedra Joel Martins. É também professor e orientador credenciado do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFSCar desde 2002. Desenvolve investigação nas linhas “Práticas Sociais e Processos Educativos” e “Estudos Socioculturais do Lazer”, possuindo artigos apresentados e publicados em periódicos e/ou em eventos científicos no Brasil, na Argentina, na Áustria, no Chile, em Cuba, na Espanha, em Moçambique, no Paraguai, em Portugal e na Venezuela. Desenvolve as extensões comunitárias "Projeto de Educação Ambiental e Lazer Consciente (PEDAL-Consciente) e “Vivências em Atividades Diversificadas de Lazer”, projeto esse contemplado com o Prêmio Nike-UniSol Esporte pela Mudança Social em 2009 e, atualmente parceiro da "Associação Desportiva, Educacional e Social dos Metalúrgicos de São Carlos" (ADESM), contando com apoio financeiro do programa “A Chance to Play – O Direito de Brincar” (iniciativa do Comitê Mundial dos Trabalhadores na Volkswagen, em parceria com a Fondation Terre des Hommes - Tdh).

Manuela Cordeiro

No CES entre 28 de dezembro de 2015 e 15 de março de 2016 a convite do POSTRADE, Manuela Souza Siqueira Cordeiro desenvolve o projeto de investigação “Lógicas de Herança e Sucessão para Pequenos Produtores Familiares – Freguesia de São Miguel, Portugal”. Doutorada em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é Professora na Universidade Federal de Roraima, Brasil.

Marcela Jussara Miwa

No CES entre 20 de setembro e 16 de dezembro de 2016 a convite do POSTRADE, Marcela Jussara Miwa é doutorada em Enfermagem Psiquiátrica pela Universidade de São Paulo e realiza pós-doutoramento na Escola de Enfermagem USP/Ribeirão Preto, EERP/USP, Brasil. Ao longo da sua estadia no CES desenvolve o projeto de investigação “Educação, Práticas Complementares e Conhecimentos Populares em Saúde: Demandas, participação social e direito à saúde”.

María Marta Quintana

No CES entre 13 de junho e 16 de julho de 2016 a convite do DECIDe, María Marta Quintana é doutorada em Filisofia pela Universidad de Buenos Aires. Ao longo da sua estadia no CES desenvolve pesquisa relacionada com o projeto “Reiteraciones y desplazamientos en torno de la identidad: un análisis de las configuraciones discursivas de Abuelas de Plaza de Mayo y de las ‘nuevas’ reivindicaciones del derecho a la identidad en el contexto argentino”.

Maria Ribeiro do Valle

No CES entre 22 de fevereiro e 4 de março de 2016 a convite do NHUMEP, Maria Ribeiro do Valle é doutorada em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é professora na Universidade Estadual Paulista. Tem experiência na área de Ciências Sociais, atuando principalmente nos seguintes temas: movimento estudantil, ditadura civil militar no Brasil, violência revolucionária, 1968: aspetos políticos, tradição liberal, tradição hegeliano-marxista, pensamento conservador. Ao longo da sua estadia no CES focar-se-á no projeto de investigação “1968 REVISITADO: O retorno midiático e bibliográfico trinta e quarenta anos depois no Brasil”.

Nuria Polo Cano

No CES entre 4 de abril e 3 de junho de 2016 a convite do NHUMEP, Nuria Polo Cano é doutorada em Línguas e Literatura pela Universidad Complutense de Madrid. A sua principal linha de investigação centra-se no estudo dos sons da linguagem humana tendo particular interesse em duas perspetivas: o conhecimento da aquisição da linguagem nas crianças visto ser um campo de estudo para averiguar como armazenamos, representamos e produzimos a linguagem no cérebro; e averiguar como se produzem os sons, para o que se torna fundamental saber como se levam a cabo processos fonéticos e de articulação dos sons. Durante a estadia no CES levará a cabo o projeto “La percepción del atractivo sexual femenino a través de la voz de la mujer”.

Regina Abreu

No CES entre 5 de junho e 5 de setembro de 2016 a convite do CCArq, Regina Abreu é doutorada em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (Museu Nacional). Foi investigadora visitante no "Institut de Recherche Interdisciplinaire sur les Enjeux Sociaux-IRIS". Especialista em "Recherches en Sciences Sociales" (EHESS), é Professora Associada da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Bolseira de Produtividade do CNPq 2. Lidera o Grupo de Pesquisa CNPq "Memória, Cultura e Patrimônio", coordena o Projeto de Pesquisa "A Patrimonialização das Diferenças" (apoio CNPq) e coordena o Portal "Museus do Rio" (apoio Faperj/Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro). Tem experiência na área de Antropologia Social nas interfaces com a Memória Social, o Patrimônio Cultural, os Museus, o Áudio-Visual e o Estudo de Trajetórias. Ao longo da estadia no CES desenvolve o projeto “O Mundo Lusófono e os ‘Patrimônios Híbridos’: Um Estudo Comparado sobre Políticas Públicas em Patrimônio Imaterial em Países de Língua Portuguesa, financiado pelo CNPq”.

Rita de Cássia Guimarães Melo

No CES entre setembro de 2015 a maio de 2016 a convite do NHUMEP, Rita de Cássia Guimarães Melo é doutorada em História Social pela Universidade de São Paulo. É atualmente professora na Universidade Federal do Tocantins e desenvolve, no Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro, no período de abril de 2014 a abril de 2015 um projeto de investigação em pós-doutoramento intitulado “Roceiros, vaqueiros e “coronéis de barranco" no Alto Vale do Rio Tocantins: 1889-1902”.

Rosemere Santos Maia

No CES entre 1 de dezembro de 2015 e 21 de fevereiro de 2016 a convite do CCArq, Rosemere Maia é doutorada em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente, é Professora Associada da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Investigadora Integrada do CESNOVA, da Universidade Nova de Lisboa, Pesquisadora e Assessora Ad Hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro, além de Membro da Associação Internacional de Sociólogos de Língua Francesa. Participa em três núcleos de investigação (FACI - Favela e Cidadania; Cultura Urbana, Sociabilidade e Identidade Social; Espacialidades Urbanas), todos registrados no CNPq. Ministra disciplinas específicas da área de Serviço Social na Licenciatura e outras, também na Licenciatura e no PPGSS, com conteúdo multidisciplinar, focando questões relacionadas com a Cidade e o modo de vida urbano. Os seus temas de interesse (pesquisa, orientação e atividades de extensão) são: cidade, pobreza urbana, segregação socioespacial, cultura, identidades juvenis e consumo. Participa, frequentemente, de eventos nas áreas de Antropologia, Sociologia, Geografia, Planeamento Urbano e Serviço Social.

Sonia Santos

No CES entre 5 de abril e 12 de julho de 2016 a convite do POSTRADE, Sonia Maria Simões Barbosa Magalhães Santos é doutorada em Antropologia pela Universidade Federal do Pará e em Sociologia pela Université Paris 13. Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Federal do Pará, vinculada ao Núcleo Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural. Nesta Universidade, é também Professora do Programa de Pos-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS/FFCH), do Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas (PPGAA/NCADR), e do Programa de Pós-Graduação em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (PPGEDAM/NUMA). Foi investigadora colaboradora do Laboratório CERAL (Centre d'Etudes et de Recherches sur l'Action Locale) da Universidade Paris 13 (França).

2015

Alys Longley

No CES entre 5 de março e 30 de abril de 2015, a convite do CCArq, Alys Longley é doutorada em Performance Studies pela Universidade de Victoria, Melbourne. Desenvolve trabalho na prática da dança e documentação experimental envolvendo uma prática criativa interdisciplinar - dança, produção de filmes, escrita criativa, desenho e livros de artista. A Dança e a Ecologia é também uma parte fundamental da sua pesquisa. Atualmente coordena o projeto Fluid City numa colaboração dança/ciência/educação a respeito da sustentabilidade da água em Auckland City.

Amailton Azevêdo

No CES de 8 de junho a 31 de julho de 2015 a convite do DECIDe, Amailton Azevêdo é doutorado em História desde 2006, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É Professor no Programa de Estudos Pós-Graduados em História e no Departamento de História da Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). Tem experiência na área de História, com ênfase em História da África e do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: culturas negras no Brasil, culturas africanas na Diáspora, musicalidades, oralidade e juventude negra. Tem publicado diversos artigos relacionado com música e a memória da Diáspora negra no Brasil. Atua também como músico, tendo um disco gravado com o título “Mundo Atlântico” de 2004.

Ángeles Castaño Madroñal

No CES entre 16 de junho e 15 de dezembro de 2015 a convite do DECIDe, Ángeles Castaño doutorou-se em 2003 em Antropologia Social e Cultural na Universidade de Sevilha onde exerce serviço de docência e investigação. Ao longo da estadia no CES pretende aprofundar a linha teórica e estabelecer um fluxo de intercâmbios com os especialistas do CES atentos à perspetiva teórica da sociologia das emergências e pós-colonialismos.

Fernando Elorza Guerrero

No CES de 3 de julho a 13 de setembro de 2015 a convite do POSTRADE, Fernando Elorza Guerrero, Doutorado em Direito pela Universidade de Sevilla, é Professor de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social na Universidade Pablo de Olavide. Ao longo da sua estadia de investigação no CES, juntamente com Manuel García Muñoz, desenvolve o projeto intitulado La Prolongación de la vida activa de los trabajadores de edad avanzada: elementos para la sostenibilidad del sistema de Seguridad Social y del empleo. Coordenou, até dezembro de 2014, na Universidade Pablo de Olavide, o projeto El futuro de la negociación colectiva en materia de jubilación” (DER2011-28907) financiado pelo Ministério da Ciência e Inovação do Governo Espanhol.

Juli Oliveira

No CES entre 5 de janeiro e 7 de março de 2015 a convite do DECIDe, Juli Oliveira é doutorada em Nutrição em Saúde Pública, pela Universidade de São Paulo e docente no Curso de Nutrição e do Programa de Pó s-graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, da Faculdade de Ciências Aplicadas – FCA, Universidade Estadual de Campinas. As suas principais áreas de interesse são a Segurança Alimentar e Nutricional, e Alimentação: Natureza e Cultura.

Maria Luisa Martín-Rojo

No CES entre 16 e 21 de junho de 2015 a convite do NHUMEP, Maria Luisa Martín-Rojo doutorou-se em 1989 em Linguística Aplicada (Sociolinguística) na Universidade de Valladolid. É atualmente docente na Universidade Autónoma da Madrid. Os seus principais interesses focam a sociolinguística, a análise do discurso e a comunicação intercultural.

Manuel Muñoz

No CES de 3 de julho a 13 de setembro de 2015 a convite do POSTRADE, Manuel García Muñoz, Doutorado pela Universidade Pablo de Olavide com a tese La Representación Unitaria en España: una forma de organización sindical, é Professor de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social na Universidade Pablo de Olavide. Ao longo da sua estadia de investigação no CES, juntamente com Fernando Elorza Guerrero, desenvolve o projeto intitulado La Prolongación de la vida activa de los trabajadores de edad avanzada: elementos para la sostenibilidad del sistema de Seguridad Social y del empleo.

Manuela Cordeiro

No CES entre 28 de dezembro de 2015 e 15 de março de 2016 a convite do POSTRADE, Manuela Souza Siqueira Cordeiro desenvolve o projeto de investigação “Lógicas de Herança e Sucessão para Pequenos Produtores Familiares – Freguesia de São Miguel, Portugal”. Doutorada em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é Professora na Universidade Federal de Roraima, Brasil.

Patrice Schuch

No CES entre 22 de junho e 11 de julho de 2015 a convite do NECES, Patrice Schuch é professora adjunta do Departamento de Antropologia, do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social e do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com mestrado e doutoramento em Antropologia Social por essa mesma universidade. É diretora da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), gestão 2015-2016 e diretora da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciências Sociais (ANPOCS), gestão 2015-2016. É autora do livro: “Práticas de Justiça: antropologia dos modos de governo da infância e juventude no contexto pós-ECA” (editora da UFRGS) e coorganizadora das obras: “Direitos e Ajuda Humanitária: perspectivas sobre gênero, família e saúde” (com Jaqueline Ferreira, Editora FIOCRUZ), “Ética e Regulamentação na Pesquisa Antropológica” (com Soraya Fleischer, editora da UNB/Letras Livres), “Experiências, Dilemas e Desafios do Fazer Etnográfico Contemporâneo” (com Miriam Vieira e Roberta Peters, Editora da UFRGS), “Políticas de Proteção à Infância: um olhar antropológico” (com Claudia Fonseca, editora da UFRGS) e “Antropólogos em Ação: experimentos de pesquisa em direitos humanos” (com Soraya Fleischer e Claudia Fonseca, editora da UFRGS). É pesquisadora do Núcleo de Antropologia e Cidadania (NACi/UFRGS). Seus temas de pesquisa privilegiam as áreas da antropologia do direito, infância e juventude, estado e políticas públicas, direitos humanos e ética em pesquisa antropológica.

Rita de Cássia Guimarães Melo

No CES entre setembro de 2015 a maio de 2016 a convite do NHUMEP, Rita de Cássia Guimarães Melo é doutorada em História Social pela Universidade de São Paulo. É atualmente professora na Universidade Federal do Tocantins e desenvolve, no Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro, no período de abril de 2014 a abril de 2015 um projeto de investigação em pós-doutoramento intitulado “Roceiros, vaqueiros e “coronéis de barranco" no Alto Vale do Rio Tocantins: 1889-1902”.

Victor Manuel Marí Sáez

No CES de 29 junho de 2015 e 31 de julho, a convite do NHUMEP, Victor Manuel Marí Sáez é professor na Universidade de Cádiz, doutorado em Jornalismo pela Universidade de Sevilla, em 2009. Durante a sua estadia no CES estabelece especial ligação ao Programa de Doutoramento em Política Internacional e Resolução de Conflitos. Publicou recentemente os artigos “Participatory communication for development in practice: the case of community media”, Development in Practice, nº 23 (4), pp. 549-561 e “Comunicación, desarrollo y cambio social en España: entre la institucionalización y la implosión del campo”, Commons, vol. 2 (3), pp.40-64.

Walter Shima

No CES entre 22 e 28 de fevereiro de 2015 ao abrigo de um projeto de cooperação bilateral CAPES/FCT, sobre 'Governação de tecnologias e políticas públicas: das tecnologias dominantes às tecnologias emergentes', Walter Shima é Professor Associado da Universidade Federal do Paraná. Doutorado em Economia da Indústria e da Tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, realizou pós-doutoramento na London School of Economics and Political Science. Atua principalmente na Licenciatura em Economia e no Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas, na linha de pesquisa 'Tecnologia, Regulação e Sociedade'. A sua investigação, na área de Economia, tem ênfase na Mudança Tecnológica, designadamente nos seguintes temas: competição, inovação, regulação e tecnologia da informação.

2014

Alberto Moreno

No CES entre 1 de fevereiro e 30 de abril de 2014 a convite do CCArq, Alberto Moreno é doutorado em Arquitetura pela Universidade de Málaga com a tese “La Cultura de Ocio en la Costa del Sol como objeto patrimonial (1959-1979)” e possui mestrado em Arquitetura e Património Histórico pela Universidade de Sevilha. Desde 2009 é docente na área de Composição Arquitetónica da Escola Superior de Arquitetura da Universidade de Málaga. Em 2010-11 fez parte do grupo de Investigação HUM813: "Arquitectura y Cultura Contemporánea" da Universidade de Granada. Desde e até à atualizada faz parte Grupo de Investigação HUM-064:"Habitabilidad en el turismo, el patrimonio y sostenibilidad" da Universidade de Málaga, onde desenvolve a sua investigação em trono dos processos, espaços e produtos turísticos a partir de uma ótica patrimonial, especialmente na Costa do Sol.

América César

No CES entre 2 de abril e 31 de agosto de 2014 a convite do NHUMEP, América César licenciou-se em Letras Vernáculas com Estrangeira/ pela Universidade Federal da Bahia(UFBA) (1977), é mestre em Letras e Linguística também na UFBA (1988) e doutorada em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (2002). Atualmente é professora da Universidade Federal da Bahia e participa no Pós-Afro- Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Estudos Étnicos e Africanos CEAO/UFBA. Tem experiência na área de Linguística, Linguística Aplicada, com ênfase em Letramentos, Educação Bilingue, Educação Escolar Indígena. Atua principalmente nos seguintes temas: formação de professoras e professores, educação para a gestão socioambiental, identidade, autoria, políticas linguísticas, relações interétnicas e currículo escolar na interface cultura, linguagem e educação.

Andrea Fleschenberg dos Ramos Pinéu

At CES between April 1st to May 18th and July 10th to July 31st 2014, Andrea Pinéu, PhD, works since November 2011 as the DAAD Long Term Guest Professor at Quaid-i-Azam University, Islamabad, Pakistan. Previously, she was a research fellow and lecturer at the Chair for Comparative Politics and International Development Studies, Institute of Political Science, Philipps-University Marburg, at the Institute of Social Science, University of Hildesheim, Institute of East Asian Studies / Political Science at the University of Duisburg-Essen and as a lecturer at the University of Cologne, Germany. In 2010/11 she was acting professor of political science at the University of Hildesheim, Germany, and in 2007 visiting professor at the University of the Punjab in Lahore, Pakistan, and in 2006 at the Universitat Jaume I in Castellon, Spain. She received her PhD from the University of Erfurt in 2003 and her habilitation (postdoctoral thesis qualification / aggregação) from the University of Cologne in 2010. Her research areas are comparative politics, democratization and peace and conflict studies with a particular focus on South and Southeast Asia, gender and politics, state and institution-building, transitional justice issues, on which she has contributed numerous publications, for instance: Gender and Political Participation in Asia, co-edited with Claudia Derichs, in: FEMINA POLITICA, 2/2013; Chapters on Aung San Suu Kyi and Benazir Bhutto in: Claudia Derichs / Mark R. Thompson (eds.), Dynasties and Female Political Leaders in Asia. Gender, Power and Pedigree, Muenster et al.: LITVerlag 2013; Afghanistan plus 10 – Demokratisierung per Intervention? Reflexionen zu Demokratisierung in Interventions- und Konfliktkontexten, in: Schroeter, Susanne (Hg.), Geschlechtergerechtigkeit durch Demokratisierung? [Gender Justice via Democratisation?], Bielefeld: Transcript 2013, pp. 265-296; Afghanistan's Transition in the Making. Perceptions and Policy Strategies of Women Parliamentarians, Berlin, 2012 (in English and German language versions); Women in Asian Politics – A Springboard for Gender Democracy?, co-edited with Claudia Derichs, Zürich / Singapore, 2011; Afghanistan’s Parliament in the Making. Gendered Understandings and Practices of Politics in a Transitional Country, second edition, Berlin, 2011; The Gender Face of Asian Politics, co-edited with Aazar Ayaz, Oxford, 2009; Goddesses, Heroes, Sacrifices. Female Political Power in Asia, co-edited with Dagmar Hellmann-Rajanayagam, Zürich, 2008. Contact details: andrea.fleschenberg@gmail.com URL:http://ic.daad.de/islamabad/en/20449/

Anna Maria Gentili

No CES entre 19 de maio e 25 de junho a convite do Programa de Doutoramento em “Pós-colonialismos e Cidadania Global”, Anna Maria Gentili é Professora Catedrática de Estudos Afro-Asiáticos na Universidade de Bolonha desde 1986. Leciona nas áreas de ciência política e estudos africanos, e os seus interesses de investigação centram-se em tópicos como sistemas políticos na África Ocidental; políticas de desenvolvimento em Moçambique e África do Sul; descolonização, nacionalismo e lutas revolucionárias. De entre as suas publicações, destaca-se o capítulo de livro a ser publicado ainda em 2014 “No passado o futuro era melhor? Thirty-five years of Mozambican Independence”, in S. Khan, M.P. Meneses and B. Bertelsen (eds.), Mozambique on the move. Interdisciplinary challenges and reflections. Leiden: Brill.

Fabiana Schleumer

No CES de 14 a 29 de setembro a convite do DECIDe, Fabiana Schleumer é doutorada História Social pela Universidade de São Paulo, Brasil, com a tese “Bexigas, Curas e Calundus: caminhos da morte entre escravos em São Paulo e seus arredores (século XVIII)”. É atualmente professora de Historia de África na Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP/Guarulhos, e lider do Grupo de Pesquisa: História da Diáspora Africana nas Américas, cadastrado junto ao CNPq. Tem desenvolvido estudos no campo da História de Angola entre os séculos XVII e XIX no que diz a respeito à religiosidade e à cultura, passando por temas como a condição feminina, a feitiçaria e a escravidão.

Claudia Lucia Bisaggio Soares

No CES entre 21 e 25 de julho de 2014 a convite do POSTADE e do Ecosol, Claudia Lucia Bisaggio Soares é doutorada em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC, Professora Adjunta da Universidade Federal da Integração Latino-Americana - UNILA desde 2011 e Coordenadora do GIRA - Grupo Interdisciplinar em Racionalidades, Desenvolvimento e Fronteiras. Desenvolve pesquisa em teoria económica e epistemologia das ciências sociais.

Cristiano Garcia Mendes

No CES entre 9 de junho e 9 de agosto a convite do NHUMEP, Cristiano Mendes é licenciado em Ciências Sociais e mestre em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. É doutorado em Relações Internacionais pela UnB. Atualmente é professor de licenciatura e pós-graduação em Relações Internacionais na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e Secretário Adjunto da Associação Brasileira de Relações Internacionais (2013-2015). Desenvolve pesquisas sobre os seguintes temas: terrorismo, análise de discurso, Estados falidos, empresas militares privadas e teorias pós-modernas de Relações Internacionais.

Diana Priegue Caamaño

No CES de 22 de setembro a 19 de dezembro de 2014 a convite do POSTRADE, Diana Priegue Caamaño é Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade de Santiago de Compostela. Docente na Universidade de Santiago de Compostela, é membro do Grupo de Investigação ESCULCA-USC. As suas principais linhas de investigação são Educação e Imigração: perspetivas educativas e comunitárias; Educação Intercultural e Aprendizagem Cooperativa; Imigração e Projetos Educativos na Família e na Escola; Educação, Competências e Desenvolvimento da Sociedade Civil; Antropologia Aplicada.

Dino Costantini

At CES between 24th October 2013 and 31st July 2014, Dino Costantini is PhD. in Political Philosophy and in Political Science. After graduating in Philosophy in Venice, he studied in Pisa, Paris and Trento. From 2007 to 2013 he has been Lecturer of Sociological Theories at Ca' Foscari University in Venice (I), where he is also Research Fellow of Philosophy Department. His research interests include French colonial and postcolonial thought, the question of citizenship between colonialism and immigration, the crisis of democracy. Between his recent works: La democrazia dei moderni: storia di una crisi, Firenze University Press, Firenze 2012; Multiculturalismo alla francese? Dalla colonizzazione all'immigrazione, Firenze University Press, Firenze 2009; Mission civilisatrice. Le rôle de l'histoire coloniale dans la construction de l'identité politique française, La Découverte, Paris 2008.

Felipe Aliaga Sáez

No CES de 9 de junho a 8 de julho de 2014 a convite do DECIDe, Felipe Aliaga Sáez é doutorado em Sociologia e Processos Políticos Contemporâneos pela Universidade de Santiago de Compostela onde realizou mestrado e, Ciência Política e da Administração. É Sociologo e licenciado em Sociologia pela Universidad de Concepción (Chile). Atualmente é professor no Instituto de Altos Estudios Nacionales-IAEN e Investigador do Laboratório de Comunicação e Direito (Equador). Integrou por mais de 10 anos o Grupo Compostela de Estudos sobre Imaginários Sociais (GCEIS). Tem investigado o imaginário social ao redor de temáticas como: meios de comunicação, migração, juventude, software livre e cultura mapuche, tendo publicado diversos artigos em revistas científicas. Recentemente publicou: “Índice de vulneración de derechos en los medios (IVDM)” (Quito: Laboratorio de Comunicación y Derechos, 2014).

Fernando Elorza Guerrero

No CES de 9 de junho a 9 de setembro de 2014 a convite do POSTRADE, Fernando Elorza Guerrero, Doutorado em Direito pela Universidade de Sevilla, é Professor de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social na Universidade Pablo de Olavide. Ao longo da sua estadia de investigação no CES, juntamente com Manuel García Muñoz, desenvolve o projeto intitulado El Papel de las Organizaciones Sindicales en la Protección Social Futura de los Trabajadores. Nos últimos dois anos tem vindo a coordenar, na Universidade Pablo de Olavide, o projeto El futuro de la negociación colectiva en materia de jubilación” (DER2011-28907) financiado pelo Ministério da Ciência e Inovação do Governo Espanhol.

Manuel Muñoz

No CES de 9 de junho a 9 de setembro de 2014 a convite do POSTRADE, Manuel García Muñoz, Doutorado pela Universidade Pablo de Olavide com a tese La Representación Unitaria en España: una forma de organización sindical, é Professor de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social na Universidade Pablo de Olavide. Ao longo da sua estadia de investigação no CES, juntamente comFernando Elorza Guerrero, desenvolve o projeto intitulado El Papel de las Organizaciones Sindicales en la Protección Social Futura de los Trabajadores.

Marcia Moraes

No CES de 7 a 24 de julho a convite do NECES, Marcia Moraes é doutorada em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998) e realizou um pós-doutoramento em Psicologia Social pela Lancaster University/Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2009/2010). Atualmente é Professora Associada IV da Universidade Federal Fluminense (UFF), vinculada ao Departamento de Psicologia, ministrando aulas na licenciatura e na pós-graduação strito sensu - mestrado e doutoramento. Foi Editora de Fractal: Revista de Psicologia (continuidade de Revista do Departamento de Psicologia - UFF). Desenvolve investigação ligada aos seguintes temas: epistemologia da psicologia, teoria ator-rede e os estudos de ciência, tecnologia e sociedade (CTS) nas suas interfaces com a psicologia. Desde 2003 que tem vindo a realizar pesquisas no campo da deficiência visual, fazendo uso de métodos e referenciais de investigação orientados pelos estudos CTS, em particular pela teoria ator-rede.

Maria Rita Campello Rodrigues

No CES de 7 a 14 de julho a convite do NECES, Maria Rita Campello Rodrigues é doutorada em Psicologia com ênfase em Estudos da Subjetividade pela Universidade Federal Fluminense. É professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Benjamim Constant desde 1982, tendo criado o setor de estimulação precoce em 1985, e atuado como membro da equipa de baixa visão desde o seu início em 1994. Pela CEAD/UNIRIO coordena a disciplina de Psicologia do desenvolvimento e da linguagem do deficiente visual, do curso de pós-graduação.

Noela Invernizzi

No CES entre 15 e 25 de julho, no âmbito do projecto de colaboração bilateral (FCT/CAPES) "Governação de tecnologias e políticas públicas: das tecnologias dominantes às tecnologias emergentes", com o Programa de Doutoramento “Governação, Conhecimento e Inovação”, Noela Invernizzi é Professora Associada do Setor de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Federal do Paraná, e os seus interesses de investigação centram-se nas implicações de novas tecnologias para a força de trabalho industrial; a política de ciência, tecnologia e inovação na área de nanotecnologia e as implicações sociais da nanotecnologia. Formada em Antropologia (Universidade da República, Uruguai), e com mestrado e doutorado em Política Científica e Tecnológica (Universidade Estadual de Campinas). Fez estágio de pós-doutorado no Center for Science, Policy and Outcomes, Universidade de Columbia, EUA. Foi professora do Programa em Estudos do Desenvolvimento da Universidade Autônoma de Zacatecas, México; pesquisadora visitante no Center for Science, Policy and Outcomes, EUA; e Fellow no Science, Technology and Innovation Program do Woodrow Wilson International Center for Scholars, EUA. Coordena a Rede Latino-Americana Nanotecnologia e Sociedade. É integrante do Comitê Consultivo na área de Nanotecnologia do MCTI. Atualmente coordena o Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (gestão 2013-2015).

Silvio Renato Jorge

No CES entre 3 e 20 de junho de 2014, Sílvio Renato Jorge é doutorado em Letras (Letras Vernáculas) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999). Desenvolveu estágios de pós-doutoramento no Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da USP (2003) e no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (2009), com bolsa CAPES. Atualmente é professor Associado da Universidade Federal Fluminense, onde coordena o Programa de Pós-Graduação em Estudos de Literatura. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Portuguesa e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, focando principalmente os seguintes temas: Pós-colonialismo, fronteiras e deslocamentos culturais, identidade cultural, memória. A investigação que desenvolve enfatiza, sobretudo, o estudo da narrativa contemporânea produzida em língua portuguesa. Desenvolve pesquisa financiada pelo CNPq, mediante bolsa de Produtividade PQ1D. Foi Presidente da ANPOLL - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesaquisa em Letras e Linguística, no biênio 2010 - 2012, e presidiu a ABRAPLIP - Associação Nacional de Professores de Literatura Portuguesa no biênio 2003 - 2005. É consultor ad hoc de CAPES, CNPq e FAPERJ.

Victoria Chenaut

No CES entre setembro de 2013 e julho de 2014, Victoria Chenaut é titular da Cátedra México. Natural da Argentina, reside no México desde 1976. Licenciada em História (Universidad Nacional de Tucumán, Argentina), Mestre em Sociologia Rural (Universidade de Wisconsin, Estados Unidos), e Doutorada em Ciências Sociais (El Colegio de Michoacán, México). É investigadora do CIESAS desde 1987. Foi docente na Universidad Autónoma de Nuevo León, Universidad Autónoma de Puebla, Universidad Veracruzana, El Colegio de Michoacán, CIESAS e na Universidade de Oklahoma (Oklahoma City University, USA). Entre 1991-92 coordenou Cursos de Especialização em Antropologia Jurídica por convénio entre o CIESAS e o Instituto Nacional Indigenista. Atualmente trabalho a linha de investigação de antropologia jurídica de que decorre a sua tese de doutoramento intitulada “Honor, disputas y usos del derecho entre los totonacas del Distrito Judicial de Papantla”. Adicionalmente, nesta região realizou trabalho de investigação etno-histórica sobre Totonacapan no século XIX. Nos anos 80 realizou investigação sobre os pescadores das penínsulas do Sul da Califórnia e de Yucatán e sobre dos camponeses migrantes na fronteira do México com o Belize. É membro do Sistema Nacional de Investigadores (Nível II) e da Academia Mexicana de Ciências.

2013

Antero Benedito da Silva

No CES entre 11 de setembro de 2013 e 1 de outubro de 2013, Antero Benedito da Silva é fundador e atual Diretor do Instituto de Estudos da Paz e Conflitos Sociais, Universidade Nacional de Timor-Leste (UNTL). Doutorado na área da Educação para a Paz e Justiça, a área de interesse dele incide nos Estudos da Paz e Conflitos, estando também interessado no desenvolvimento de uma nova pedagogia de educação, que favoreça a educação para a transformação e a paz, na sua Universidade e no seu país, recentemente independente, Timor-Leste. No ano de 2012 foi iniciado o programa de pós-graduação na área dos Estudos da Paz e Conflito, assumindo hoje o cargo de Diretor do curso. É ainda ativo em movimentos sociais na região do Sudeste Asiático.

Benedito Luis Machava

No CES entre 22 de julho e 22 de agosto de 2013 no âmbito da Bolsa Jovens Investigadores, Benedito Luís Machava é doutorando em História na Universidade do Michigan e licenciado em História pela Universidade Eduardo Mondlane. Desde 2011 é investigador e consultor no projeto “Os Comprometidos: Questionando o Futuro do Passado em Moçambique”, a decorrer no CES. No âmbito da Bolsa Jovens Investigadores 2013 desenvolveu no CES o projeto “Transição Política e Violência e Moçambique, 1974-1975”.

Christiaan De Beukelaer

At CES between 18th and 21st june 2013, Christiaan De Beukelaer is a PhD student from the University of Leeds, researching cultural industries development in the Global South. Christiaan holds a BA in Musicology, master degrees in Cultural Studies and in Cultures and Development Studies. In 2012, he won the Cultural Policy Research Award for best cultural policy research proposal for young scholars (10.000€). Currently, he is conducting field work in Burkina Faso for his PhD.

Cristina Maria Macêdo de Alencar

No CES de 25 de outubro de 2013 a 18 de dezembro de 2013, Cristina Alencar é doutorada em Doutorado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e é atualmente Professora da Universidade Católica de Salvador, na Bahia, Brasil. Com trajetória em planeamento governamental para o desenvolvimento rural e planeamento educacional em pesquisa e pós-graduação, é docente em licenciaturas, atualmente integra o corpo docente de investigadores do Programa de Pós-graduação em Planeamento Territorial e Desenvolvimento Social, que inclui o Mestrado Profissional em Planeamento Ambiental. Tem experiência nas áreas de Economia e Sociologia Rural; Metodologia Científica, atuando principalmente em planeamento e pesquisa nos seguintes temas: desenvolvimento social e territorial; relações sociedade e natureza, conhecimento científico e realidade social, relações rural urbanas, dinâmicas socioambientais. Lidera o grupo de pesquisa Desenvolvimento, Sociedade e Natureza no qual pesquisa relações entre conhecimento científico e experiências de ruralidade a partir das relações entre o rural e o urbano tomando a modernidade urbano industrial como projeto civilizatório tensionador dessas relações onde interagem governo e sociedade civil. Integra as seguintes redes: Rede de Estudos Rurais, Rede de Ciências Sociais e Barragens e Rede de Desenvolvimento, Ensino e Sociedade.

Fernanda Vieira

No CES de 12 a 27 de setembro de 2013 a convite do DECIDe, Fernanda Vieira é doutorada em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2012. É professora adjunta I da Universidade Federal de Juiz de Fora, Brasil. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito, atuando principalmente nos seguintes temas: criminalização, controle social, estado penal, poder judiciário e movimentos sociais.

Gabriel Gatti

No CES de 13 a 26 de maio de 2013, a convite do DECIDe. Sociólogo, professor da Universidade do País Basco, coordenador do Centro de Estudos sobre a Identidade Coletiva. Entre as suas publicações destacam-se: Identidades desaparecidas. Peleas por el sentido en los mundos de la desaparición forzada (Prometeo, Buenos Aires, 2012); Identidades Débiles (CIS, Madrid, 2007), La producción de la identidad en la sociedad del conocimiento (EI, San Sebastián, 2006).

Gacia Trujillo Barbadillo

At CES between 28th May and 21st June 2013, Gracia Trujillo holds a PhD in Sociology (Autonomous University of Madrid) and is Doctora Miembro of the Juan March Institute, Madrid. Associate Professor of Sociology at the University of Castilla- La Mancha, she also teaches Feminist and Queer theories and practices in other postgraduate programmes (UNIA, UCM). She has been Visiting Scholar at the NYU, University of Bolonia (Italy) and Universidad de Buenos Aires (UBA). She is coauthor of the Spanish collective works The Axis of Evil is Heterosexual. Queer Feminist Representations, Movements and Practices (2005), A Universal Discrimination. Homosexuality in Francoism and in the Transition to Democracy (2008), and Political Bodies and Agency. Feminist Analysis on Body, Work and Coloniality (2011), among others. She has also published, together with Kerman Calvo, “Fighting for Love Righs. Claims and Strategies of the LGTB movement in Spain” (Sexualities, 2011). Her book Desire and Resistance. Thirty years of Lesbian Mobilization in Spain (1977- 2007) (Egales, 2010), won the “Desayuno en Urano” award to the best essay on LGTB queer issues published in 2010. Feminist and queer activist since 1995, she has cofunded several feminist and queer groups such as Las Goudous, Bollus Vivendi and Grupo de Trabajo Queer. She now integrates a queer group, la Asamblea Transmaricabollo de Sol, which is part of the protest movement called May 15th, born in the streets on 2011.

Greig Crysler

Greig Crysler is at CES between 8th and 18th October 2013. He is an Associate Professor in the Department of Architecture at the University of California, Berkeley. He obtained his professional degree in architecture from the Architectural Association in London, and has extensive experience in architectural practice in Canada and the UK. He completed his Ph.D. in the Graduate Program in Architectural History and Theory at the State University of New York at Binghamton. He teaches introductory courses in architectural theory and criticism and graduate seminars that explore the relationship between architecture and social processes such as nationalism, globalization and the politics of identity. In 2010 he launched a new class at the intersection of architecture, ethics and activism, and collaborated with Professor Margaret Crawford to establish a recurring colloquium on activism in the built environment professions. Crysler’s research focuses on the history of architectural theory, and the role of architecture in processes such as nationalism, globalization, and the cultural politics of difference. Crysler is currently completing two co-authored books. The first, with the cultural geographer Shiloh R. Krupar is entitled Museum of Waste: Ecology/Capital/Sovereignty, and explores the interplay between spectacle, globalization and the built environment in the context of recent debates around risk, political economy and citizenship. The second project is part of a larger initiative concerned with the social life of aesthetics, and examines the connections between space and violence in North American Cities. The project is funded by the Program for Inter-institutional Collaboration in Mexico, and includes participants from Mexico, the USA and Canada. Crysler is also beginning a new research project on professional journals and the changing role of the critic and criticism since 1960, as part of his wider inquiry into the histories, theories and practices of activism in the built environment disciplines.

Jesus García Cívico

No CES entre 3 de junho e 1 de novembro de 2013, Jesus García Cívico é Professor Auxiliar na área da Filosofia do Direito no Departamento de Direito Público da Faculdade de Ciências Jurídicas e Económicas da Universidade Jaume I de Castellón (Espanha). Doutorou-se em Direito na Universidade de Valencia (Programa “Derechos Humanos, Ética y Democracia”). Trabalhou como Professor e Investigador doutorado contratado na Facultad de Ciencias Jurídicas y Empresariales da Universitat Jaume I de Castellón, como Investigador do Centro de Investigación de la Efectividad de los Derechos Humanos (CIDEH) e do projeto Consolider “El tiempo de los derechos”. As suas principais publicações em revistas nacionais e internacionais sobre filosofia do direitos, direitos humanos e direitos fundamentais e sociologia do direito são: Derechos y Libertades “Qué es un indicador de derechos humanos y cómo se utiliza”; Anales de la Cátedra Francisco Suárez, “El bosque desde la villa. Imaginario social o Imaginación jurídica. Notas sobre seguridad y libertad”; Anuario de Filosofía del Derecho, “La difusa discriminación por el mérito: genealogía y desarrollo”; Revista Telemática de Filosofía del Derecho “¿Emanciparse de qué? Truffaut de madrugada. Fundamento, obstáculos y eficacia del derecho de acceso a la cultura”; Cuadernos Electrónicos de Filosofía del Derecho, “Haciendo desigualdad de la diferencia. A propósito de la posición socioeconómica del pueblo gitano”; Universitas, Revista de Filosofía, Derecho y Política “La medición de la integración social de los inmigrantes a través un sistema de indicadores coherente con la ciudadanía inclusiva” entre otras publicaciones, además de ponencias y comunicaciones en centros nacionales y extranjeros; Universitas, Revista de Filosofía, Derecho y Política “¿Hay un horizonte intercultural en la Unión Europea?”, entre outras.

Jorge Uxó González

No CES ao longo do mês de maio de 2013, a convite do NECES, é professor de Economia na Universidade de Castilla-La Mancha, Espanha. Doutorou-se em Ciências Económicas e Empresariais pela Universidade Complutense de Madrid em 1994. É docente de Teoria Económica (Macroeconomia e Microeconomia) na Licenciatura em Gestão de Empresas. Principais temas de investigação: Políticas macroeconómicas aplicadas, com especial referência a la UEM; desemprego: análise a partir de uma perspetiva dinâmica; proteção social e estado de bem-estar.

José Dari Krein

No CES entre 1 e 16 de dezembro de 2013 a convite do POSTRADE, José Dari Krein é doutorado em Economia Social e do trabalho pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas onde é professor desde 2003. Adicionalmente é investigador do CESIT – Centro de Estudo Sindicais e Economia do Trabalho, instituição que dirige. Recentemente coordenou os projetos de investigação “As relações de trabalho no período de crescimento econômico no Brasil: 2004-2010” e “Organização e condições do trabalho moderno. Emprego, desemprego e precarização do trabalho”.

Juliana Farias Lima

No CES entre 3 e 28 de junho de 2013 no âmbito da Bolsa Jovens Investigadores, Juliana Farias Lima é Mestre em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Desde setembro de 2012, é investigadora na ONG Justiça Global. No âmbito da Bolsa Jovens Investigadores 2013 desenvolveu no CES o projeto “Direitos Humanos, Estado e Favelas: interlocuções a partir da atuação de familiares de vítimas de violência policial”.

Leonardo Mello e Silva

No CES de 17 a 30 de julho de 2013, no âmbito do projeto FCT-CAPES “Precarização do trabalho, desigualdades e dinâmicas de ação coletiva”, Leonardo Mello e Silva doutorou-se em Sociologia na Universidade de São Paulo, Brasil, em 1997. Atualmente é docente ms-3 da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia do Trabalho, atuando principalmente nos seguintes temas: sindicalismo, reestruturação produtiva e qualificação do trabalho.

Marco Armiero

No CES entre agosto de 2012 e agosto de 2013, é Doutorado em História Económica pela Università degli Studi di Bari, em 1996. Os seus domínios de espacialização são a história ambiental e a Ecologia Política. Adicionalmente interessa-se pelas áreas de conflitos ambientais, migrações e ambiente, nacionalismo e natureza, ambientalismo subalterno, guerra e ambiente. Publicou recentemente a obra Rugged Nation. Mountains and the Making of Modern Italy, 1860-2000 (Cambridge, UK: White Horse press, 2011).ver página

Oscar Mateos Martín

No CES entre 1 e 5 de julho de 2013, Oscar Mateos Martín possui doutoramento europeu em Relações Internacionais pela Universidade Autónoma de Barcelona. É Professor Associado da Faculdade de Educação Social e Trabalho Social Pere Tarrés, Universitat Ramón Llull desde 2009 e é vice-reitor para as Relações Internacionais da mesma Faculdade desde 2012. Colabora com diversas disciplinas em mestrados e cursos de formação especializados nas áreas de Relações Internacionais, Cooperação para o Desenvolvimento, Paz e Conflitos. Recentemente publicou o livro MATEOS, O. y R. GRASA (2013), Conflictividad, paz y seguridad en África Subsahariana, pendiente de publicación. Os seus mais recentes artigos em revistas indexadas são MATEOS, O. (2013): “Las incertidumbres de una “paz virtual” en Sierra Leona”, en Studia Africana, ISSN: 1130.5703 (aceite, aguarda publicação) e MATEOS, O. (2013): “Desafíos y oportunidades de la cooperación universitaria al desarrollo”, Educación social. Revista de intervención socioeducativa, núm. 52, Septiembre/diciembre, pp. 6-7, ISSN: 1135-805X.

Reginaldo Mattar Nasser

No CES entre 30 de setembro e 5 de novembro de 2013, Reginaldo Mattar Nasser é chefe do Departamento de Relações Internacionais da PUC (SP) e professor do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais (Unesp, Unicamp e PUC). É Investigador responsável do Instituto Nacional de Estudos Sobre os EUA (INEU). Escreveu livros e artigos sobre Conflitos Internacionais, Médio-Oriente, Política Estratégica dos EUA e Terrorismo. Atualmente desenvolve pesquisa financiada pela FAPESP sobre “O Processo de Construção da Paz no Iraque. Paz Liberal, Tutela ou Neoimperialismo?”. Outras informações curriculares podem ser encontradas em http://lattes.cnpq.br/0717133384261187.

Rita Biacheri

No CES entre 8 e 17 de maio, a convite do POSTRADe. Investigadora sénior no Departamento de Ciências Políticas da Universidade de Pisa, onde é docente de “Sociologia da família e da educação” e de “Politicas socias comparadas”. Responsável da seção Género e Igualdades de oportunidade do Departamento de Ciências Políticas da Universidade de Pisa. Desde 2012 é membro do Grupo de Trabalho "Igualdades de oportunidade e Medicina de Género" da Sociedade Italiana de Ginecologia e Obstetrícia. É membro da direção da Sociedade Italiana de Sociologia da Saúde e, desde 2012 coordena o grupo de trabalho em investigação multidisciplinar (sociologia, biologia e medicina do trabalho) da Universidade de Pisa. Desde 2008 é membro da direção da Associação Italiana de Sociologia (AIS), seção Sociologia da Saúde e da Medicina. Desde 2011 é membro do Comité Científico do Master em Comunicação Bio-Sócio-Sanitária promovido pelo Departamento de Biologia, da Universidade de Pisa. De 2006 a 2010 foi Presidente da Conferência Nacional dos Comités para a Igualdade de Oportunidade das Universidade italiana. De2006 a 2008 foi membro da Comissão Ministerial “Mulheres e saúde”. De 2002 a 2007 foi Vice-diretora do Master Europeu em “Empreendedorismo social e a governação local”.

Susana Mayoral Blasco

No CES entre 3 de junho e 31 de agosto de 2013, a sua atividade está enquadrada no Projeto ALICE - Espelhos estranhos, lições imprevistas: definindo para a Europa um novo modo de partilhar as experiências do mundo. Atualmente é Professora do Departamento de Psicologia e Sociologia da Faculdade de Ciências Económicas da Universidade de Zaragoza. É doutorada em Sociologia pela Universidade Autónoma de Barcelona desde 2007. É membro do grupo de investigação “Riesgo e Integración Social” da Universidade de Zaragoza. É miembro do Centro de Estudios sobre Movimientos Sociales (CEMS) da Universidad Pompeu Fabra (Barcelona).Uma das características desse centro é que a maioria dos seus membros foram e/ou são ativistas, partilhando da dupla condição de académicos/as e ativistas.

Valentin Y. Mudimbe

V.Y. Mudimbe is at CES between 15th and 24th of June 2013. Newman Ivey White Professor of Literature at Duke University, received his Doctorat en Philosophie et Lettres from the Catholic University of Louvain in 1970. In 1997, he became Doctor Honoris Causa at Université Paris VII Diderot, and in 2006, became Doctor Honoris Causa at Katholieke Universiteit Leuven. Before coming to Duke, he taught at the Universities of Louvain, Paris-Nanterre, Zaire, Stanford, and at Haverford College. Among his publications are three collections of poetry, four novels, as well as books in applied linguistics, philosophy, and social sciences. His most recent publications include: L'Odeur du père (1982), The Invention of Africa (1988), Parables and Fables (1991), The Idea of Africa (1994), and Tales of Faith (1997). He is the editor of The Surreptitious Speech (1992), Nations, Identities, Cultures (1997), Diaspora and Immigration (1999), and editor of a forthcoming encyclopedia on African religions and philosophy. He is also former General Secretary of SAPINA (the Society for African Philosophy in North America) and co-editor with Robert Bates and Jean O'Barr of Africa and the Disciplines (1993). V.Y. Mudimbe is a Membre Honoraire Correspondant de l'Académie Royale des Sciences d'Outre Mer (Belgium); a Member of the Société américaine de philosophie de langue française; as well as of the Society for Phenomenology and Existential Philosophy, and the World Institute for Advanced Phenomenological Research and Learning. He has also served as Chairman of the Board of African Philosophy, and since 2000, as the Chairman of the International African Institute (SOAS, University of London). His interests are in phenomenology and structuralism, with a focus on the practice of everyday language. He regularly teaches on French existentialism, theories of difference, phenomenology, ancient Greek geography, and African themes.

2012

Luis Eduardo Aragón

Foi Investigador Visitante no CES no âmbito da Cátedra Milton Santos, entre abril de 2011 e março de 2012. É professor e investigador da Universidade Federal do Pará, doutorado em Geografia pela Universidade do Estado de Michigan nos EUA e titular de pós-doutoramento em estudos populacionais na Brown University e em estudos latinoamericanos na Universidade de Estocolmo.

De entre as suas linhas de investigação destacam-se os temas População e desenvolvimento, População e meio ambiente, Desenvolvimento do Meio Rural e Conservação da Biodiversidade nas Reservas da Biosfera e Migrações Internacionais. Durante a sua estadia no CES serão privilegiados os contactos com os projetos de investigaçãs e com os programas doutorais e pós-doutorais em curso.

2011

Luis Eduardo Aragón

Foi Investigador Visitante no CES no âmbito da Cátedra Milton Santos, entre abril de 2011 e março de 2012. É professor e investigador da Universidade Federal do Pará, doutorado em Geografia pela Universidade do Estado de Michigan nos EUA e titular de pós-doutoramento em estudos populacionais na Brown University e em estudos latinoamericanos na Universidade de Estocolmo.

De entre as suas linhas de investigação destacam-se os temas População e desenvolvimento, População e meio ambiente, Desenvolvimento do Meio Rural e Conservação da Biodiversidade nas Reservas da Biosfera e Migrações Internacionais. Durante a sua estadia no CES serão privilegiados os contactos com os projetos de investigaçãs e com os programas doutorais e pós-doutorais em curso.

2010

Paulo de Medeiros

É Professor Catedrático em Estudos Portugueses da Universidade de Utrecht. É Professor Visitante em várias universidades em Portugal, no Brasil, em Espanha e no Reino Unido. É coordenador do Departamento de Estudos Portugueses da Universidade de Utrecht, onde coordena o programa de Mestrado Interdisciplinar em Literatura e Cultura Ocidental e o Mestrado de Investigação em Estudos Literários Comparados. A sua investigação centra-se nas narrativas luso-brasileiras e teoria literária e cultural, com particular interesse na relação entre política e literatura, e em questões pós-coloniais. Actualmente, nos seus projectos de investigação, dedica-se a temas ligados a poéticas contemporâneas, relações intelectuais entre Portugal e a Europa do norte, e a representação do conflito. Recentemente, editou Postcolonial Theory and Lusophone Literatures (Utrecht, 2007) e co-editou vários números especiais de revistas científicas em Portugal, no Reino Unido e nos EUA, dos quais o mais recente foi um número temático do Bulletin of Hispanic Studies sobre “Autobiografia Ibérica” (2008).

Paulo de Medeiros esteve no CES em Julho de 2010, no âmbito das bolsas “Um Mês no CES”, como investigador sénior visitante tendo apresentado o seminário Heranças falidas, que será posteriormente publicado nas Oficinas do CES.

Heranças Falidas, resumo:

Através de uma série de breves observações de imagens e textos contemporâneos, desde anúncios de moda a romances de Lobo Antunes ou Toni Morrisson, pretende-se abordar a questão das heranças falidas ou arruinadas que é necessário confrontar para se poder repensar uma Europa pós-imperial. Com base numa problematização de género, raça e classe em relação aos legados fantasmáticos de uma Europa em plena crise identitária, e ao imperativo de critica cultural como base de reflexão politica, o presente trabalho articula elementos de teoria pós-colonial com noções de memória cultural.

2008

Rochelle Pinto

is Fellow at the Centre for the Study of Culture and Society, Bangalore. She is author of the book Between Empires: Print and Politics in Goa, Oxford University Press, Delhi, 2007. Her area of research is Portuguese colonialism and the history of Goa.

Rochelle Pinto spent the month of September 2008 at CES on a month long research fellowship, ‘Um Mês no CES’ in the course of which she consulted the library holdings at CES as well as other libraries in the University of Coimbra. The focus of her research was treatises on natural law and property in the context of Portuguese colonialism, and pre-utilitarian conceptions of land, possession, and usage that may have defined legislation on questions of revenue and ownership in sixteenth-century Goa.

The following is an abstract of her paper presented at CES on October 2, 2008.

Space, economy and colonialism: a framework for the study of land

This is an attempt to arrive at a framework for the study of practices around land in the context of Portuguese colonialism in Goa in the early sixteenth century. It begins with a discussion of the implications of the Foral of 1526, an official document produced and circulated by the Portuguese through their consulations with local elites. However, against the idea that a colonial and modern notion of the economy was introduced by colonisers, disrupting the fundamentally linked practices of spiritual and agricultural practice, this paper suggests that this view may be complicated by examining other approaches to the notions of economy and agriculture prevalent among the Portuguese of the sixteenth century. It may be interesting historically and for contemporary politics around land in Goa to examine what may have been pre-utilitarian conceptions of agriculture, value, rurality and cultivation as they were viewed in Portugal and in Goa during the initial decades of colonial rule.