Linhas de Investigação

Esta investigação interliga três dimensões: pessoas, políticas (arquitetónicas, urbanas e regionais) e expressões culturais:

Pessoas – os papéis da criação, expressão e apropriação culturais nos estilos de vida urbanos, no âmbito das condições socioeconómicas dos residentes, nomeadamente a cidadania, e como meio de resistência, e também os papéis e as condições variáveis das organizações culturais na sociedade;

Políticas – como as dimensões culturais são abordadas pelas políticas públicas a vários níveis, sobretudo a herança portuguesa no mundo; o impacto cultural das medidas públicas e do turismo; a arte e a arquitetura enquanto dimensões de sustentabilidade local;

Expressões – em que medida as práticas artísticas e arquitetónicas contemporâneas e históricas se correlacionam, exprimem e têm impacto na textura e identidade urbanas, a sua vitalidade e a sua transformação, tanto a nível físico como em dimensões intangíveis de espaço e local.