Andreia Barbas


Nota biográfica

Alentejana. Licenciada (2012) e mestre (2014) pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, desenvolveu a sua investigação na área da Sociologia da Família, especificamente, sobre o impacto dos estilos educativos parentais na configuração das relações entre irmãs/os. Participou em diversos projetos de investigação, destacando-se: "Violência Zero_2" centrado na violência doméstica (2013-2015); "FINFAM - Finanças, Género e Poder: Como estão as famílias portuguesas a gerir as suas finanças no contexto da crise?" (2014-2015); "Mobilidade Migratória de Cidadãos Nacionais Emigrantes" (2016). Frequenta atualmente o programa de Doutoramento em Sociologia na FEUC com o projeto: "Sangue e Coração: uma análise sociológica das fratrias contemporâneas" sob a orientação de Sílvia Portugal e financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (2018-2020). Ao longo dos projetos em que participou tem usado simultaneamente técnicas de análise quantitativa e qualitativa, com recurso a softwares específicos para analisar os dados: LimeSurvey, SPSS e MAXQDA. Os seus atuais interesses de investigação centram-se no contributo da performatividade para o entendimento das relações entre irmãs/os, género e questões éticas subjacentes à análise qualitativa.