Boaventura de Sousa Santos


Nota biográfica

Boaventura de Sousa Santos nasceu em Coimbra, a 15 de Novembro de 1940. É Doutorado em Sociologia do Direito pela Universidade de Yale (1973) e Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Distinguished Legal Scholar da Universidade de Wisconsin-Madison. Foi também Global Legal Scholar da Universidade de Warwick e Professor Visitante do Birkbeck College da Universidade de Londres. É Director Emérito do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e Coordenador Científico do Observatório Permanente da Justiça Portuguesa. De 2011 a 2016, dirigiu o projecto de investigação ALICE - Espelhos estranhos, lições imprevistas: definindo para a Europa um novo modo de partilhar as experiências o mundo, um projecto financiado pelo Conselho Europeu de Investigação (ERC), um dos mais prestigiados e competitivos financiamentos internacionais para a investigação científica de excelência em espaço europeu. Tem escrito e publicado extensivamente nas áreas de sociologia do direito, sociologia política, epistemologia, estudos pós-coloniais, e sobre os temas dos movimentos sociais, globalização, democracia participativa, reforma do Estado, direitos humanos, com trabalho de campo realizado em Portugal, Brasil, Colômbia, Moçambique, Angola, Cabo Verde, Bolívia e Equador. Os seus trabalhos encontram-se traduzidos em espanhol, inglês, italiano, francês, alemão, romeno, chinês, dinamarquês, polaco, árabe, sul-coreano e grego.


Últimas Publicações

Livro

Santos, Boaventura de Sousa; Cunha, Teresa (orgs.) (2022), Economías del Buen Vivir. Contra el desperdicio de las experiencias. Madrid: Akal

Livro

Santos, Boaventura de Sousa; Cunha, Teresa (orgs.) (2022), Economias de Bem Viver. Contra o desperdício das experiências. Coimbra: Edições 70

Capítulo em Livro

Santos, Boaventura de Sousa (2022), Democracies Can Perish Democratically Too: Brazilian Democracy on Edge, in Tully, James (org.), Democratic Multiplicity: Perceiving, Enacting, and Integrating Democratic Diversity. Cambridge: Cambridge University Press, 82-92

Ler mais