INCT
Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação

Período
60 meses
Financiamento
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais
Resumo

O Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação tem como objetivo avançar e aprofundar a discussão sobre a democracia brasileira, tendo em vista a sua organização, os hábitos democráticos da população e a organização dos media no país.
O Instituto faz parte do programa de Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (Inct) e é formado por grupos de pesquisas de quatro instituições principais: UFMG, IESP/UERJ, Unicamp e UnB e por pesquisadores da USP, UFPR, UFPE, UNAMA, IPEA e, internacionalmente, do Centro de Estudos Sociais (CES), da Universidade de Coimbra e da UBA argentina.

A equipa do instituto é composta por sociólogos, cientistas políticos, juristas, historiadores e comunicólogos que desenvolverão as suas atividades combinando investigação e docência em instituições públicas de ensino superior de excelência no Brasil e também na Argentina e em Portugal. Seus membros são pesquisadores de renome nacional e internacional, especialistas nas áreas de opinião pública, democracia, justiça e cidadania.

O Instituto funciona como plataforma para construir (entre as instituições parceiras) novos projectos temáticos sobre os temas centrais de pesquisa dos investigadores, através de acordos bilaterais ou multilaterais entre as diferentes instituições dos investigadores envolvidos.

Resultados

Cursos de formação presenciais e online para funcionários administrativos, inquéritos sobre perceção da política; workshops metodológicos; livros, conferências, eventos de apresentação de livros, documentos policy-oriented.

Parceiros

Prof. Leonardo Avritzer, Universidade Federal de Minas Gerais (coordenação)

Palavras-Chave
governação, participação, comunicação politica, democracia representativa, transformação dos partidos