Fátima da Cruz Rodrigues


Nota biográfica

Fátima da Cruz Rodrigues é investigadora colaboradora do CES na linha temática Europa e o Sul global: patrimónios e diálogos no mesmo centro, no âmbito dos projetos MAPS - Pós-Memórias Europeias: Uma Cartografia Pós-Colonial (FCT - PTDC/LLTOUT/7036/2020) e TRAMES - TRAnsmitir e educar através de MEmórias e histórias europeias (Erasmus +). É doutorada em Sociologia pela Universidade de Coimbra. A sua tese de doutoramento "Antigos Combatentes Africanos das Forças Armadas Portuguesas: a Guerra Colonial como Território de (Re)conciliação" venceu o Prémio Fernão Mendes Pinto 2014. Desenvolveu o seu pós-doutoramento no âmbito do projeto MEMOIRS - filhos de império e pós-memórias europeias, financiado pelo Conselho Europeu de Investigação, (n.º 648624). É vice-presidente da Acção COST Global Atrocity Justice Constellations (CA18228). professora auxiliar convidada da Faculdade de Direito da Universidade do Porto e docente da Universidade Lusíada - Norte. Os seus principais interesses de pesquisa prendem-se a problemáticas relacionadas com as guerras coloniais/de libertação, memória e pós-memória, colonizações, descolonizações e pós-colonialismos, e crimes cometidos em contextos de guerras.


Últimas Publicações

Capítulo em Livro

da Cruz Rodrigues, Fátima (2021), Filhos de memórias encobertas, in António Sousa Ribeiro (org.), A cena da pós-memória. O presente do passado na Europa pós-colonial. Porto: Afrontamento, 147-166

Artigo em Revista Científica

Ribeiro, Margarida Calafate; Da Cruz Rodrigues, Fátima (2021), "Gestos artísticos e narrativas pós-memoriais: interrogações pós-coloniais em português", Abril, 13, 27, 17-43

Ler mais

Capítulo em Livro

da Cruz Rodrigues, Fátima (2021), Que révèlent les remémorations de la guerre coloniale selon les fils des anciens combattants africains des Forces armées portugaises ?, in Graça dos Santos; José Manuel Esteves; Lina Iglesias; Gonçalo Plácido Cordeiro (org.), Voir / Revoir: Revenir sur les traces, définir le présent: La Péninsule Ibérique après les dictatures. Paris: Presse Universitaire de Paris Nanterre, 81-96

Ler mais